O condicionamento mental é uma tendência que vem crescendo nas áreas de carreira, empresas e negócios, conhecida ainda mais no termo em inglês mindset. Este conceito pode ajudar os profissionais a buscarem o sucesso profissional e alcançar melhores resultados para a organização. Mas, como metodologias inovadoras — como a gamificação — podem contribuir nesse processo?

Neste artigo vamos entender os benefícios que a gamificação pode trazer ao condicionamento mental dos profissionais da sua empresa, tornando-os mais produtivos, proativos e engajados no trabalho. 

Condicionamento Mental e o Sucesso Profissional

A mente tem um grande poder sobre nossas vidas. Seja influenciado pelo consciente ou inconsciente, nossa forma de enxergar o mundo ao redor e reações acabam impactando em nossas escolhas e trajetórias, inclusive em questões pessoais e profissionais. 

Você já notou que algumas pessoas, diante de situações negativas, tendem a colocar a responsabilidade em terceiros; enquanto outras tentam entender como suas ações contribuíram para este fim e, assim, mudam seus comportamentos para terem resultados melhores depois? 

Com certeza você conhece pessoas dos dois tipos: este simples exemplo mostra como o condicionamento mental de alguns pode ajudá-los a crescer em diversas áreas — na sua vida pessoal, profissional, social, etc — enquanto outras podem acabar estagnando e não lutando por seus objetivos. 

Tudo isso tem a ver com o mindset, ou condicionamento mental, das pessoas: o conjunto das atitudes que vem da nossa mente e que acabam influenciando a maneira com que nos relacionamos com o mundo. 

Essa característica pode impactar todas as áreas da vida de uma pessoa, incluindo o desempenho no trabalho e seus relacionamentos dentro da empresa. Um profissional disposto a mudar sua forma de pensar consegue assumir suas responsabilidades diante das situações e transformar seu comportamento para alcançar os resultados desejados. 

Outros, pelo contrário, por seu condicionamento mental, acreditam que não é possível melhorar ou desenvolver novas habilidades. Preferem se manter na zona segura de suas competências do que buscar sua evolução profissional.

Percebe como, apenas considerando essas duas condutas, elas já podem impactar a dinâmica nas equipes e empresa em geral? Qual dos dois tipos de profissionais você iria preferir no quadro de funcionários?

Porém, mais do que apenas identificar o mindset dos colaboradores, é importante pensar em formas de trabalhá-lo para que eles se tornem mais abertos às mudanças e evolução profissional, trazendo melhores resultados para a organização.

Sim, é possível estimular seus profissionais a mudar seu condicionamento mental. E a gamificação pode ajudar nesse processo.

Gamificação e Condicionamento Mental

O mindset de uma pessoa pode ser alterado com algumas técnicas que a ajudem a se abrir às mudanças e evolução, com suas oportunidades e desafios. Há diversas formas de fazer isso: por meio de um trabalho de autoavaliação; com o auxílio de coaching ou usando outras metodologias que influenciam nos comportamentos humanos, como a gamificação. 

Essas estratégias podem incentivar o RH e funcionário a identificar seu condicionamento mental, avaliando as suas posturas diante das situações negativas e quais são os impactos das escolhas realizadas no dia a dia. Além disso, elas ajudam no processo de transformação das atitudes para que o colaborador se torne um profissional melhor e traga mais resultados para o negócio. 

E entre as ferramentas que podem ser adotadas nesse processo está a gamificação. Essa metodologia que usa elementos e lógica dos jogos em contextos que não se resumem ao entretenimento. Recursos como storytelling, missões e recompensas são adotados para estimular as pessoas a realizem determinadas ações e até mudarem comportamentos, tudo para alcançar objetivos positivos e concretos na sua vida. 

A gamificação vem sendo adotada em diferentes áreas, como saúde, política, educação e empresas, aproveitando os elementos lúdicos para transformar as experiências dos usuários e atingir objetivos. 

Os jogos são dinâmicas naturalmente motivadoras e que atraem a atenção das pessoas, incentivando-as a participar de determinadas atividades mesmo que por um grande período de tempo: quem nunca se desligou das horas ao jogar?

A gamificação justamente usa os elementos que despertam essa motivação para estimular a realização de alguma tarefa que tenha um objetivo positivo, como fazer o treinamento corporativo, participar do programa de integração dos novos funcionários, cumprir as atividades do dia a dia e até mesmo desenvolver algumas habilidades sociais para melhorar o relacionamento com os colegas.

Em todas essas ações é possível trabalhar o condicionamento mental dos colaboradores. O treinamento corporativo pode ajudar a aprimorar o conhecimento técnico, tornando os profissionais atualizados nas boas práticas de sua função e melhorando a qualidade e produtividade do seu serviço. 

Isso vai ampliar a visão de mundo do funcionário, abrindo-a a novas possibilidades em seu cargo e melhorando seu desempenho na empresa — ajudando-o assim a ver os benefícios de evoluir e crescer em sua carreira e expertise profissional. 

Mas a gamificação não serve apenas para ensinar assuntos técnicos: essa metodologia pode ser usada em ações voltadas à mudança de comportamentos, como ter uma postura de respeito e abertura aos colegas com vivências diversas, por exemplo. A dinâmica ajuda o participante a ter uma experiências imersiva, vendo a situação de uma forma completamente diferente. 

Além disso, a gamificação também pode ser adotada para identificar o comportamento das pessoas, como acontece em seu uso no recrutamento. O estilo lúdico traz uma leveza às atividades que buscam avaliar o perfil dos candidatos, quebrando o gelo e os tornando mais abertos a mostrarem suas reais posturas e competências.  

Desta forma, a gamificação pode ser uma excelente ferramenta para ajudar o RH a identificar o mindset dos colaboradores e até candidatos às vagas da empresa, motivar os funcionários a se abrirem ao aprendizado nos treinamentos corporativos e também estimular sua mudança de comportamento para melhorar o desempenho e clima na equipe. 

Adote a Gamificação na Empresa

O condicionamento mental dos colaboradores pode impactar no seu desempenho na empresa. Porém, essa característica não é imutável: o RH pode adotar estratégias que irão ajudar os profissionais a se aprimorarem e, assim, se tornarem mais produtivos e engajados. 

A gamificação é uma metodologia que pode contribuir de diversas formas para este processo. Entretanto, é preciso saber como implementar essa ferramenta na organização, desenvolvendo uma dinâmica verdadeiramente motivadora e efetiva. 

E você pode contar com um parceiro especializado para desenvolver a plataforma certa para a sua empresa: o Ludos Pro! Converse conosco e descubra como aproveitar o melhor da gamificação na sua gestão de pessoas.