A capacitação da equipe é uma parte importante do desempenho de qualquer negócio, independentemente da área de atuação. Inclusive, há alguns treinamentos que as empresas devem obrigatoriamente oferecer aos seus colaboradores. Alguns exemplos são:

  • NR-5: CIPA – Comissão Interna de Prevenção de acidentes;
  • NR-6: EPI – Equipamento de Proteção Individual;
  • NR-22: Segurança e Saúde Ocupacional na Mineração;
  • NR-32: Segurança e Saúde no Trabalho em Serviços de Saúde.

Infelizmente, pode ser um pouco difícil conseguir o empenho dos trabalhadores durante esse aprendizado. A questão que fica é: como torná-los mais atrativos? Uma opção é a utilização da gamificação, que é a aplicação de diversas técnicas usadas no design de jogos para aumentar o empenho das pessoas envolvidas, facilitar o aprendizado e promover um comportamento específico.

Considerando como alguns desses treinamentos são importantes, você vai querer o máximo de aproveitamento em cada sessão. Elaboramos este post para mostrar como as técnicas da gamificação podem ser usadas a fim de engajar os colaboradores em relação aos treinamentos obrigatórios. Continue a leitura e confira!

Como a gamificação contribui com os treinamentos obrigatórios?

Como já foi dito, o principal objetivo dessas práticas é aumentar o engajamento da equipe nos principais treinamentos e para isso são aplicadas diversas técnicas durante o processo. Veja alguns exemplos e como elas impactam seu desempenho:

Objetivos claros

A maioria dos jogos possui um objetivo bem-definido. Em dominó, você tem que se livrar de todas as peças. No xadrez, deve encurralar o rei oponente. Todas as ações dos jogadores se relacionam com tais objetivos.

Da mesma forma, utilizar metas como essas em seus treinamentos é uma ótima maneira de direcionar os colaboradores. Dessa forma, eles terão um critério claro para reconhecer os resultados e um caminho a seguir para alcançá-lo.

Feedback instantâneo

Outro elemento que torna os jogos tão engajadores é seu feedback rápido. Cada ação tem um resultado imediato e você pode ver as consequências de cada escolha em pouco tempo. Durante os treinamentos obrigatórios é importante que cada colaborador também tenha esse feedback. Quanto antes for possível ajustar suas ações, mais rápido eles poderão assimilar o conteúdo e aplicá-lo em seu dia a dia.

Sistema de recompensas

Objetivos e feedback não costumam ser o suficiente para manter os colaboradores engajados. Também é importante que você recompense-os pelas suas ações bem-sucedidas. Isso reforça o feedback positivo, além de criar um ciclo virtuoso. A recompensa leva a maior empenho, o que leva a novas recompensas e assim por diante.

Essas recompensas também não precisam gerar qualquer custo. Uma premiação informal como forma de reconhecimento também pode ter um efeito similar.

Plataforma gamificada

Por fim, é sempre uma boa ideia ter ferramentas adequadas para promover a gamificação, especialmente em equipes mais extensas. Adotar uma plataforma digital gamificada, por exemplo, permite a aplicação desses mesmos princípios tanto aos treinamentos quanto às rotinas de trabalho.

Agora que você entende melhor a relação entre os treinamentos obrigatórios e a gamificação é hora de colocar essas técnicas em prática. E a Ludos Pro está preparada para ajudar. Entre em contato conosco agora mesmo e veja como podemos incrementar seus processos de treinamento.

?