Entenda o que é o engajamento profissional e como despertá-lo em seus funcionários
Comportamento

Entenda o que é o engajamento profissional e como despertá-lo em seus funcionários

Preencha seu email e receba conteúdos exclusivos
Obrigado pelo seu cadastro!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Ter uma equipe motivada e que veste a camisa da empresa é fundamental para seu sucesso. Ao desenvolver uma ligação com a instituição, os funcionários acabam tendo maior disposição em seu trabalho e prestando seus serviços com mais qualidade e dedicação. Por isso, é fundamental que a companhia fortaleça seu relacionamento com os colaboradores, despertando neles o que é chamado engajamento profissional. 

Mas, como fazer isso no dia a dia da empresa? Você percebe que os funcionários do seu negócio estão desmotivados, perdendo produtividade e, consequentemente, sua qualidade no trabalho? Confira neste artigo o que é engajamento profissional, as vantagens de ter uma equipe engajada e como despertar este espírito em seus colaboradores. 

O que é engajamento? 

Engajamento é o envolvimento que uma pessoa tem com algo ou alguém, seja com uma causa ou com a empresa em que se trabalha, por exemplo. É uma forte conexão que se cria, motivando o indivíduo a se dedicar cada vez mais em prol daquilo que se está engajado. 

No emprego, isso significa que o funcionário não valorizará seu trabalho apenas pela compensação financeira ou status, e sim se sentirá parte da instituição e se dedicará a seu trabalho com excelência. É algo que extrapola o vínculo formalizado pelo contrato de trabalho, criando no profissional uma forte ligação emocional com a empresa. 

Quais as vantagens do engajamento para a empresa 

Quando um colaborador desenvolve uma ligação positiva com a empresa, toda sua postura muda. Funcionários engajados são proativos, leais, comprometidos, produtivos e têm senso de dono, ou seja, tomam as dores e vontade de sucesso do negócio para si. Por isso, se dedicam ao máximo para o desenvolvimento da instituição, seja cumprindo com excelência suas atividades e pensando no desempenho da companhia como todo - até trazendo ideias de melhorias para outras áreas que não as de sua atuação. 

Ou seja, um colaborador engajado não se preocupa apenas em realizar suas tarefas, e sim de forma proativa contribuir com o sucesso da empresa. Isso faz toda a diferença em todos os âmbitos de uma organização, desde a produção, processos internos até o contato com o cliente. 

O contrário - um funcionário desmotivado - pensa apenas em realizar sua função medianamente, sem buscar aprimoramento em seu serviço e sem se preocupar em como isso afeta seu setor e a empresa como um todo. Ele anseia apenas o fim do turno, o fim de semana, suas próximas férias... Ele não é produtivo, criativo ou comprometido com a instituição, está acomodado em sua atividade e enxerga seu trabalho apenas como uma obrigação. 

Se isso por si só já prejudica a empresa, lembre-se que sua falta de disposição também impacta o coletivo: um funcionário desmotivado pode influenciar negativamente os seus colegas e setor, frustrando e diminuindo o ânimo de todos ao redor e tornando a situação cada vez pior. 

O engajamento profissional também depende do indivíduo, pois as pessoas precisam trabalhar sua automotivação. No entanto, a empresa pode e deve fortalecer seu relacionamento com seus colaboradores, incentivando um sentimento de pertencimento, de aprimoramento pessoal e profissional, e criando um ambiente motivador para torná-los mais engajados e, assim, melhorar o desempenho da instituição. 

Como despertar o engajamento dos meus funcionários? 

Sua empresa está passando por dificuldades com os colaboradores? Você sente um clima de desmotivação, de estagnação e resignação no seu time? Talvez todos estes sinais apontem que é preciso investir no seu relacionamento com os empregados, evitando a queda na qualidade de seus serviços e a temida alta rotatividade na equipe. 

Para isso, o RH pode implementar algumas estratégias para desenvolver a motivação e engajamento profissional dos colaboradores. Confira algumas dicas e áreas que podem ser aprimoradas para fortalecer os laços dentro da empresa: 

1.     Cultura da empresa 

Toda a empresa tem um conjunto de valores que norteiam sua atuação. É importante definir estes conceitos abstratos e trazê-lo para o dia a dia da instituição, trabalhando assim a cultura interna. Estabeleça todas essas qualidades e monte uma estratégia para alinhar estes temas com toda a equipe, desde os altos executivos aos funcionários mais novos. 

Uma forte cultura organizacional ajuda o colaborador a se sentir parte da empresa, sabendo seu propósito e fortalecendo sua ligação com ela. No entanto, tenha cuidado para que os valores não fiquem apenas no discurso, e sim sejam vividos no dia a dia da instituição. 

2.     Liderança 

Uma área que o RH deve ter atenção especial é com a liderança dos setores. Um líder motivado, capacitado e engajado faz toda a diferença no desempenho de uma equipe, animando seus liderados e os inspirando a serem melhores e mais envolvidos na instituição. 

No entanto, um líder desmotivado afeta todo o time negativamente. Ele acaba tirando o ânimo de seus liderados, não escutando novas ideias, não recompensando boas atitudes e, no fim das contas, desvalorizando os funcionários. Desta forma, muitos talentos acabam até saindo da empresa. 

Por isso, treine bem as lideranças da companhia, reforçando a cultura interna e ensinando-os a ter um relacionamento saudável e construtivo com seus liderados. 

3.     Propósito e recompensa

Um fator imprescindível para fomentar a motivação de alguém é pensar no propósito da atividade. Ninguém gosta de investir tempo e esforço em algo que não vê razão para realizar ou que não há resultado concreto. Por isso, deixe claro para cada funcionário sua importância no processo produtivo da empresa, como sua função agrega ao todo e faz a diferença também para a sociedade. 

Nisso também é importante pensar em recompensas para os bons comportamentos, como produtividade, desenvolvimento profissional e pessoal e envolvimento com a empresa. Este incentivo pode ser feito por meio de elogios, benefícios materiais e, ainda mais considerando o engajamento a longo prazo da equipe, um plano de carreira bem estruturado. 

4.     Ações lúdicas e inovadoras

Algo que pode impactar positivamente o relacionamento dos colaboradores com a empresa é a adoção de métodos inovadores e lúdicos nos processos internos. Isto torna algumas atividades menos pesadas e descontrai o ambiente, diminuindo o clima tenso e de estresse que algumas organizações enfrentam por conta de sua própria natureza de atuação. 

A gamificação, por exemplo, traz a dinâmica dos jogos para motivar e engajar os funcionários nas atividades, seja na realização de tarefas cotidianas como nos treinamentos corporativos ou até mesmo no processo de integração de novos funcionários (onboarding). 

Esta metodologia facilita a assimilação de conteúdos mais densos e incentiva os profissionais a terem uma postura mais proativa, pois utiliza conceitos como competição, progresso e recompensa para estimular determinadas ações. 

Quer saber mais como a gamificação pode colaborar para fortalecer o engajamento dos colaboradores da sua empresa? Converse conosco e descubra mais benefícios desta metodologia.

No items found.
Veja outros conteúdos sobre assuntos relacionados:
O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários.
Veja outros posts relacionados
logo sioux grouplogo siouxlogo ludos prologo pgblogo movieplaylogo go gamers
icon facebookicon instagramicon linkedin