Crescimento é algo que todo empreendedor deseja para a sua empresa e esta condição pode ser alcançada com investimentos em estratégias de growth hacking, poderosa solução que ajuda as empresas crescerem. Conheça mais sobre essa ferramenta nos tópicos a seguir:

O que você vai ver neste artigo:

O que é Growth Hacking?

O Growth Hacking é uma estratégia que visa o crescimento dos negócios de modo acelerado e significativo, partindo da identificação dos pontos críticos e a solução desses aspectos.

Após detectar pontos que necessitam de melhorias, são realizados experimentos com potencial para solucioná-los. 

Para isso, as equipes de trabalho elaboram hipóteses e verificam sua pertinência, desenvolvem testes e assim podem descobrir novas oportunidades de crescimento para o negócio de forma simples e inteligente.

Inclusive, por conta dessas características, o termo growth hacking é conceituado pelos estudiosos como Marketing Orientado a Experimentos. 

Para o processo de identificação e melhoria, os pontos considerados críticos podem ser avaliados por meio de KPI’s (Key Performance Indicator), em português Indicador-chave de Performance.

Isso porque esses indicadores servem para avaliar se as ações propostas para a empresa estão ajudando na conquista dos objetivos propostos no planejamento. Este indicador permite, por exemplo, medir o sucesso de leads, tráfego, vendas, entre outros fatores.

jornada-da-gamificacao

Um bom growth hacker precisa ter um perfil ágil, criativo, explorador e analítico, pois estas qualidades permitem propor novas ideias para o crescimento do negócio. 

Conhecimento técnico e de marketing é imprescindível para conseguir entender bem a respeito dos processos, metodologia dos experimentos, análise de dados, tecnologia e comportamento do consumidor.

Já o uso de estratégias como o Inbound Marketing pode ajudar na implementação de soluções para o crescimento e a implementação/expansão dos conceitos e processos usados dentro do próprio negócio.

Afinal, oferecer conteúdos úteis e de altíssima qualidade para o público é uma maneira de atrair mais leads para o funil de vendas e melhorar o marketing do negócio, mas também contribui para o conhecimento de melhorias no público interno e externo, atraindo os olhares do mercado e dos consumidores.

Fases do Growth Hacking

Este conceito de marketing é composto de processos que precisam ser seguidos para que as soluções encontradas sejam mais efetivas e todas as otimizações ganhem propósitos claros.

  1. Product-Market Fit

Desenvolver produtos que o público deseja é a premissa do sucesso. Sendo assim, é importante ter o alinhamento entre mercado e produto. 

Basicamente, o Product-Market Fit é a criação entre o produto almejado e a capacidade de satisfazer a necessidade.

Nesta fase, é possível detectar falhas e fracassos de muitos produtos, otimizando os processos ou alterando os materiais envolvidos, bem como reavaliar o interesse/necessidade do público para tal oferta.

  1. Growth Hacks

Essa é a etapa em que o time desenvolve os experimentos e hipóteses. A segunda fase é aquela em que os profissionais conseguem detectar mudanças que são baratas e geram resultados rápidos para a solução/produto.

Os growth hacks podem encontrar as vulnerabilidades e, ao analisá-las, pensar em oportunidades que ajudem no crescimento do negócio.

  1. Escalas e viralização

O Growth Hacking é uma estratégia para o crescimento dos negócios que usa o mínimo de recursos. 

Deste modo, o ideal é que os próprios consumidores propaguem os produtos ou serviços e ainda recebam alguma vantagem por isso.

Esta é considerada a fase mais difícil, já que não é toda solução que consegue viralizar, porém este processo de sucesso depende muito do boca a boca do público e de boas campanhas.

No processo de experimentação, por exemplo, jogos que oferecem mais vidas conforme o jogador convida os amigos para jogarem é uma oportunidade de escalar o produto e atrair o público. 

Após conquistar alguns usuários, é necessário realizar as escalas necessárias com qualidade, Aqui, é possível entender melhor o público e seu comportamento, promovendo a automatização de ações.

  1. Otimização e retenção

Reter os clientes conquistados é importante para consolidar a base. Análises, feedbacks e as métricas dos KPI’s permitem entender se os consumidores estão ou não usando os produtos e o que precisa ser melhorado para trazer o resultado esperado. 

Assim, caso alguma funcionalidade, ou o produto, não esteja sendo usado da forma esperada, é possível identificar o porquê isso acontece, entre outros fatores.

O processo necessita a otimização de tempo para ocorrer uma melhora contínua e a experiência do cliente deve ser considerada, sendo sempre a melhor possível.

Quais são as principais estratégias de Growth Hacking?

As estratégias utilizadas podem variar conforme o tipo de negócio, ou seja, são pensadas de formas diferentes para as empresas e o segmento de atuação, visto que o público também será diferente. 

Entretanto, há algumas práticas que costumam funcionar em diversos segmentos e geram bons resultados. São elas:

  • Marketing de Conteúdo;
  • Testes A/B;
  • Marketing de referência;
  • Princípio de escassez;
  • SEO (Search Engine Optimization), otimização nos motores de busca.

Uma estratégia muito utilizada no mundo dos negócios é a de mídia paga. 

Esta opção permite aumentar o tráfego nas redes sociais, utilizar links patrocinados para aparecer nos buscadores de pesquisas e assim melhorar a popularidade do negócio.

As plataformas mais utilizadas são: Facebook Ads, Google Ads, Instagram Ads, Twitter Ads, Linkedin Ads, entre outras, conforme a presença do usuário que se deseja atingir.

Vantagens do Growth Hacking

Os investimentos nesta estratégia para o negócio proporciona diversas vantagens para um empreendimento, sendo que os seguintes ganhos se destacam:

  • Ações mais focadas;
  • Redução de gastos desnecessários;
  • Minimiza custo de fidelização e retenção;
  • Permite identificar oportunidades;
  • Desenvolve uma cultura interna de melhoria contínua. 

Portanto, com diversos benefícios para a empresa, apostar na implementação das estratégias de Growth Hacking é o modo de conseguir excelentes oportunidades para o negócio, melhorando os produtos e serviços ofertados e, consequentemente, tendo mais lucros, clientes e credibilidade no segmento de atuação.

teste-gratis-por-7-dias
O que é Growth Hacking?

O Growth Hacking é uma estratégia que visa o crescimento dos negócios de modo acelerado e significativo, partindo da identificação dos pontos críticos e a solução desses aspectos.

Quais são as principais estratégias de Growth Hacking?

As estratégias utilizadas podem variar conforme o tipo de negócio, ou seja, são pensadas de formas diferentes para as empresas e o segmento de atuação, visto que o público também será diferente.