Os indicadores de capacidade são métricas desenvolvidas para medir o potencial de produção da empresa, equipes e colaboradores, ajudando a avaliar seu desempenho e competitividade no mercado. 

O que você vai ver neste artigo:

Infelizmente, muitos ainda não sabem como usar essa ferramenta em seus negócios. Descubra neste artigo o que são e como aproveitar os indicadores de capacidade na empresa!

O que são os Indicadores de Capacidade?

Uma empresa que não produz o suficiente e com qualidade dificilmente consegue se manter no mercado. Todo negócio precisa se atentar aos seus números para não só cobrir as despesas, como ter caixa para investir e fortalecer sua competitividade. 

Para isso, é importante definir e acompanhar metas e métricas de desempenho de diversas áreas, avaliando sua produtividade, qualidade, estratégias e ações para aprimorá-los e ter melhores resultados nos negócios. Entre tantas opções de controle, existem os indicadores de capacidade. 

Basicamente, eles são ferramentas para medir quanto a empresa, equipes e colaboradores são capazes de produzir em determinado período de tempo. Essa métrica ajuda os gestores a entender o potencial dos processos produtivos e, ao mesmo tempo, identificar limitações nas operações e trabalhos. 

Acompanhar esse medidor é uma forma de verificar se a empresa tem eficiência ou não, além de ajudar a analisar sua posição no mercado, ainda mais quando aliado à adoção de indicadores de competitividade

No entanto, para o sucesso da empresa ocorrer, não adianta focar somente na produção em larga escala, pensando apenas nos números, e descuidar da qualidade e experiência do cliente. Se a entrega final não for satisfatória, as pessoas irão se frustrar e provavelmente deixarão de comprar da marca. 

Por isso, também é importante acompanhar essa métrica de capacidade junto com outras voltadas à qualidade, para verificar se a empresa é eficiente ou não. Assim, além de números, o negócio irá fortalecer seu espaço no mercado por meio da satisfação do público-alvo. 

Entender o potencial da empresa e de tudo que a envolve — processos, colaboradores, entre outros fatores — é o primeiro passo para explorar suas forças e avançar no ambiente de negócios. Mas existem mais motivos para se adotar os indicadores de capacidade. 

Importância dos Indicadores de Capacidade

Adotar essa métrica pode ser fundamental para diagnosticar problemas nos processos produtivos da empresa. Além disso, os indicadores de capacidade também ajudam a:

Avaliar a competitividade da empresa

Toda empresa precisa produzir e explorar seu potencial para garantir espaço no mercado. Somente assim é possível aumentar as vendas e o lucro da organização. Mas, também é importante estar de olho e comparar sua situação com a concorrência para descobrir se ela é competitiva ou não. 

Um negócio competitivo consegue se manter no mercado, batendo de frente com os concorrentes na disputa pela preferência dos clientes. 

Otimizar os processos

Saber o potencial da empresa e de seus processos e colaboradores é um passo importante para otimizar o trabalho e operações e extrair o melhor de cada recurso e profissional. Os indicadores de capacidade ajudam nessa questão e também a identificar falhas nas dinâmicas, possibilitando a adoção de medidas para melhorar os resultados. 

Além disso, saber quanto tempo realmente leva para terminar a produção é fundamental para oferecer um prazo realista ao cliente e não frustrá-lo caso haja atrasos na entrega. Assim, os compradores estarão mais satisfeitos com a empresa e seus serviços. 

Definir metas e objetivos realistas

Uma armadilha que ocorre em muitas organizações é definir objetivos e metas que não correspondam à realidade. Esse tipo de situação pode iludir os gestores a imaginar um cenário mais positivo para a empresa do que realmente existe e, quando a verdade se impor, não só quebrar as expectativas, como oferecer riscos ao planejamento — inclusive financeiro — e ao engajamento dos colaboradores. Afinal, quando os alvos não são alcançados ou se já se sabe que eles são impossíveis, toda equipe se desmotiva. 

O contrário também é prejudicial: quando os objetivos e metas são abaixo do que o negócio pode oferecer, há um mar de oportunidades inexploradas e recursos desperdiçados. Imagine isso ocorrendo na sua empresa — quanto seria mais fácil e lucrativo descobrir que se pode produzir mais do que atualmente?

Esses e outros benefícios mostram como implementar os indicadores de capacidade é um bom negócio. No entanto, mesmo assim muitos ainda não sabem como aplicá-los na empresa. 

PROFISSIONAIS-DO-FUTURO

Como usar os Indicadores de Capacidade

Existem vários elementos que podem fazer parte do conjunto de métricas para avaliar o potencial da empresa. Alguns exemplos de indicadores de capacidade são: 

  • Total de atendimentos por dia/semana/mês
  • Total de atendimentos por colaborador
  • Quantidade de produtos feitos por hora/dia/mês
  • Quantidade de mercadorias entregues no dia/semana/mês

Ou seja, tudo aquilo que quantifique o resultado de determinado processo, em um período de tempo definido, pode ser uma métrica de capacidade. 

Mas, nada adianta medir o desempenho dos funcionários, empresa e de todos os processos e não saber o que fazer com esses números. Um dado não serve para nada se ele não trazer uma informação que possa gerar transformações na prática. 

Por isso, dois pontos são importantes nessa questão: primeiro, é necessário refletir sobre cada objeto da avaliação para saber se merece ou não esse controle. Imagine acompanhar uma métrica que, no fim das contas, não trará impactos ou revelações relevantes para a empresa — seria um desperdício de esforços, recursos e tempo.

Segundo, após o diagnóstico é fundamental agir para transformar a situação que precisa de aprimoramento. Isso significa investir em estratégias para corrigir problemas, incentivar mudanças positivas e obter resultados melhores. 

Em relação à capacidade, são vários os elementos que podem ser trabalhados para gerar mais resultados. Algumas ações para melhorar essa situação são: 

  • Incentivar uma postura de proatividade no trabalho para extrair o melhor dos colaboradores; 
  • Oferecer mais liberdade e autonomia para a equipe;
  • Investir em treinamentos corporativos e ações de desenvolvimento de pessoas; 
  • Realizar ações para melhorar o clima organizacional; 
  • Investir em ferramentas tecnológicas para otimizar processos e reduzir erros e custos;
  • Investir em equipamentos e ferramentas melhores, otimizando diversas operações e departamentos;
  • Investir em qualidade a cada etapa;
  • Investir em planejamento; 
  • Realizar avaliações de desempenho — seja individuais ou contemplando a empresa como um todo, tal qual a 360º.

Adotar indicadores é fundamental para diagnosticar a situação do negócio, descobrir falhas, identificar pontos fortes e, ao transformar essas questões, melhorar os resultados da empresa. 

Quer saber mais sobre como explorar as métricas em favor da sua organização? Crie uma árvore de indicadores em 5 passos e colha os frutos!

teste-gratis-por-7-dias
O que são os Indicadores de Capacidade?

Eles são ferramentas para medir quanto a empresa, equipes e colaboradores são capazes de produzir em determinado período de tempo.