Ludos Pro

Plataforma de aprendizagem corporativa

Português PT
jornada-da-gamificacao

Cada profissional tem diferentes habilidades e competências que são adquiridas conforme as experiências e vivências ao longo da vida. Com a mesma influência, surgem as formações acadêmicas e técnicas e todas elas são responsáveis por moldar o perfil comportamental no âmbito profissional.

Devido a isso, a gestão de pessoas se torna um desafio para empresas e gestores responsáveis pela tarefa. Eles precisam identificar os talentos que dispõem na corporação, observando os pontos fortes e limitações e ajudar de maneira que cada um dê o melhor de si para levar a instituição aos resultados esperados.

O que você vai ver neste artigo:

Esse processo de conhecer a equipe se dá de diversas formas, inclusive pela análise de perfil comportamental, uma opção exponencial quando se trata de conhecer e respeitar os diferentes perfis profissionais existentes na empresa.

Através deste texto, você entenderá melhor o significado da análise de perfil comportamental, quais são suas características e como ele funciona exatamente. Se ficou interessado em saber mais a respeito, então é só continuar com a leitura deste artigo!

O que é análise de perfil comportamental?

A análise de perfil comportamental é feita através de testes que decodificam a postura de um profissional diante determinado acontecimento. Em outras palavras, é avaliado a reação do colaborador em uma situação específica que pode acontecer no ambiente de trabalho.

Levando em consideração que cada pessoa reage de forma diferente às situações, porque a reação tem a ver com a sua personalidade, conhecer como os colaboradores da sua empresa irão enfrentar as circunstâncias inquiridas no ambiente de trabalho é fundamental para o sucesso da empresa.

Por exemplo: determinada função requer que o profissional funcione sob pressão, no entanto seu perfil reage mal a ambiente como esses, nesse cenário dificilmente esse profissional conseguirá entregar seu potencial máximo. Sempre há aqueles que são mais produtivos sob pressão e aqueles que optam por estar em um ambiente mais calmo para realizar suas tarefas diárias, assim como há aqueles com perfil de liderança e outros que não.

Neste exemplo, a personalidade é o fator de influência sobre como o profissional vai reagir a determinado ambiente ou circunstância. Porém não somente ela impacta nisso, suas experiências profissionais, conhecimentos (hard skills e soft skills) também influenciam. Portanto é a soma de diversos elementos que se intercalam.

Profissionais deslocados tendem a ficarem desmotivados, serem improdutivos, realizarem seus trabalhos sem qualidade e como consequência taxas como de turnover aumentam e o profissional não consegue entregar bons resultados para a empresa, tais malefícios só demonstram a importância de conhecer a fundo os colaboradores da empresa.

Há diversas maneiras de mapear o perfil profissional de cada colaborador, mas a análise de perfil comportamental é o primeiro passo para transformar a realidade do trabalho e, assim, criar uma equipe de alta performance.

Para que serve a análise comportamental?

A análise comportamental geralmente é usada em processos de seleção de talentos, mas também pode ser aplicada nos profissionais já contratados, colaboradores que visam a evolução na empresa ou consideram mudar de área, isso porque, no geral, a análise comportamental gera autoconhecimento.

Então, traçar o perfil comportamental dos profissionais faz com que eles se auto conheçam e pensem em suas atitudes, em como elas influenciam nos resultados alcançados e, ainda, que entendam o motivo de terem certas atitudes ou escolhas.

Entender sobre características e comportamentos predominantes auxilia no processo de desenvolvimento humano, ajustando práticas inadequadas, através de treinamento comportamental. Por isso, mapear tais comportamentos e encontrar estímulos que melhorem isso, é fundamental. Assim, tanto a empresa como o colaborador são atingidos pelas transformações positivas.

Como funciona a análise de perfil comportamental?

Como funciona a análise de perfil comportamental dependerá de qual metodologia a empresa aplicará. Aqui, você conhecerá as características de 3 delas, as mais populares no âmbito empresarial.

DISC

O método DISC é considerado um dos mais utilizados e conhecidos no mercado. Trata-se de uma análise de perfil comportamental bastante simples que não requer de muito para ser desenvolvido e aplicado.

Basicamente, o teste é estruturado em quatro palavras que representam características e traços de personalidade. O nome da metodologia, inclusive, vem do acrônimo de cada palavra: dominance, influence, steadiness e conscientiousness.

O teste funciona da seguinte forma: o indivíduo é submetido a uma série de atributos e cada um corresponde a um perfil comportamental. Ao final do teste, a pontuação é somada e se obtêm quatro resultados distintos. Aquele de maior incidência é o perfil comportamental mais evidente.

São os perfis comportamentais:

  • Dominante / dominance (D): são profissionais determinados e ousados, por isso lidam melhores com desafios;
  • Influente / influence (I): são colaboradores que têm habilidade da comunicação e sabem persuadir. Além disso, eles são entusiasmados;
  • Estável / steadiness (S): são profissionais mais tranquilos e confiáveis, têm paciência com as situações e pessoas e desenvolvem melhor seu trabalho quando se há uma rotina a seguir;

  • Cauteloso / conscientiousness (C): são colaboradores metódicos e analíticos, eles gostam de seguir regras e se adaptam bem aos processos.

STAR

STAR também é um acrônimo das palavras situação (S), tarefa (T), ação (A) e resultado (R). Esse teste visa traçar o perfil comportamental a partir de experiências prévias vividas pelo profissional.

Ou seja, ele tem como finalidade prever, de acordo com o passado, como o indivíduo irá se comportar e agir em circunstâncias do presente ou do futuro.

Esse teste é realizado através de perguntas como “quais foram os desafios em determinada circunstância?”, “o que você sentiu?”, “como agiu?”, “quais foram os resultados atingidos?”, entre outras.

Dominância cerebral

A dominância cerebral busca entender os comportamentos predominantes do colaborador. Segundo Ned Herrmann, o criador da metodologia, o cérebro está dividido em quadrantes e cada um está relacionado a uma característica:

  • Superior direito: relacionado ao perfil analítico;
  • Superior esquerdo: perfil organizador;
  • Inferior direito: perfil comunicativo;
  • Inferior esquerdo: perfil inovador.

Dos métodos aqui citados, este é o mais complexo, pois contempla cerca de 120 perguntas para identificar qual é a predominância cerebral da pessoa. Nessa visão, portanto, mesmo que cada pessoa seja única, há padrões de condutas que podem ser encontrados.

Gostou de compreender o que é e como funciona a análise de perfil comportamental? Comente com a gente, queremos saber sobre a sua opinião!

teste-gratis-por-7-dias
O que é análise de perfil comportamental?

A análise de perfil comportamental é feita através de testes que decodificam a postura de um profissional diante determinado acontecimento.

Para que serve a análise comportamental?

A análise comportamental geralmente é usada em processos de seleção de talentos, mas também pode ser aplicada nos profissionais já contratados, colaboradores que visam a evolução na empresa ou consideram mudar de área.

Fale com um consultor

Preencha os campos abaixo e receba o contato de um especialista.

X
Imagem semi-disco Imagem triângulo

Obrigado!

Entraremos em contato o mais breve possível