Os benefícios de se adotar jogos nos processos de aprendizagem vem impulsionando o uso da gamificação na educação. Essas duas estratégias têm características diferentes, porém ambas usam os elementos lúdicos para melhorar o aprendizado de estudantes de todas as idades. 

Descubra como combinar gamificação e educação é uma ótima ideia para aumentar o engajamento dos estudantes de sua instituição de ensino!

O Uso dos Jogos na Educação

Se antigamente os jogos eram vistos apenas como um descanso ou enrolação durante a aula, atualmente diversas instituições de ensino no mundo estão mudando esta ideia equivocada ao usar essa dinâmica em sua realidade, melhorando seus resultados educacionais. 

De acordo com a teoria Octalysis, os jogos são atividades que naturalmente despertam a motivação das pessoas. Elas são impulsionadas a realizar determinadas ações por conta do elementos que compõem esta dinâmica e, no caso da educação, estimulam a busca por conhecimento.

Os jogos pedagógicos vêm sendo adotados em diferentes disciplinas e com estudantes de variadas faixas etárias, oferecendo uma experiência mais dinâmica e engajadora de aprendizado. Essa metodologia ajuda a quebrar a monotonia das aulas expositivas e a dar uma cara mais prática as questões teóricas abordadas na sala. 

Além disso, os jogos pedagógicos — ainda mais considerando o ensino infantil — ajudam no desenvolvimento cognitivo, da noção espacial, vocabulário, raciocínio lógico e criatividade dos alunos, contribuindo para uma formação mais completa. 

No entanto, o uso desse tipo de atividade é apenas uma das opções para adotar o lúdico em sala de aula.

Gamificação e Educação: como funciona esta parceria?

Outra estratégia que usa o melhor dos jogos para melhorar a aprendizagem é a gamificação. Esta ferramenta vem ganhando espaço em diversas áreas — da saúde, política, negócios a educação — nas últimas décadas, gerando resultados impressionantes.

A gamificação é uma metodologia que usa elementos e lógica dos jogos em contextos que não se resumem ao entretenimento. Recursos como storytelling, missões e pontuações são aplicados em uma atividade para motivar as pessoas a realizarem ações ou desenvolverem comportamentos que tragam impactos concretos positivos em suas vidas. 

Na educação a gamificação pode contribuir para oferecer uma experiência imersiva e interativa de aprendizagem, aumentando a motivação dos estudantes e o seu engajamento com as aulas. 

Essa metodologia tem a capacidade de tornar temas complexos em informações mais fáceis de serem assimiladas pelos estudantes, ajudando assim a melhorar sua aprendizagem e domínio de assuntos mais desafiadores. 

Apesar de usar elementos comuns, a gamificação não é a mesma coisa que um jogo, mesmo que pedagógico: a gamification parte do ponto da realidade, em vez de “se passar” em um universo puramente ficcional como ocorre mais na segunda metodologia.

Além disso, a gamificação é uma estratégia completa, que traz mais resultados ao ser adotada de forma contínua — não isoladamente como muitas instituições de ensino aplicam os jogos. E são vários os benefícios que esta metodologia pode gerar no aprendizado:

Motivação e Engajamento

A gamificação é uma metodologia que leva em consideração áreas científicas como neurologia, psicologia e antropologia. Por isso sua dinâmica é desenvolvida de forma a despertar a motivação dos usuários a realizarem as atividades propostas — neste caso estudar. 

Os elementos lúdicos ajudam a engajar os estudantes, estimulando-os a cumprir as missões da dinâmica ao mesmo tempo em que são expostos aos conteúdos educativos. Em vez de apenas escutar e copiar o que o professor indica, eles terão uma postura mais ativa no processo de aprendizagem

Tudo isso contribui para reduzir os índices de abstenção e desistência nos estudos e a melhorar os de aprendizado.  

Fortalecimento dos Conhecimentos

O lado lúdico também ajuda na fixação dos conteúdos na memória dos estudantes ao associar as informações a estímulos positivos. Além disso, a gamificação possibilita tornar mais prático o que foi aprendido nas aulas teóricas, aproximando os temas à vida dos alunos. 

Assim, eles não se esquecerão tão facilmente dos conhecimentos adquiridos em sala, assimilando mais informações e tendo melhor resultados nas avaliações. 

Dados Estratégicos

A versão eletrônica da gamificação ainda oferece outra vantagem: as plataformas coletam e organizam os dados do desempenho dos estudantes nas atividades e oferecem relatórios detalhados sobre sua performance. Isso permite com que instrutores e equipe pedagógica tenham informações importantes, como os assuntos que estão sendo menos assimilados e os temas que estão tendo bons resultados, para aprimorar toda estratégia —- isso de forma prática e ágil.  

Adotar a versão eletrônica também contribui para o engajamento dos estudantes, já familiarizados com a tecnologia, oferecendo uma experiência conectada com suas vivências e sem ignorar os avanços da modernidade. 

Flexibilidade e Autonomia

As atividades trabalhadas nas plataformas gamificadas podem ser consultadas a qualquer hora e de qualquer lugar, assim como no EAD. Os estudantes conseguem fazer as tarefas nos momentos que mais lhe forem convenientes, dando maior liberdade e flexibilidade de estudo.

E, por ser uma metodologia ativa, a gamificação também incentiva a autonomia dos estudantes e oferece um ambiente em que os erros são aceitos — o que estimula o esforço, em vez de inibí-lo. 

Assim, a gamificação contribui para melhorar os resultados dos estudantes, tudo de forma mais dinâmica e engajadora. 

Gamificação e Educação: uma parceria de sucesso

Usar jogos na educação é uma ótima estratégia para tornar as aulas mais engajadoras. Os elementos lúdicos ajudam a quebrar a monotonia do estilo expositivo e a trazer conhecimentos teóricos a um plano mais prático, facilitando o entendimento dos estudantes.

Porém, é possível adotar uma estratégia similar e de forma completa para gerar ainda mais resultados: a gamificação! Essa metodologia oferece uma experiência imersiva e interativa de aprendizado, aumentando a motivação nos estudos e ajudando a fixação dos conhecimentos.

As plataformas gamificadas ainda possibilitam um acompanhamento mais próximo do desempenho geral e individual dos estudantes, gerando relatórios detalhados de suas atividades de forma ágil e prática. 

Mas, para conseguir esses bons resultados, é importante contar com uma empresa parceira para desenvolver uma plataforma verdadeiramente engajadora e eficiente para seus alunos. 
Descubra o que a gamificação pode fazer por seus alunos! Conheça o Ludos Pro e aproveite o melhor desta estratégia na sua instituição de ensino.