O Lean Manufacturing é um sistema de gestão que visa melhorar a eficiência e a produtividade na produção industrial, evitando que erros aconteçam e reduzindo a produção industrial desnecessária.

Apesar de ser focado na produção industrial, o Lean Manufacturing atualmente se expandiu para outras áreas de produção e fábricas tradicionais, atuando com algumas variações e, inclusive, com outras metodologias, que têm possibilitado a entrega de resultados ainda maiores.

O que você vai ver neste artigo:

Mesmo com tantos benefícios, algumas corporações ainda não dispõem de exemplos práticos e de um melhor entendimento quanto a aplicação dessa metodologia em um negócio. Por isso, decidimos compartilhar neste artigo todas as informações que você precisa dispor sobre Lean Manufacturing e como ele pode impactar o ambiente de trabalho.

Se você se interessou pelo assunto, então continue acompanhando este artigo e entenda melhor sobre.

O que é Lean Manufacturing?

Lean Manufacturing ou Sistema Enxuto de Manufatura é um sistema voltado para a otimização da produção de uma empresa que busca reduzir erros e aumentar a produtividade. Atualmente ele é visto como uma filosofia de gestão que tem como objetivo reduzir desperdício no mesmo instante que expandir a produtividade e a qualidade.

Ele foi desenvolvido pela Toyota na década de 1950 no Japão, sendo a principal causa pela transformação da empresa, porque permitiu que a empresa eliminasse atividades que não agregam valor ao processo, tornando a organização mais enxuta do mundo.

Com a criação e implementação do Lean Manufacturing na Toyota, ela passou a ser uma das principais indústrias do segmento automotivo. Devido a esse sucesso, desde que existe, o método é implementado em diversas outras corporações, dos mais variados setores, com objetivo de aumentar a competitividade. As empresas Dell e Embraer são outras grandes corporações bastante conhecidas por implementá-lo com sucesso.

Sendo assim, o método se tornou uma opção para empresas que querem:

  • Reduzir custos;
  • Aumentar a produtividade;
  • Mais agilidade na produção;
  • Melhoria no ambiente de trabalho;
  • Aprimorar a gestão da força de trabalho;
  • Melhoria nos processos.

Os 5 princípios da manufatura enxuta

Veja a seguir os 5 princípios da manufatura enxuta:

  • Valor: Nesse contexto o valor é tudo aquilo que o cliente vê como importante. Em outras palavras, o valor é aquilo que resolve as necessidades dos clientes. Ele pode estar no design do produto, na funcionalidade, na percepção da marca, na tecnologia empregada ou mesmo no preço final do produto ou serviço.
  • Fluxo de valor: O fluxo de valor é o total de todas as fases que o produto passa até chegar ao cliente. Ao observar cada fase é necessário dividir aquilo que agrega ou não valor, eliminando processos desnecessários ou repetitivos e melhorando etapas que de fato tornam a matéria-prima no produto que os clientes querem consumir. 
  • Fluxo: O fluxo contínuo examina a produção de cada parte do produto ou serviço por vez, de modo que todas as etapas dos processos sejam realizadas sem pausa ou desperdício entre elas.
como-motivar-e-engajar-as-geracoes-y-e-z-1
  • O Lean Manufacturing entende que ao estabelecer um valor e o fluxo de produção efetivo, é possível identificar o que realmente traz valor e de fato é necessário para desenvolver o produto que o consumidor busca em termos de necessidade e preferência.
  • Puxar: O princípio “puxar” dessa metodologia busca fazer o controle da produção, de modo que as atividades de fluxo inicial alertem as atividades posteriores sobre as suas necessidades, tentando exterminar a produção em excesso. Ou seja, os produtos são desenvolvidos conforme a demanda.

  • Perfeição: Para atingir esse princípio, a empresa precisa que todas as fases do processo de criação do produto não disponham de nenhuma barreira ou algum desperdício. A perfeição ocorre quando a entrega do produto fornece valor, segundo a perspectiva do cliente.

Como aplicar o Lean Manufacturing

A princípio, implementar o Lean Manufacturing na sua instituição pode parecer fácil, afinal, de modo geral, basta reavaliar os processos, observar se alguma etapa pode ser melhorada ou descartada e ter clareza quanto ao valor que tem entregado ao cliente.

Mas o Lean Manufacturing é um tanto desafiador e provavelmente irá reestruturar alguns processos da sua organização para que de fato passe a reduzir desperdícios, aumentar produtividade e manter a qualidade, características imprescindíveis para se manter à frente da concorrência. 

jornada-da-gamificacao

Para começar a inserir o Lean Manufacturing é preciso estudar o próprio sistema de manufatura enxuta porque ele destaca os 7 pontos principais de atenção que deve procurar na sua empresa, porque são as causas que mais geram desperdícios.

  1. Qualquer defeito nos materiais, produtos ou processos;
  2. Excesso de produção, seja na hora de adquirir matéria-prima para a criação do produto como na produção demasiada;
  3. Estoque e armazenagem de produtos são decorrentes ao excesso de produção;
  4. Processos que não agregam valor para o cliente;
  5. Ações desnecessárias na planta de produção e que influenciam na eficiência dos profissionais;
  6. Transporte dispensável que acontece devido ao movimento desnecessário;
  7. Pausas que acontecem devido às falhas e processos inúteis.

O foco de uma empresa que deseja implementar a manufatura enxuta deve sempre ser observar os processos e identificar possíveis desperdícios que eles têm ocasionado. Isso significa que se encontrar processos desnecessários e dispor de grande estoque, sua empresa já estará cometendo duas falhas.

Por que o sistema é importante?

O Lean Manufacturing possibilita que a empresa se desenvolva de forma eficiente, porque os recursos (tanto de material como de tempo) passam a ser usados sem que haja qualquer desperdício e isso influencia nos processo e no fluxo de informações, gerando muito mais indicadores positivos para a sua empresa.

O Lean Manufacturing também é relevante para a empresa que está em busca de melhoria contínua, pois essa metodologia faz com que os profissionais que atuam na organização busquem por novas soluções, tornando a eficiência um valor da empresa.

Quando esse processo é implementado com outras ferramentas, como o Diagrama de Ishikawa, ele pode trazer ainda mais clareza para a empresa. Então busque conciliar outras ferramentas para fazer o diagnóstico da saúde da sua empresa e então utilizar a metodologia manufatura enxuta para gerar soluções.

Você gostou deste conteúdo sobre Lean Manufacturing? Sabia que temos uma newsletter? Por lá, compartilhamos em primeira mão as informações que compartilhamos por aqui. Então se quiser receber com exclusividade nosso conteúdo, basta assiná-la.

teste-gratis-por-7-dias
O que é Lean Manufacturing?

Lean Manufacturing ou Sistema Enxuto de Manufatura é um sistema voltado para a otimização da produção de uma empresa que busca reduzir erros e aumentar a produtividade. Atualmente ele é visto como uma filosofia de gestão que tem como objetivo reduzir desperdício no mesmo instante que expandir a produtividade e a qualidade.

Por que o sistema Lean Manufacturing é importante?

O Lean Manufacturing possibilita que a empresa se desenvolva de forma eficiente, porque os recursos (tanto de material como de tempo) passam a ser usados sem que haja qualquer desperdício e isso influencia nos processo e no fluxo de informações, gerando muito mais indicadores positivos para a sua empresa.