A Metodologia Lean é um conceito que pode ajudar a otimizar processos nas empresas, reduzir gastos e aumentar seus resultados. Por mais conhecido que seja, muitos negócios ainda não aproveitam os benefícios deste método, gerando uma série de desperdícios em suas rotinas. 

O que você vai ver neste artigo:

Tire suas dúvidas sobre a Metodologia Lean neste artigo e saiba como adotá-la na sua empresa!

O que é Metodologia Lean?

metodologia-lean-1-768x432-1

Também conhecido como método enxuto, esse conceito busca eliminar os desperdícios, em diversos níveis, dentro das empresas. Seja em seus processos, gestão, administrativo, produção e outras áreas, a Metodologia Lean é usada para lidar com os problemas de forma sistêmica e otimizar vários pontos em um negócio.  

Tudo aquilo que não é estritamente necessário para realizar determinado trabalho é visto como excesso, que pode ser eliminado. Esse processo é feito de forma contínua dentro da organização, identificando e cortando todos os desperdícios para aumentar os resultados, entregando mais valor aos clientes.  

Existem algumas palavras-chave ao pensarmos no método enxuto:

  • Qualidade/maior valor ao cliente;
  • Menor tempo;
  • Aprimoramento contínuo; 
  • Otimização dos processos; 
  • Eliminação dos desperdícios.

Essas características ajudam as empresas a repensar seus processos internos, solucionando alguns problemas, definindo prioridades e, no fim de tudo, entregando um produto ou serviço melhor ao cliente — tudo com menos gastos e elementos desnecessários. 

A Metodologia Lean é um conceito discutido e adotado por empresas mundiais há décadas. Sua semente surgiu na Toyota, no fim do século XX, juntando uma série de conceitos que visavam o mesmo objetivo: oferecer a melhor qualidade, pelo menor custo e tempo entre a produção do produto/serviço e entrega ao cliente. 

Apesar de não ser uma novidade, os ensinamentos do método enxuto ainda são necessários na atualidade. Eles podem ser implementados em empresas de todos os tamanhos e segmentos de mercado, inclusive startups, trazendo uma série de vantagens aos que o aplicam em suas rotinas.

Origem da Metodologia Lean

Origem-da-Metodologia-Lean

A Metodologia Lean surgiu no Japão entre as décadas de 1950 e 1960. Nessa época, o país tinha acabado de perder a 2° guerra mundial e precisava se reconstruir em todos os aspectos: política, econômica e socialmente. 

E é nesse contexto histórico que a empresa automobilística Toyota Motor Corporation chega ao mercado, enfrentando já em seu início pouca produtividade e falta de recursos. Tendo como desafio criar um modelo de trabalho que não necessitasse de grandes estoques, o que manteria um fluxo de caixa e atenderia a alta demanda.

Então o engenheiro e chefe de produção da Toyota, Taiichi Ohno, se junta com o fundador da Toyota, Toyota Sakichi e seu filho Toyoda Kiichiro para criar uma solução que garantisse alta qualidade dos produtos, menor prazo e menor custo, surgindo o Toyota Production System (TPS), em português Sistema Toyota de Produção.

guia-para-aumentar-a-produtividade

Com esse sistema, a empresa deixou de precisar de um número grande de estoque e mesmo assim manteve um fluxo de caixa constante e que atendia às altas demandas. Isso porque através dela, a empresa passou a revisar todo processo de produção para identificar possíveis partes que não agregam valor e, portanto, podiam ser eliminadas, diminuindo os desperdícios:

  • Espera: De pessoas, equipamentos e informações.
  • Transporte: qualquer deslocamento de material que não gera valor ao produto.
  • Movimentação: toda transição de pessoas não agrega valor ao produto.
  • Intelectual: A falta de capacitação profissional e treinamento.
  • Defeito: Irregularidades que geram prejuízos à organização (reparo, retrabalho ou perda de cliente).
  • Excesso de estoque: Muita matéria-prima estocada.
  • Excesso de produto final: Muito produto final parado.
  • Mal ou super processamento: Qualquer processo que não agregue valor.

O termo “Lean” foi compartilhado com o mundo pela primeira vez no livro The Machine that Changed the World, de James P. Womack, Daniel T. Jones e Daniel Roos, publicado nos Estados Unidos em 1990. A obra evidencia um estudo da indústria automobilística mundial que foi realizado pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT) e contempla conceitos e métodos de trabalho que fundamentaram essa filosofia.

