Crie uma campanha de vendas melhor que a anterior
Negócios

Crie uma campanha de vendas melhor que a anterior

Preencha seu email e receba conteúdos exclusivos
Obrigado pelo seu cadastro!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Toda empresa tem o objetivo de vender. Sejam produtos, serviços ou até mesmo a própria marca, cada compra ajuda a movimentar o caixa - cobrindo as despesas e custos, além de gerar lucro. Por isso as campanhas de vendas são tão importantes e uma promoção mal sucedida pode não só desapontar, como também trazer prejuízo para a organização.


No artigo de hoje vamos trazer dicas para montar uma campanha de vendas matadora e conquistar os clientes.

Como fazer uma boa campanha de vendas?


Assim como tudo na empresa, o planejamento sempre é o primeiro passo e uma das etapas mais importantes de cada estratégia. Antes de fazer uma campanha de vendas, é fundamental definir questões básicas: qual o objetivo; as regras; metas e prazo da ação? Qual treinamento será dado aos vendedores? E os incentivos para os colaboradores?


Preparamos um passo a passo prático para te ajudar a não se perder na campanha

1) Defina os objetivos


Qual produto ou serviço será o foco da campanha? Eleja algumas ofertas para atrair o público e concentrar seus esforços: pode ser para divulgar uma novidade na linha; liquidar uma mercadoria que teve pouca saída ou fazer um serviço pouco pedido ser melhor conhecido, por exemplo.

2) Defina as regras


Após decidir o foco da campanha, é preciso definir o que é ou não permitido: dar desconto de até quanto? Parcelar? Usar cheque? Ganhar algum item de graça ao levar o combo? Os funcionários devem ter bem claro até onde eles podem negociar com o cliente, para não criar discrepâncias na ação ou, pior, prejuízo.


Por isso, todos essas possibilidades devem passar pelo planejamento financeiro, para que a campanha ajude a empresa a lucrar - e não dar mais despesas ainda. Também é importante definir o prazo da campanha para que não ocorram problemas depois.


Tudo isso deve estar bem alinhado com todas as partes que trabalham como o cliente: desde vendedores a marketing.

3) Estipule metas grandes e menores


Toda ação precisa ter um norte. Definir uma meta ajuda a motivar a equipe para vender mais e, assim, fazer a empresa lucrar. Mas, tem dois pontos importantes nessa questão: esse objetivo não pode parecer algo inalcançável (se não tornará a tarefa desmotivadora e a chance de fracassar será maior) ou então ser algo fácil demais (pouco desafiadora e trazendo poucos resultados).


Uma dica para fazer isso é definir uma meta principal e dividi-la em pequenas tarefas. Isso auxilia os colaboradores a enxergar o desafio original como algo alcançável e a se motivar para batê-lo. Além disso, estipule uma meta bônus, para incentivar a superar o objetivo inicial e trazer assim ainda mais resultados para a empresa.

4) Premie quem atingir a meta


O ser humano trabalha muito bem quando sabe que receberá uma recompensa no final. Esse tipo de estímulo é um dos fatores que ajudam metodologias como a gamificação a incentivar determinados comportamentos e ações das pessoas.


Esse prêmio pode ser uma pequena oferta em dinheiro, algum brinde, benefício, um dia de folga ou até mesmo reconhecimento por parte da liderança. É importante saber o que realmente motiva seus colaboradores para usar os incentivos corretos e despertar sua vontade de vender/vencer.


A recompensa é um estímulo poderoso, mas é preciso saber usá-la bem para não perder sua eficácia: dê os prêmios definidos anteriormente somente para quem realmente alcançou a meta. Se quiser despertar o esforço, crie bônus menores especialmente para quem chegou muito perto do objetivo.

5) Invista em marketing e comunicação


Não basta apenas planejar a campanha de vendas internamente. O público precisa saber que sua empresa está fazendo uma ação especial para poder comprar! Infelizmente algumas instituições pecam nesse passo e não conseguem atingir os resultados, porque investiram pouco em divulgação ou suas estratégias foram ineficientes.


Nesse sentido, primeiro é importante conhecer o seu público-alvo: onde eles estão? Que

canais de comunicação utilizam? Quem são os influenciadores que confiam? Esse é um dos pontos fundamentais em qualquer campanha de marketing e vendas.


A partir dessa pesquisa, será possível definir onde investir - no jornal impresso, em determinada rede social, televisão, rádio, algum influenciador digital, entre tantas possibilidades. Além disso, é importante saber qual linguagem usar com o seu público para não causar ruídos e acabar impactando negativamente a imagem da empresa sem querer.


Lembre-se de caprichar na loja física, virtual e site oficial com o tema da campanha de vendas. Sempre tem pessoas que se deparam com essas comunicações diretamente e podem ser impactadas com a promoção.

6) Encerramento e análise


Após o término da campanha de vendas, é preciso analisar o que deu certo e o que poderá ser melhorado para a próxima vez. Qual foi o retorno e satisfação dos clientes? O produto/serviço realmente chamou a atenção? Qual o feedback dos vendedores a respeito da ação e seu desempenho? E o objetivo principal foi alcançado?


Outra questão importante é celebrar. Sim, isso mesmo! É fundamental comemorar as boas ações para para manter os funcionários motivados e se saírem melhor a cada campanha de vendas.

Treinamento para a campanha de vendas


Todos esses passos são importantes para fazer uma campanha de vendas de sucesso. Porém, existe outro elemento fundamental nessa equação: os vendedores. De nada adiantará montar uma ação bem estruturada, se seus funcionários não forem adequadamente treinados sobre o produto ou em como abordar os clientes em potencial. E então, como fazer para fechar o negócio?


Invista em treinamentos para capacitar os funcionários nas técnicas de vendas e também para desenvolver suas habilidades pessoais. Somente assim eles estarão bem preparados para abordar os clientes e fechar as vendas.


Mas não adianta adotar treinamentos ineficientes e chatas, que não serão bem aproveitados pela equipe. Existem metodologias que tornam o aprendizado uma experiência mais engajadora, motivando os colaboradores a realizar as tarefas e assimilar o conteúdo.


A gamificação é uma das estratégias que vem ganhando cada vez mais destaque nesse sentido, transformando atividades que poderiam ser maçantes como o treinamento corporativo em ações imersivas e interativas. Ela utiliza elementos comuns aos jogos para motivar e engajar os participantes e, desta forma, realizarem as tarefas.


Além disso, as plataformas gamificadas costumam oferecer relatórios detalhados do desempenho dos colaboradores, ajudando o RH a monitorar rapidamente a performance dos funcionários nos treinamentos e saber o que está dando certo e o que precisa ser melhorado.


A gamificação vem sendo usada nas empresas nos mais diversos processos, como treinamento corporativo, recrutamento, onboarding de novos funcionários, comunicação interna e até mesmo para motivar a realização das tarefas cotidianas e, desta forma, aumentar a produtividade.


Quer saber mais sobre a gamificação? Converse conosco e capacite sua equipe para vender mais!


No items found.
Veja outros conteúdos sobre assuntos relacionados:
O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários.
Veja outros posts relacionados
logo sioux grouplogo siouxlogo ludos prologo pgblogo movieplaylogo go gamers
icon facebookicon instagramicon linkedin