O perfil proativo é aquele que se mostra cheio de iniciativa, sempre disposto a antecipar os problemas e soluções. Já o profissional reativo toma uma atitude depois que uma situação ou ocorrência aconteceu. Esses dois perfis provavelmente existem no seu ambiente de trabalho, mas você saberia identificar quem é proativo ou reativo?

Mapear o perfil de cada colaborador no ambiente profissional é fundamental quando se quer utilizar a força de trabalho como estratégia para o crescimento da empresa. Isso porque a unicidade de cada profissional pode agregar ou dificultar no cotidiano da corporação. Dessa forma é fundamental para o setor de Recursos Humanos reconhecer o que um colaborador tem a oferecer e, assim, ajudá-lo a desenvolver o seu melhor.

Nesse processo de mapeamento de perfil, uma das características importantes de serem identificadas no fit cultural do colaborador é a questão de ser proativo ou reativo. Somente através desta resposta será possível criar uma equipe de alta performance dentro da sua organização.

Neste texto, você entenderá mais sobre os dois perfis, saberá porque é tão fundamental mapear essa característica em seus colaboradores e como utilizar dessa informação para criar um time estratégico.

Proativo e reativo: conhecendo os dois perfis

Em uma breve explicação dos conceitos pode-se notar que os dois perfis têm características contrárias, enquanto o proativo toma partido antes de um acontecimento, o reativo espera algo acontecer para tomar as providências necessárias. 

Mas ambos os perfis não podem ser definidos apenas a partir dessas informações. Há uma série de características e atitudes que você pode observar para chegar a conclusão de que um colaborador é proativo ou reativo.

Perfil reativo

O perfil reativo é aquele que reage a partir da ação de uma outra pessoa. Ou seja, espera atitudes ou circunstâncias acontecerem para então reagir e buscar soluções necessárias diante da situação. Sua principal característica é a falta de iniciativa.

No ambiente de trabalho, o perfil reativo nunca é proativo. Mesmo que saiba quais são as tarefas que precisam ser feitas, ele espera que outras pessoas peçam para então realizá-las. 

Algumas características mais comuns nesse perfil são:

  • Tem visão limitada;
  • Possui dificuldades em tomar decisões rápidas;
  • Se centraliza nos problemas e não na solução; e
  • É pessimista.

Perfil proativo

O perfil proativo é aquele que possui iniciativa. Ele busca diversas formas para resolver determinado problema, mesmo que ainda não tenha acontecido. Esse profissional tem a fama de contagiar a equipe com novas ideias e positivismo e, por tudo isso, é cotado a grandes cargos.

Ao contrário do perfil reativo que espera alguém pedir a execução de uma tarefa, o profissional proativo realiza as atividades sem que alguém peça. Percebe a diferença?

O colaborador com perfil proativo se adianta em sua tarefa. Esse profissional está pronto para encarar os desafios e problemas, prevendo-os antes mesmo de acontecerem. 

Em resumo, esse profissional:

  • Veste a camisa de dono;
  • Tem visão de futuro;
  • Prevê desafios e problemas;
  • Acha atalhos e soluções.

Como a identificar o perfil da sua equipe?

Uma questão é certa, tanto o profissional proativo como o reativo estão presentes no seu ambiente de trabalho e é possível identificá-los através de uma avaliação. Dispor dessa informação é fundamental, pois, assim, é mais fácil desenvolver melhor cada profissional adequadamente. 

Para começar, você pode avaliar a situação de maneira individual ou em equipe, o que achar melhor para a instituição. 

A partir de um trabalho de observação da rotina da equipe ou do profissional no ambiente de trabalho e através de perguntas que receberão respostas de sim ou não, você pode preencher o seguinte questionário:

  1. Você vê engajamento por parte da equipe ou do profissional?
  2. A equipe ou o profissional mostram interesse em se capacitar mais?
  3. Há colaboração no ambiente de trabalho?
  4. A equipe ou profissional teriam a maturidade e responsabilidade de trabalhar na ausência de um supervisor por alguns dias?
  5. A equipe ou o profissional tem iniciativa para esclarecer dúvidas de processos ou estratégias com o gerente?
  6. A prática de propor novas ideias é comum no seu ambiente de trabalho?
  7. A equipe ou o profissional são empáticos?

Para fazer a análise das respostas, você deve contabilizar quantas perguntas foram selecionadas como “sim” e quantas como “não”. 

As respostas positivas indicam um perfil proativo, enquanto as respostas negativas apontam para um perfil reativo. Nesse caso, é importante despertar um pouco mais de proatividade no seu profissional ou time.

Como incentivar a proatividade na sua equipe

Mesmo que a tendência do profissional ou da equipe seja ter um perfil reativo, é possível incentivar a proatividade. Isso porque todas as pessoas têm um lado proativo e reativo, a diferença é a intensidade da atuação desses lados, além da influência do ambiente que pode moldar como as pessoas irão se portar.
Isso significa que, seu ambiente de trabalho precisa dar a liberdade para o colaborador se expressar, mostrar quem ele realmente é, e nesse cenário é fundamental que a corporação não julgue suas ideias, opiniões e pensamentos, mesmo que sejam inválidos para a questão.

O profissional precisa estar em um ambiente onde se sinta seguro, acolhido e disposto a valorizá-lo como pessoa, não considerando-o apenas como um profissional que dispõe suas competências e habilidades para a instituição.