Share of Voice é um conceito antigo, mas que ganhou ainda mais força com a internet e redes sociais. Saber o que o público diz sobre sua empresa e em comparação à concorrência é fundamental para implementar estratégias para melhorar a imagem da marca e aumentar suas vendas.

Saiba o que é, a importância e como mensurar o Share of Voice do seu negócio e use essa métrica ao seu favor!

O que é Share of Voice e qual sua importância?

A imagem que a empresa tem diante de seu público tem muito valor: uma boa reputação sempre pode ajudar a aumentar as vendas, enquanto uma visão negativa das pessoas consegue prejudicar os resultados de qualquer negócio, independentemente do seu porte ou segmento de mercado. 

Tem pessoas que antes de comprar qualquer produto ou adquirir um serviço fazem questão de investigar sua reputação na internet, descobrindo seus detalhes, vantagens e vendo até mesmo as comparações com as soluções da concorrência.

Nesse momento, alguém que estava decidido a comprar da sua marca pode acabar conhecendo melhor as opiniões sobre seus concorrentes e, no fim das contas, optar por eles. 

Não é à toa que muitas empresas monitoram sua imagem em diversos canais de comunicação e buscam comparar sua recepção com a da concorrência. Um detalhe ou outro pode ser crucial na decisão de compra do público-alvo, reforçando ainda mais a luta em mercados altamente competitivos. 

E é nesse sentido que surge o Share of Voice — uma ferramenta para medir a visibilidade da empresa, em diversas mídias, em comparação à concorrência. Essa métrica ajuda a organização a entender o espaço que ocupa em seu mercado e na opinião do público-alvo, analisando os resultados para desenvolver ações de comunicação e marketing mais assertivas.

Todas as empresas entendem as vantagens de se estudar a concorrência, verificando oportunidades de negócio não exploradas pelos outros, pensando em estratégias de diferenciação e tornando sua marca mais competitiva, aumentando sua fatia no mercado. 

Acompanhar o Share of Voice é uma forma de verificar o desempenho das campanhas de comunicação e marketing, tanto as pontuais, como as de longo prazo e comparar seus resultados com os da concorrência. Além disso, com este estudo é possível criar ações especiais para conquistar e fidelizar clientes, conhecendo mais a fundo o perfil e comportamentos do público-alvo.     

Essa métrica também pode ajudar na gestão de marca, sinalizando para o setor como está sendo a recepção de seus esforços em construir uma imagem positiva da empresa para o público e mercado. 

Alguns podem até confundir essa ferramenta com a Share of Market (ou Market Share) — que na verdade é a fatia de mercado considerando as vendas do negócio, não conversas e menções à marca. 

O conceito de Share of Voice é usado desde a publicidade tradicional, feita em jornais, rádio e TV, mas vem ganhando ainda mais força com a popularização da internet e o avanço das estratégias de marketing digital. E essa mudança vem gerando dúvidas: como medir a fatia de visibilidade da empresa nessas mídias eletrônicas? 

Como Mensurar o Share of Voice?

Essa métrica pode ser acompanhada tanto de forma manual como usando plataformas eletrônicas. O Share of Voice tenta mapear todas as conversas sobre a marca, incluindo as publicidades pagas — em diversos meios —, estratégias orgânicas e mídia espontânea.  

Geralmente esse indicador é calculado de acordo com as menções à empresa, contabilizando uma porcentagem referente a participação da organização nas conversas nas mais variadas mídias.

Existem algumas ferramentas que ajudam no mapeamento das redes sociais e buscadores, gerando relatórios detalhados sobre a presença da empresa nestes ambientes. Assim é possível ter esses dados de forma prática e ágil ao automatizar esse processo. 

Também existe uma fórmula simples para, ao menos, saber se sua marca está aparecendo nas conversas e sua relação com a concorrência:

No entanto, é preciso ir além dessa fórmula para se ter informações de qualidade que irão pautar as estratégias da empresa. Primeiro que é necessário contextualizar o resultado: um número considerado pequeno pode não ser um problema se houver uma grande quantidade de concorrentes, por exemplo. 

É importante também analisar os resultados sobre um viés qualitativo. Do que adianta sua empresa for citada na maioria das conversas, porém os comentários serem negativos? Em vez de ser algo positivo, a exposição pode atrapalhar a conquista de novos clientes. 

Nesse caso é imprescindível escutar as críticas para oferecer um serviço e produto que satisfaça as demandas dos clientes, transformando algo ruim em uma oportunidade de melhora. 

Outro ponto que é fundamental reforçar é que as estratégia de comunicação e marketing, ainda mais no caso da gestão de marca, são ações com mais impactos à longo prazo. Não se pode esperar resultados espetaculares segundos depois da campanha lançada, ao menos que sua organização já tenha um bom espaço no mercado e faça uma ação promocional altamente competitiva. 

Como Melhorar seu Share of Voice e Aumentar suas Menções?

Caso, após o estudo, for detectado que sua marca não tem tanto espaço no mercado, 

é preciso investir mais em comunicação e marketing. Essas estratégias irão ajudar a divulgar suas soluções de forma positiva e para o público certo, alcançando um número maior de pessoas. 

É importante se manter ativo nas conversas, buscando criar um relacionamento próximo com o público-alvo para engajá-lo na marca. Para isso ocorrer, é preciso conhecer bem o perfil das pessoas que têm interesse no seu segmento, descobrindo seus hábitos de comportamento e compra. 

Além disso, usar técnicas e estratégias inovadoras é uma forma de encantar e reter a atenção das pessoas mesmo diante das ações criativas da concorrência. Uma mensagem bem planejada e engajadora tem mais força do que mil publicidades genéricas.  


Mas, algo que as empresas não podem esquecer é que não se pode conquistar apenas os clientes: os colaboradores devem ser engajados na marca para alcançar ótimos resultados e, inclusive, ajudar a construir sua boa imagem. Descubra como a estratégia de Employer Branding pode contribuir nessa questão, atraindo e retendo os talentos na sua organização!