Compartilhado pelo John Shook, que chegou a se tornar Chairman e CEO do Lean Enterprise Institute, nos Estados Unidos, ele conta que foi ao Japão trabalhar na Toyota e lá descobriu que o método não era apenas um mecanismo para resolver problemas, mas um modelo de gestão que, a partir disso, começou a ser denominado “produção enxuta” (Lean manufacturing).

Por que adotar o Método Enxuto?

Por-que-adotar-o-Metodo-Enxuto

Algumas empresas acabam não implementando a Metodologia Lean por desconhecimento dos seus resultados, por mais que já tenham ouvido falar de seus conceitos. Adotar o método enxuto pode ajudar a transformar a rotina do negócio e, consequentemente, impactar positivamente seus resultados. 

O primeiro dos benefícios é a eliminação dos desperdícios dentro das empresas, seja de materiais, esforço, tempo e financeiros. Imagine descobrir que um processo pode ser mais rápido ou custar menos ao fazer determinada mudança nas operações de produção, por exemplo. 

Aplicar essa transformação também significa agilizar as atividades realizadas pela organização, levando menos tempo para desenvolver os produtos e serviços, reduzindo a duração dos processos, entre tantas áreas.

Essa rapidez, junto com a eliminação dos desperdícios, vai melhorar a produtividade da empresa. O tempo, recursos e esforços serão empregados de forma mais estratégica, aumentando assim a quantidade e qualidade do trabalho feito.

transformacao-digital-1

A qualidade é um dos focos principais da Metodologia Lean. Todos esses enxugamentos não devem prejudicar o cliente, oferecendo uma solução com menos valor do que antes. Pelo contrário: a entrega ao consumidor deve ser sempre a melhor possível. Assim, até mesmo as vendas poderão ter mais resultados ao encantar o público com produtos e serviços mais satisfatórios. 

Tudo isso irá se refletir nos resultados da empresa, reduzindo os gastos e aumentando o lucro. Esse desempenho positivo também irá contribuir na competitividade do negócio, diferenciando-o da concorrência e melhorando sua colocação no mercado. 

Ou seja, uma mudança na mentalidade, adotando o pensamento enxuto, irá gerar um ciclo de benefícios para o negócio: a redução dos desperdícios ajuda a agilizar os processos, que então contribuem para aumentar a produtividade, depois a entregar uma solução com maior valor ao cliente, e no fim, tornar a empresa mais competitiva. 

Desta forma a empresa toda ganha, desde os colaboradores que não irão precisar gastar tempo e esforços em questões sem tanta importância no resultado final aos gestores que irão notar a melhora no desempenho e na lucratividade da organização. 

Mas, com todos esses benefícios, muitos podem se questionar sobre como adotar o método enxuto na prática, ou até evitar sua aplicação ao achar que será algo complicado demais.

Como Aplicar a Metodologia Lean?

Como-Aplicar-a-Metodologia-Lean

Implementar o pensamento enxuto na empresa é algo que demanda planejamento, esforço e abertura para a mudança. É preciso mapear todos os processos e atividades para identificar os pontos que geram desperdícios e aqueles que podem ser aprimorados — visualizando assim os chamados fluxos de valor. 

Essa tarefa pode ser feita nos mais diversos processos e setores de uma empresa, inclusive na área administrativa, marketing e gestão, aplicando a Metodologia Lean em diversos níveis e na organização como todo. 

Existem algumas ferramentas que podem ajudar nesse processo, como o Six Sigma, 5S, Canvas, Kanban, entre outros, para identificar aquilo que realmente é importante para a empresa, atividades e tarefas. Além disso, algumas soluções tecnológicas também contribuem para otimizar operações e melhorar resultados. 

jornada-da-gamificacao

A partir dessa pesquisa é possível descobrir o que não gera tanto valor para o cliente no fim das contas, e o que pode ser considerado desperdício — de tempo, esforços e recursos. Esse é o momento de fazer os cortes e transformações mais enfáticas na empresa.

Para reforçar os ideais do método enxuto, algumas organizações contratam especialistas, que cuidam de uma implantação correta e eficiente dos seus princípios. 

