Uma empresa é feita de pessoas, e isso se provou ainda mais verdade nos dias atuais. Contar com os melhores talentos é uma forma de ter um ótimo desempenho e garantir seu espaço no mercado: e existem alguns tipos de profissionais que a sua organização precisa manter em seu quadro de funcionários para alcançar esse objetivo.

Neste artigo vamos falar sobre os tipos de profissionais que sua empresa deve ter para que tudo funcione corretamente e ela se destaque no mercado.

A Importância dos Colaboradores

Não é à toa que dizem que as pessoas são o maior ativo de uma empresa: são os funcionários os responsáveis por processos fundamentais na organização, como a produção das mercadorias ou execução dos serviços; tomada de decisões estratégicas; atendimento ao cliente; vendas; comunicação externa; entre outras tarefas importantes.

É preciso contar com os profissionais mais competentes para realizar seu trabalho com excelência, tanto no sentido de produtividade, quanto de qualidade. O primeiro passo para ter esses talentos no quadro de funcionários é investir em um processo seletivo eficiente, que irá atrair os melhores candidatos e identificar aqueles que são mais indicados para a empresa. 

Mas também é possível trabalhar as competências de quem já faz parte da empresa para melhorar o seu desempenho. O treinamento corporativo é uma ferramenta importante para aumentar a capacitação técnica e habilidades sociais dos colaboradores, tornando-os mais motivados e eficientes em seu serviço.

No entanto, além de fazer todo esse trabalho de atração e treinamento dos talentos, também é preciso saber reter os melhores perfis de profissionais e deixar aqueles que não se adequaram à organização partirem. 

Tipos de Profissionais que Você deve Reter

Existem alguns tipos de profissionais que fazem a diferença em qualquer empresa, independentemente do seu tamanho ou segmento de mercado. Toda organização deve buscar manter esses talentos em seu quadro de colaboradores para ter um bom funcionamento interno e se destacar no mercado. 

Vamos conhecer esses tipos de profissionais que sua empresa deve reter e valorizar?

1- Planejadores

O planejamento é algo importante em diversas áreas de um negócio. Da sua abertura, funcionamento diário, criação de estratégias, entre tantos outros momentos, essa ferramenta é fundamental para que a empresa chegue em algum lugar.

E é importante ter colaboradores que sejam bons em planejamento. Eles são organizados e têm visão de futuro, ajudando a organização a construir um caminho para o sucesso. 

Geralmente esse tipo de profissional tem um perfil mais conservador e com dificuldade de lidar com mudanças e imprevistos. O RH e empresa devem levar isso em consideração na hora de se relacionar com este colaborador. 

2- Executores

Porém, não adianta investir esforços e horas para planejar e nunca agir. Por isso é importante contar com a presença de profissionais que saibam tirar as ideias do papel e colocá-las para funcionar. 

Esse colaborador costuma ser proativo e seguro de si. No entanto, é preciso ficar atento para que suas ações passem por um planejamento antes, que o excesso de confiança não se torne prejudicial a equipe e que ele não se frustre de forma pessoal caso suas contribuições não sejam aceitas. 

3- Líderes

São os profissionais que chamam a responsabilidade para si, sabem lidar com as pessoas, organizam as equipes e inspiram seus colegas. Não há como ter uma empresa de sucesso sem contar com talentos que façam esse papel com excelência. 

Não é qualquer profissional, mesmo que tecnicamente primoroso, que consegue assumir essa função e postura, ainda mais por ser um cargo extremamente exigente também nas habilidades sociais do colaborador. 

Por seu grau de importância dentro de cada grupo, é importante investir em um treinamento de lideranças para esses profissionais, a fim de que se tornem gestores verdadeiramente eficientes e inspiradores. 

4- Comunicadores

São os profissionais com alta habilidade de organizar e transmitir ideias e conhecimentos para as pessoas ao seu redor. Eles costumam ter boas habilidades para persuadir e motivar os colegas, porém podem ter dificuldades com questões relacionadas ao planejamento e organização de ações concretas. 

Eles são importantes tanto considerando o público interno — sabendo alinhar as informações dentro das equipes — quanto no externo, divulgando a imagem da empresa e seus produtos/serviços com eficiência para que cheguem aos clientes em potencial. 

5- Conectores

São os profissionais que sabem atrair as pessoas para seus projetos e lidar com talentos das mais diversas áreas e experiências. Sabem ser sociáveis e guiar os outros para atingirem os objetivos da empresa. Todo grupo precisa de um conector, que irá ligar todos os talentos às propostas da dinâmica. 

6- Inovadores

A inovação é uma qualidade que vem ganhando cada vez mais destaque no mundo empresarial e não é à toa: com sua ajuda várias empresas fizeram sua fama e se mantém no topo de seus segmentos. 

Mas esta postura começa ao valorizar essa habilidade em seus colaboradores. O tipo de profissional inovador é aquele que consegue pensar em soluções criativas para resolver problemas e encontrar oportunidades. 


A empresa precisa dar liberdade e autonomia para este tipo de profissional brilhar. No entanto, este talento deve ter um bom senso de responsabilidade para assumir as eventuais falhas que são naturais em todo processo de inovação.

Valorize e Retenha os Talentos

Toda empresa precisa de colaboradores eficientes e motivados para ter um bom desempenho. Mas, cada um tem o seu papel na dinâmica: é a soma de suas qualidades e complementos que torna a equipe mais forte e capaz de alcançar resultados incríveis. 

Imagine um grupo contando com:

1- Planejadores

2- Executores

3- Líderes

4- Comunicadores

5- Conectores

6- Inovadores

Sucesso, não? Estes 6 tipos de profissionais são fundamentais para ter uma dinâmica saudável dentro da empresa. No entanto, além de contratar ou identificar e treinar os colaboradores que possuem estes perfis, é preciso montar estratégias para que eles permaneçam na organização.

É possível investir em ações diversas para aumentar a motivação dos funcionários: como treinamentos para investir em sua educação; recompensas para que eles se sintam valorizados; capacitação dos líderes para que saibam lidar melhor com seus colaboradores; entre outras ideias. 

E, além da motivação, um elemento central para reter os talentos é fortalecer o seu engajamento com a empresa. Esse sentimento de pertença ajuda-os a vestir a camisa, lutar pelo seu sucesso e permanecer mesmo nos momentos mais desafiadores. 

Quer saber estimular este sentimento na equipe? Confira nosso artigo Entenda o que é o engajamento profissional e como despertá-lo em seus funcionários!