Uma equipe multidisciplinar é um time de profissionais compostos por diferentes tipos de colaboradores, que dispõem de habilidades técnicas múltiplas, perfis comportamentais diversos, vivências e experiências diferentes uns dos outros.

Se bem estruturada, a equipe multidisciplinar pode ser um fator de diferenciação de uma empresa, e também pode fortalecer a cultura empresarial da empresa, sendo, portanto, um artifício imprescindível para que o empreendimento alcance o sucesso que tanto aumenta e, sobretudo, promover inovação no mercado.

O que você vai ver neste artigo:

Neste post, você vai conferir de forma mais aprofundada o que é e como gerenciar uma equipe multidisciplinar, então terá acesso tanto ao conceito desse assunto como a características práticas, mais especificamente a medidas que pode promover na sua empresa para conseguir fazer a gestão de uma equipe multidisciplinar.

Para ter acesso a todo esse conteúdo rico que preparamos para você, basta continuar com a leitura deste artigo!

Afinal, o que é equipe multidisciplinar?

O prefixo “multi” é um elemento da escrita utilizado para indicar “muitos”. Neste caso, a palavra se une ao radical “disciplinar” e é utilizada para se referir a um grupo de profissionais que dispõe de variadas expertises, qualificação técnica, experiências, vivências e comportamentos que se completam, criando, assim, uma equipe de alta performance.

Em outras palavras, uma equipe multidisciplinar é composta por um grupo de diferentes profissionais com habilidades, técnicas, experiências, vivências e perfis comportamentais variados. Cada colaborador usará das suas próprias aptidões para um único objetivo, ajudando a empresa a atingir resultados almejados de maneira mais rápida e produtiva. 

Qual a importância de uma equipe multidisciplinar para o contexto empresarial?

Com o surgimento da internet e o fácil acesso que ela disponibilizou, o comportamento de consumo também tem se mostrado diferente e isso influencia na demanda de trabalho, cobrando dos profissionais novas posturas para corresponder com o contexto atual. A equipe multidisciplinar corresponde muito bem com as demandas que o mercado hoje requer.

Ou seja, para lidar com essa mudança em que os cenários são desafiadores, voláteis, ambíguos, complexos e incertos, as organizações buscam investir em estratégias que agreguem valor para a organização e desenvolver uma equipe multidisciplinar é uma delas.

Como gerenciar uma equipe multidisciplinar?

O Recursos Humanos é o setor responsável por montar uma equipe multidisciplinar. Ele quem analisará as necessidades da empresa e comparará os atributos dos profissionais para definir quem fará parte desse setor estratégico.

Esse reconhecimento pode ser feito através de profissionais já contratados pela instituição ou através de um novo processo de recrutamento, ficando a critério da empresa definir qual alternativa é mais viável no contexto e momento que ela está inserida.

Estabelecido isso, há outras ações que devem ser realizadas pelo RH para que seja criada a equipe multidisciplinar. Confira quais são eles a seguir.

Aplique testes de personalidade

A primeira etapa para montar uma equipe multidisciplinar no trabalho consiste em uma ação bastante conhecida e implementada pelo setor de recursos humanos, que é a implementação dos testes psicológicos, desenvolvidos com objetivo de traçar um perfil comportamental de cada profissional.

O objetivo é identificar personalidades e entender como podem ser usadas em benefício de toda dinâmica em grupo. O teste mais conhecido é o Teste das 16 personalidades, que agrupa as pessoas de acordo com 4 dicotomias:

  • Racionais e sentimentais: fazem escolhas baseado na lógica ou nos sentimentos;
  • Julgadores e perceptivos: são profissionais que são mais propensos a ficar tranquilos no momento de tomada de decisão ou não;
  • Extrovertidos e introvertidos: representam dois extremos, ganham ou perdem mais energia interpessoais;
  • sensoriais e intuitivos: dão mais valor aos dados concertos ou informações abstratas.

O teste não tem como objetivo rotular o colaborador em apropriado ou não para o trabalho em equipe multidisciplinar, mas em ser uma ferramenta importante para evitar criar um grupo de pessoas com uma personalidade semelhante.

Estabeleça de forma clara as funções 

Depois de feito o teste de personalidade, o próximo passo é definir as funções de cada profissional participante da equipe multidisciplinar, isso com clareza e objetividade.

O colaborador precisa ter ciência do motivo que foi escolhido para fazer parte da equipe multidisciplinar e porque suas aptidões, qualificações e habilidades foram fatores importantes nessa decisão. Assim, ele saberá o que deve utilizar para contribuir com a empresa nesse processo.

Foque nas capacidades individuais

Mesmo que a ideia da equipe multidisciplinar seja o trabalho em grupo, cada profissional deve ser visto e valorizado como indivíduo único. Isso quer dizer que, o potencial de cada profissional inserido nesse setor precisa ser explorado a fim de impulsionar os resultados objetivados.

Foque nas habilidades, competências e características positivas de cada profissional da equipe, de modo que ninguém se sinta desmotivado ou mesmo desvalorizado. Só assim você conseguirá o engajamento coletivo de que precisa para fazer acontecer o que foi pensado quando criada a equipe, ou seja, conseguirá motivar a equipe

Gerencie os conflitos 

Conflitos internos são naturais no âmbito de trabalho, principalmente quando há perfis muitos diferentes trabalhando juntos, essa é uma característica que facilita esse acontecimento. 

Mas isso não deve ser motivo para não dispor dos benefícios que uma equipe multidisciplinar tem a oferecer. Afinal, conflitos são inevitáveis seja qual for o ambiente em que se está inserido. 

Já sabendo que isso pode acontecer, o gestor deve estar a par de técnicas de gestão de conflitos antes de querer implementar uma equipe multidisciplinar no ambiente de trabalho. Algumas ações que podem ajudar em contextos complexos, são:

  • Identificar e acolher as emoções desconfortáveis;
  • Não buscar entender quem tem razão, mas resolver o problema encontrando um acordo de convivência que agrade ambas as partes envolvidas;
  • Saber diferenciar quando é um fato ou um julgamento;
  • Conseguir dar feedbacks negativos efetivos;

Se bem gerenciada a equipe multidisciplinar pode agregar e muito no ambiente corporativo, o fazendo escalar de maneira significativa no mercado, mas isso se bem gerenciada, sendo, portanto, fundamental analisar as características que um bom líder deve possuir.

Gosto deste artigo? Assine nossa newsletters para acompanhar as novidades por aqui!