É fundamental lembrar que o processo de enxugamento de desperdícios deve ser contínuo, não algo feito uma única vez. Desta forma, pode-se identificar lacunas e problemas mais rapidamente e corrigi-los para melhorar o desempenho do negócio. 

Também é preciso entender que essa mudança depende de todos: dos colaboradores aos altos diretores, de cada setor envolvido na organização. A empresa por inteiro deve aprender a fazer mais, com menos, gerando assim melhores resultados.

Benefícios de aplicar a Metodologia Lean

Beneficios-de-aplicar-a-Metodologia-Lean

As empresas que adotam essa filosofia tendem a ter resultados a médio e longo prazo e relacionados a diferentes questões, não só na típica redução de desperdícios. Há também a progressão da produtividade, mais competitividade, ambiente de trabalho mais rápido e organizado.

Produto, serviço e atendimento com foco no cliente

A Metodologia Lean faz com que a empresa foque no cliente, com isso ela passa a enxergar melhor as suas necessidades e transferi-las ao produto ou serviço. O lema da filosofia é: se algo está prejudicando de alguma forma ou não atendendo as expectativas do consumidor, então ele precisa ser eliminado.

Pensar através dessa perspectiva obriga a corporação a entregar produtos e serviços melhores e a prestar um melhor atendimento que foque em fidelizá-lo. Sendo uma prática que ajuda a manter e fidelizar clientes.

Otimização e organização dos recursos da empresa

Como o nome dessa filosofia já dá a entender (produção enxuta), uma das mudanças que ela gera na empresa é a diminuição de estoque de matéria-prima e produtos em sua versão final, porque a ideia dela é acabar com os excessos e desperdícios.

Ou seja, a empresa passa a trabalhar de acordo com a demanda de mercado, assim ela terá menos materiais parados e pouca necessidade de espaço físico para comportá-los.

Melhora na produtividade

Ao dispor de um processo de gestão simplificado, resultado dos excessos eliminados, o fluxo de trabalho da empresa melhora e a administração se torna ainda mais efetiva.

A nova metodologia ainda permite que os colaboradores tenham uma participação mais ativa no ambiente corporativo, dando espaço para que eles contribuam com ideias, sugestões e novidades de mercado para aperfeiçoar ainda mais os processos e suas atividades.

Aumento nos lucros

Todas as vantagens geradas pela implementação da Metodologia Lean levam ao aumento da receita da empresa. Uma vez que os desperdícios são eliminados, a capacidade de produção aumenta e há economia nos espaços físicos ou nos materiais de produção, logo a margem de lucro aumenta.

Conclusão

A Metodologia Lean é um conceito que pode ajudar a empresa a melhorar seus resultados, eliminando pontos que não agregam ao objetivo final, otimizando processos e gerando maior valor ao cliente. 

Diversas organizações usam esse método há anos, sendo uma das metodologias mais consolidadas no ambiente corporativo. Mas, mesmo as teorias mais respeitadas podem ser aprimoradas ao aproveitar os avanços tecnológicos: a tradição e a modernidade são aliadas das empresas ao aplicar o melhor de cada uma em seu dia a dia.

Descubra como os avanços das últimas décadas podem beneficiar o seu negócio no artigo Produtividade e tecnologia: uma relação estratégica e necessária!

teste-gratis-por-7-dias

Perguntas frequentes:

O que é a metadologia lean?

Também conhecido como método enxuto, esse conceito busca eliminar os desperdícios, em diversos níveis, dentro das empresas. Seja em seus processos, gestão, administrativo, produção e outras áreas, a metodologia lean é usada para lidar com os problemas de forma sistêmica e otimizar vários pontos em um negócio.  

Por que aplicar a metodologia lean nas empresas?

Algumas empresas acabam não implementando a metodologia lean por desconhecimento dos seus resultados, por mais que já tenham ouvido falar de seus conceitos. Adotar o método enxuto pode ajudar a transformar a rotina do negócio e, consequentemente, impactar positivamente seus resultados. 

Como aplicar a metodologia lean?

Implementar o pensamento enxuto na empresa é algo que demanda planejamento, esforço e abertura para a mudança. É preciso mapear todos os processos e atividades para identificar os pontos que geram desperdícios e aqueles que podem ser aprimorados — visualizando assim os chamados fluxos de valor. 

Quais os tipos de lean?

Lean manufacturing;
Lean office;
Lean healthcare;
Lean construction;
Lean service.