Quando se abre um negócio os empreendedores podem ter muitas dúvidas a respeito do que é importante entender sobre gestão neste primeiro momento. Uma das áreas que mais traz confusão é a financeira, tão importante para o sucesso da empresa. Neste sentido, saber o conceito do break even é fundamental para monitorar o desempenho da organização, especialmente nesses primeiros passos.

Descubra neste artigo o que é break even, a importância de se monitorar esse indicador e como calculá-lo para que sua empresa tenha sucesso!

O que é o Break Even e qual sua Importância?

Existem métricas simples para calcular se um negócio é financeiramente sustentável – ou seja, se a empresa está conseguindo se manter no mercado e não dando prejuízo.

Chamado em português de ponto de equilíbrio, o break even é uma métrica que diz se a empresa está cobrindo seus gastos com as vendas efetivadas ou se ela está no vermelho, cada dia perdendo mais dinheiro com suas operações. Monitorar esse indicador é fundamental para saber como anda o financeiro do negócio e evitar que ele vá para o buraco.

O break even mostra que a empresa está conseguindo “se pagar”, porém, isso não é o suficiente para manter um negócio, certo? É necessário ter lucro para investir em melhorias internas, ter uma sobra no caso de incidentes e também para somar aos ganhos do empreendedor, alta diretoria e colaboradores que tenham uma porcentagem sobre este valor, por exemplo.

No caso de novos negócios, é normal que no primeiro momento haja prejuízos – afinal, pode levar um tempo até que a clientela seja firmada e o espaço da empresa esteja mais consolidado no mercado. Mas, depois de um certo tempo, é necessário andar com as próprias pernas, cobrir o investimento realizado e ainda começar a dar lucro.

Se uma organização vem de um histórico de despesas, chegar ao ponto de equilíbrio é algo positivo. Já quando a empresa vinha lucrando e vendendo bem, ter o resultado 0 é um sinal preocupante. Por isso o break even pode acabar sendo uma boa ou má notícia, dependendo do contexto que o negócio atravessa.

Assim, saber se sua empresa está no ponto de equilíbrio é fundamental para ver como anda seu desempenho e ajuda a criar estratégias de controle financeiro, seja com a redução de gastos ou investimento em áreas importantes, como o treinamento de vendas.

Além disso, saber qual é o ponto em que a empresa começa a pagar todas as suas despesas ajuda a definir a meta de vendas daquele determinado período. Exemplo: saber que 500 camisetas precisam ser vendidas cada mês para cobrir todos os gastos com aluguel, funcionários, matéria-prima, etc.

O cálculo do break even serve para empresas de todos os tamanhos e naturezas de atuação – e pode ser verificado a qualquer momento, dependendo das necessidades da organização. Se ela ainda tem dificuldades de encontrar o equilíbrio financeiro e está implementando ações para mudar essa situação, talvez seja melhor acompanhar este indicador com maior frequência.

Mas, como saber se sua empresa atingiu o ponto de equilíbrio?

Como Calcular o Break Even?

Felizmente não é preciso fazer equações e fórmulas complicadas para fazer este cálculo. No entanto, é importante conhecer antes alguns conceitos que são fundamentais para uma boa gestão financeira:

Custos variáveis: é o que a sua empresa gasta com os produtos/serviços e que varia em relação a demanda. Por exemplo: você gasta mais material para produzir 500 camisetas do que 30, e mais recursos/tempo em dar uma consultoria para 5 empresas do que para apenas uma.

Custos fixos: são os gastos que não variam de acordo com a demanda de trabalho. Nesta categoria estão as contas de aluguel, energia, água, telefone, internet e até a folha de pagamento.

Vendas: é o quanto você ganha com todas as vendas efetivadas.

Com cada um desses indicadores na ponta do lápis, considerando o mesmo período de tempo, vamos ao cálculo do exemplo. Uma empresa teve no mês:

Custos fixos: 10 mil

Custos variáveis: 5 mil

Vendas: 20 mil

A fórmula é:

Custos fixos / (custos variáveis / vendas – 1)

No caso do exemplo:

R$ 10.000,00 / (R$ 5.000,00 / R$ 20.000,00 – 1)

Resolvendo a primeira parte:

R$ 10.000,00 / (0,25 – 1)

Depois a segunda:

R$ 10.000 / -0,75

=

R$ -13.333,33…

Ou seja, arredondando a conta, a empresa deve vender o valor de R$ 13.334 em peças ou serviços para alcançar o seu ponto de equilíbrio. Conseguiu entender?

Assim é fácil saber a receita que sua organização precisa gerar para cobrir as despesas de cada mês. O que passar desse valor é lucro, e o que faltar é prejuízo. Como dissemos, exceto em alguns casos, este resultado é completamente prejudicial à empresa e pode ser um sinal de que as coisas precisam mudar na gestão – antes que seja tarde demais.

Como Arrumar a Casa e Colocar as Contas em Dia

Se, após realizar os cálculos do break even durante um longo período, a situação de prejuízo não se alterar, você vai precisar tomar alguma medida mais enfática para não deixar sua empresa falir.

O primeiro caminho é cortar gastos: ver quais pontos podem ser economizados na empresa e que irão causar um impacto nas finanças da empresa. Rever as contas de água, luz, impressão, verificar um plano de telefone e internet mais barato e  fornecedores que oferecem mais benefícios são algumas ideias para este caso.

O segundo é aumentar a receita da empresa: algumas ideias são desenvolver estratégias de comunicação e marketing mais assertivas, campanhas mais eficazes de vendas ou montar treinamentos corporativos específicos para os vendedores, para aprimorar sua persuasão, por exemplo.

Adotar uma ou as duas medidas é uma forma de reduzir as despesas e aumentar as vendas da empresa, ajudando-a a sair do prejuízo e a começar a lucrar. Mas para a conta continuar no azul, é preciso mais do que estratégias financeiras.

Um dos elementos que mais influencia no desempenho da organização são as pessoas: sem ter funcionários dedicados, motivados e eficientes, dificilmente um negócio irá para a frente. Quer ajuda com a sua gestão de pessoas? Confira mais artigos sobre RH, treinamento e empreendedorismo no nosso blog e invista no sucesso da sua empresa!