A gestão estratégica de pessoas é parte da responsabilidade de uma organização e está diretamente interligada à vantagem competitiva que ela dispõe. Isso porque os colaboradores são os ativos mais valiosos das instituições. Logo, a empresa que reconhece isso e desenvolve planos para a gestão e o desenvolvimento de seus colaboradores, possui de grandes chances de obter os resultados esperados e se destacar no mercado.

O que você vai ver neste artigo:

Mas para que a gestão estratégica de pessoas traga resultados, ela precisa ser feita de forma certeira, considerando e incluindo os principais pilares que envolvem esse tipo de gestão. Por isso, se a gestão estratégica já é parte da realidade da sua empresa ou você pretende implementar esse processo a partir de agora, este artigo é para você!

Nele, você entenderá o que exatamente envolve uma gestão estratégica de pessoas, qual a sua importância para uma instituição e, ainda, vai descobrir quais pilares estão interligados nesse tipo de ação. Portanto, se tem interesse sobre o assunto, é só prosseguir com a leitura dos próximos parágrafos.

O que é gestão estratégica de pessoas?

Gestão estratégica de pessoas é um conjunto de práticas que possibilita impulsionar talentos e competências na organização com objetivo de incentivar a produtividade e o desenvolvimento profissional no ambiente de trabalho. 

Em outras palavras, a gestão estratégica visa gerenciar os profissionais para que eles alcancem seu potencial máximo e, como consequência, atinjam as metas da empresa e, ao mesmo tempo, continuem comprometidos com suas práticas.

Para que isso seja possível, a área de gestão estratégica de pessoas desenvolve um trabalho baseado na busca de talentos compatíveis com a cultura da empresa; treinamento e desenvolvimento dos colaboradores já contratados; retenção de talentos; recompensas e avaliação de desempenho.

Pode-se dizer, portanto, que o papel da gestão estratégica de pessoas é integrar todos os profissionais à empresa e auxiliar no processo de desenvolvimento da empresa, visando implementar as melhores soluções de capacitação e engajamento no ambiente corporativo.

Objetivos da gestão estratégica de pessoas

São vários os objetivos da gestão estratégica de pessoas. Listamos os principais deles para você conhecer. Sendo:

  • Se certificar que os profissionais estejam desenvolvendo todo o seu potencial;
  • Desenvolver lideranças;
  • Alinhar objetivos da empresa com as metas dos colaboradores;
  • Identificar necessidade de treinamento e desenvolvimento;
  • Mapear níveis de engajamento e motivação;
  • Cuidar do ambiente corporativo para que ele seja o mais humanitário possível;
  • Gerar feedbacks e avaliação de desempenho que contribuam para o desenvolvimento da organização;
  • Criar campanhas de incentivos;
  • Desenvolver uma cultura empresarial efetiva;
  • Garantir que o fit cultural seja priorizado na hora da aquisição de novos talentos;
  • Aprimorar a comunicação interna da empresa.

7 pilares da gestão de pessoas que toda empresa deve implementar

Veja os principais pilares que sustentam a disciplina organizacional.

1. Engajamento

O engajamento é responsável por motivar a equipe a alcançar os resultados objetivados pela empresa, por isso é considerado um dos pilares da gestão estratégica de pessoas.

Para promover motivação no ambiente de trabalho, a empresa precisa compreender as necessidades de seus colaboradores através de pesquisas de satisfação e entrevista, por exemplo. Após isso, conforme as necessidades identificadas, a empresa pode desenvolver um plano de recompensa e incentivo para essas preferências que foram reveladas pelos colaboradores.

Mas esse trabalho só se torna efetivo quando a empresa deixa clara as metas de cada equipe e como o trabalho de cada colaborador impacta no sucesso da organização, evidenciando que essa prática é muito mais do que uma estratégia, mas uma forma de reconhecer os colaboradores.

2. Comunicação

A comunicação possibilita o acesso a informações e estreita o relacionamento entre profissionais e equipes. Ela também possibilita a implementação de uma cultura de diálogo aberto, principalmente quando a empresa abre oportunidades para isso, promovendo redes sociais corporativas, softwares colaboradores ou outras ferramentas de gestão que visam integrar pessoas.

3. Treinamento e desenvolvimento

Os treinamentos e desenvolvimento são essenciais para promover o aprendizado de novas habilidades e competências ou mesmo aperfeiçoá-las. Nos dias atuais, eles podem ser aplicados on-line ou presencialmente, contemplar formatos como podcast, apostilas e vídeos, serem trabalhados a partir de diversas metodologias. 

As grandes tendências de treinamento e desenvolvimento para o âmbito corporativo, atualmente são: Coaching, Troca de papéis e Gamificação.

4. Aquisição e retenção de talentos

O processo de aquisição e retenção de talentos garante que a empresa disponha de profissionais que estejam alinhados com as competências e habilidades e, de igual importância, com a cultura da organização. Além de possibilitar que eles permaneçam na empresa.

Esse pilar da gestão estratégica de pessoas é muito importante para uma empresa porque com o cenário atual, os talentos da instituição são os bens mais preciosos, sendo essencial não somente atrair talentos, mas também mantê-los.

5. Processos

Os processos empresariais devem ser claros e bem definidos para que a empresa funcione em toda a sua potência e para que a gestão de pessoas aconteça, pois as atividades de diferentes setores se conectam e impactam umas às outras. 

Assim, desenvolver processos que estejam de acordo com os objetivos estabelecidos pela empresa, definir metas e responsáveis por cada etapa e acompanhar a realização do plano de ação são práticas que impactam positivamente na gestão de pessoas.

6. Liderança

O líder é o principal responsável por gerar motivação nos funcionários. Ele precisa saber ouvir, dar feedbacks, resolver possíveis conflitos e se posicionar como mentor que se importa com seus liderados.

7. Trabalho em equipe

O trabalho em equipe é considerado um dos pilares da gestão estratégica de pessoas porque uma organização é composta por diversas áreas e com diferentes pessoas cujas atividades dependem umas das outras, sendo crucial um bom trabalho de gestão comportamental para que as práticas sejam realizadas de forma efetiva.

Gostou deste conteúdo sobre gestão estratégica de pessoas? Assine nossa newsletter para receber em primeira mão mais informações enriquecedoras, assim como essa.

teste-gratis-por-7-dias