Ludos Pro

Plataforma de aprendizagem corporativa

Português PT

Nunca a importância do EAD no Brasil esteve tão em evidência. Essa tecnologia permitiu com que pessoas que, por diversos motivos, estavam distantes dos estudos tivessem a oportunidade de se formar e aumentar sua gama de conhecimentos, melhorando assim sua vida profissional e pessoal. 

Descubra como EAD tornou mais democrática a busca por conhecimento e como usá-lo ao seu favor nas empresas e instituições de ensino. 

A Importância do EAD nos Dias de Hoje

Vendo a quantidade de cursos em ensino a distância é fácil se esquecer de como a criação e popularização desta modalidade mudou o cenário da educação: antes milhões de pessoas acabavam ficando à margem do conhecimento por uma série de fatores, que as impediam de estudar no modelo presencial. 

Com certeza você já conheceu alguém que vive alguma destas situações: 

  • Um jovem que interrompeu os estudos para trabalhar;
  • Alguém que vive em um lugar com déficit de profissionais de educação; 
  • Uma mãe de bebê ou criança pequena, que não tem condições de deixá-la na creche ou não tem algum conhecido para cuidar dela por algumas horas;
  • Uma pessoa que precisa cuidar de alguém dependendente (como idoso, por exemplo) e também não possui conhecidos para cuidar dele por um momento;
  • Um trabalhador que não tem horários de descanso compatíveis com os das instituições de ensino;
  • Ou então cuja jornada demanda muito tempo e energia, não conseguindo ter disposição para sair do trabalho e ir direto para uma instituição de ensino presencial.

Em todos estes casos as condições de vida e rotina não favorecem os estudos, por mais que exista o desejo genuíno de buscar conhecimento. Seja por limitações físicas, temporais ou outras, estas pessoas dificilmente conseguiriam acompanhar aulas presenciais, mesmo que em horários alternativos. 

Mas estas realidades puderam ser mudadas com o EAD: as facilidades e flexibilidades que o ensino a distância trouxe permitiram que milhões de pessoas voltassem ou investissem mais em seus estudos, tornando o conhecimento mais democrático. Isso ocorreu em diversos contextos: tanto no ensino formal, de diferentes idades, ao empresarial.

E tudo foi possível graças à diversas tecnologias e características do EAD:

Flexibilidade

No EAD é possível acessar conteúdos educacionais a qualquer hora do dia e em qualquer lugar: basta ter acesso a internet e voilá! É possível estudar no ônibus a caminho do trabalho; na hora do almoço; quando o bebê está dormindo… ou seja, sempre quando as tarefas da rotina dão uma trégua. 

Assim milhões de pessoas conseguiram estudar mesmo com vidas corridas, aprendendo um pouco mais a cada dia, respeitando o seu ritmo e horários. Essa flexibilidade foi fundamental para tornar o EAD um modelo de ensino mais acessível.  

Custo baixo 

Além da flexibilidade de horários, outro fator que tornou o EAD mais democrático em comparação ao ensino presencial é que geralmente esta modalidade demanda menos investimento financeiro tanto dos estudantes, quanto para as instituições de ensino ou empresas que o adotam. 

Por não estar atrelado a gastos normais ao modelo presencial, como deslocamento e espaço físico, o ensino a distância pode oferecer conteúdos educativos a um valor mais acessível do que muitos cursos presenciais. 

Estímulos variados

Outra questão que o EAD contempla em relação a democratização é a possibilidade de usar diversos tipos de recursos para passar conhecimento. E-books, infográficos interativos, podcasts, vídeos e gamificação são alguns formatos que ajudam a tornar a experiência de aprendizado mais rica e engajadora.

Essa diversidade de recursos pode ajudar pessoas com diferentes estilos de aprendizagem a melhorarem sua retenção das informações, pois não se concentram apenas em uma forma de transmitir o conhecimento.

Além disso, esta variedade também contribui para aumentar o engajamento dos estudantes, capturando e retendo mais a sua atenção — em comparação ao tradicional estilo expositivo do modelo presencial — e melhorando assim sua aprendizagem. 

Inovação na educação

No caso das empresas e instituições de ensino, adotar o EAD pode trazer a vantagem de aproveitar o melhor das tecnologias atuais para modernizar os processos de ensino. Assim estas organizações têm uma opção inovadora e que exige um relativo baixo investimento para fortalecer suas estratégias de educação. 

Esse modelo ainda pode facilitar a vida da equipe pedagógica, RH, professores, instrutores e outros responsáveis pela estratégia ao coletar e exibir de forma prática as informações do desempenho dos estudantes. Assim, é revelado com maior agilidade como anda o aprendizado, quais conhecimentos precisam ser reforçados e quais estão sendo bem assimilados, por exemplo. 

Todas estas características contribuem, de uma forma ou outra, para destacar a importância do EAD nos dias de hoje, ajudando a democratizar a disseminação e busca por conhecimento. No entanto, para que esta estratégia atinja seus objetivos, é preciso estar atento a algumas questões. 

Como usar o EAD na Empresa e Instituição de Ensino

Adotar o ensino a distância pode ser uma ótima ideia para modernizar a educação — seja formal ou empresarial. Porém, assim como toda estratégia, é fundamental ter um bom planejamento por trás: saber e não perder o foco dos objetivos da ação; conhecer o público-alvo; escolher a metodologia mais adequada a realidade, além de ter mecanismos de avaliação e aprimoramento de todo processo. 

Não adianta implementar o EAD sem ter essa base de estudo e preparação. Caso contrário, a estratégia não irá trazer os resultados desejados e poderá frustrar todos os envolvidos, gerando um desperdício de esforços e investimento. 

Uma das questões que também é preciso considerar é o nível de familiaridade do público-alvo com EAD e tecnologia em geral. Uma ideia para acostumar os estudantes é implementando métodos como o blended learning, que une o melhor do presencial com as possibilidades do ensino a distância. 

Outra ideia importante de ser considerada é aliar o EAD com outras estratégias para ter resultados ainda melhores, como a gamificação. Esta metodologia usa elementos comuns aos jogos como estímulo para as pessoas realizarem tarefas que não são tão engajadoras — como muitas vezes é estudar.  Assim, cria-se uma experiência imersiva e interativa de aprendizado, mais motivadora e eficiente. 

Saiba mais sobre este método com o nosso artigo O que é Gamificação? Conheça esta tendência de aprendizagem!

Fale com um consultor

Preencha os campos abaixo e receba o contato de um especialista.

X
Imagem semi-disco Imagem triângulo

Obrigado!

Entraremos em contato o mais breve possível