Job rotation é considerado uma prática para capacitar e engajar os colaboradores, uma nova alternativa aos treinamentos e capacitações tradicionais. Ele tem como finalidade gerar experiência de aprendizagem que amplie conhecimento e promover maior interação entre os colaboradores. 

Atualmente, um dos maiores desafios que as empresas lidam, é engajar alinhar os colaboradores e essa é uma característica fundamental para o sucesso empresarial.

Como sucesso é a palavra-chave mais desejada pelos empreendedores, é comum de uma empresa investir em treinamentos e capacitação de seus colaboradores para alcançar esse objetivo. 

Mas outros recursos têm surgido como alternativa para o desenvolvimento profissional dos colaboradores. O job rotation é uma opção de grande aposta pelas instituições para substituir os treinamentos tradicionais.

Descubra como o job rotation pode mudar a dinâmica de treinamento dos funcionários de sua empresa, proporcionar maior engajamento e potencializar a cultura de sua empresa, garantindo que seus resultados aumentem.

O que é job rotation

O termo job rotation surgiu na língua inglesa e em uma tradução literal significa rotação de trabalho. É uma metodologia voltada ao treinamento e qualificação profissional que visa mudar a dinâmica de trabalho dos colaboradores da empresa. Nele um colaborador atua por um determinado tempo, em diversas áreas.

Dessa forma, o profissional de tempos em tempos rotaciona nas diversas áreas que a empresa proporciona, ao invés de atuar somente em uma única função.

Em outras palavras, o job rotation proporciona ao profissional a possibilidade de estar em movimento constante e, ainda, a chance de se desenvolver profissionalmente de maneira diferente, mas eficaz. 

Esse modelo de treinamento é bastante utilizado pelas grandes empresas em seus programas de estágio e trainee, para auxiliar na escolha de carreiras dos estudantes, porém a metodologia não necessariamente precisa se limitar a essas possibilidades, ela também pode ser trabalhada com os demais funcionários da empresa, visto que pode agregar em ambas situações.

Finalidade do job rotation

A principal finalidade desse tipo de ação é desencadear no colaborador uma perspectiva macro sobre a empresa e como ela atua no mercado. 

Construir essa percepção no colaborador é fundamental para que ele entenda o funcionamento da empresa como um todo, para que ele crie um senso de importância de todas as áreas, valorize e apoie o trabalho dos demais colegas.

Outro objetivo que pode ser alcançado no job rotation é o de transformar colaboradores em verdadeiros fãs da marca.

Quando o funcionário passa a descobrir melhor sobre a empresa que atua, há uma tendência maior dele admirar o propósito dela no mercado e se sentir parte do que está sendo construído.

Portanto, se preocupar em formar fãs da marca significa ser representado e defendido em quaisquer circunstâncias, além de ter funcionários mais ativos e dispostos. 

Por que o job rotation engaja os colaboradores

Você pôde observar que o job rotation é um processo idealizado para os funcionários e ele tem como objetivo proporcionar aperfeiçoamento profissional e engajar os colaboradores, mas de maneira diferente com que estamos acostumados, por meio da rotação de profissionais. 

De carácter educacional, essa metodologia que possibilita ao funcionário vivenciar a rotina de diferentes áreas, engaja os funcionários porque eles saem daquela rotina convencional. Nesse novo contato, ele se vê conectado com pessoas de outras áreas e com talentos diferentes, melhorando, assim, seu networking.

Benefícios do job rotation

Construir um time alinhado garante melhores resultados e eleva consideravelmente o valor de uma empresa aos clientes e funcionários. Portanto, o job rotation, de modo geral, proporciona os seguintes benefícios:

  • Engajamento dos funcionários;
  • Maior relacionamento entre colaborador e empresa;
  • Profissionais mais multifuncionais;
  • Ganho de produtividade;
  • Menos gastos com qualificação profissional dos colaboradores;
  • Melhores resultados.

Que o job rotation é uma tendência que chegou para mudar a maneira com que treinamentos são feitos agora já é possível compreender. Mas você ainda tem dúvidas de como ele seria na prática?

Job rotation na prática

Agora que possui uma base acerca do conceito de job rotation, sua finalidade e porque ele pode ser uma ferramenta de engajamento dentro de sua empresa, é importante que saiba como implementá-lo.

Essa responsabilidade deve ser direcionada aos gestores, RH ou mesmo funcionários, que precisam desenvolver um plano de ação.

Nesse documento é importante que haja a descrição das maiores dificuldades de cada área e a definição de um possível grupo que trabalhar em cima daquela necessidade. 

Depois de diagnosticar esses aspectos, é importante estabelecer a rota que cada colaborador irá traçar. É importante que a operação não seja feita em larga escala, porque demandaria de muita organização para efetivar a ideia. 

Quanto ao período também fica a critério da instituição. O segmento de sua empresa, a estrutura, quais as necessidades, tudo irá influenciar na maneira que o job rotation pode ser desenvolvido. 

O job rotation é processo de mudança que, portanto, deve haver uma preparação tanto para a empresa quanto aos profissionais que irão participar. Por isso, é importante implementar reuniões periódicas que permitam analisar todos esses fatores determinantes ao funcionamento do processo e, ainda, analisar relatórios que promovam a reflexão dessa experiência, bem como avalie o alcance dos resultados esperados. 

Mas, de modo geral, a execução do job rotation não é difícil, mas demanda uma estrutura bem definida do projeto. É imprescindível estabelecer prazo, áreas que irão participar e necessidades.

Por fim, cabe dizer que investir no job rotation significa investir na construção de sua empresa e no aperfeiçoamento de seus profissionais, sendo, portanto, uma ferramenta de grande importância no mercado. 

Outra tendência para engajar e treinar os colaboradores, utilizada por grandes corporações como Vivo, Sicredi, Microsoft e Santander é a gamificação.

Um ambiente lúdico e motivador que tem se mostrado uma ferramenta com grande potencial para desenvolver competências e habilidades específicas do ambiente de trabalho. 

Confira sobre essa nova forma de aprendizagem que garante até 80% mais de engajamento dos funcionários. Leia o artigo: O que é Gamificação? Conheça esta tendência de aprendizagem e descubra tudo o que você precisa saber sobre.