Assiduidade no trabalho tem a ver com o comprometimento de um colaborador com suas tarefas e entregas. Um profissional assíduo, basicamente, carrega sentimento de dono e cumpre com seus compromissos de forma constante.

Com a crescente competitividade no mercado, empresas com colaboradores engajados de forma assídua, se destacam de seus concorrentes porque dispõem de uma equipe de alta performance, uma das características chave para gerar autoridade e, consequentemente, garantir valorização da marca para com os clientes e para com o mercado em geral.

Venha explorar mais sobre como se dá a assiduidade dos colaboradores no ambiente de trabalho e ainda descobrir práticas diárias que você pode trabalhar a fim de conquistar a melhor equipe, de modo que ela seja seu diferencial no mercado.

O que é ser um profissional assíduo?

Assiduidade é um termo que vem do latim e significa consistência, constância e frequência. Isso significa que, uma pessoa assídua realiza suas tarefas e obtém um desempenho confiável e consistente ao cumpri-las.

No trabalho, um colaborador assíduo é aquele que está sempre motivado em frequentar o ambiente de trabalho e comprometido com suas responsabilidades, pois ele vê como uma oportunidade para colocar em prática suas habilidades e competências e crescer, tanto em termos profissionais como pessoais.

É comum relacionar um profissional assíduo com aquele indivíduo que é sempre pontual, mas não necessariamente uma pessoa que dispõe de assiduidade no trabalho é de fato pontual. 

Mas os dois termos andam juntos, visto que quando o colaborador veste a camisa de dono, ele passa a dispor de uma atitude semelhante, sendo, por exemplo, pontual em seus compromissos para com a empresa. Neste sentido, a pontualidade pode ser vista como parte da assiduidade, característica de um colaborador que sabe a importância e valoriza os compromissos que assumiu.

Por que é importante fomentar a assiduidade dos colaboradores?

A assiduidade é uma característica interligada diretamente ao profissionalismo de um colaborador, pois diz respeito a consistência de resultados, confiança, responsabilidade e, até mesmo, de pontualidade.

Se uma empresa é composta por capital humano, isso significa que ela depende de seus colaboradores para funcionar. E não há corporação que consiga prosperar em seus negócios sem que seus colaboradores apresentem as características que profissionais assíduos dispõem.

Portanto, a assiduidade dos colaboradores no trabalho permite que:

  • as atividades sejam desempenhadas;
  • haja aumento de responsabilidade;
  • evita a estagnação de carreira;
  • haja a motivação dos funcionários;
  • e haja aumento de confiança entre gestores e os demais profissionais;

Como fomentar a assiduidade dos colaboradores?

Antes de colocar qualquer plano para fomentar a assiduidade dos colaboradores em ação, se faz necessário conhecer o comportamento dos funcionários e mapear circunstâncias e possíveis problemáticas relacionadas à essa questão. 

É possível ter uma compreensão melhor sobre como anda o nível de assiduidade dos colaboradores, calculando e monitorando a taxa de absenteísmo. Mas lembre-se, essa é apenas uma das alternativas disponíveis para mensurar a situação de sua corporação.

A partir do resultado, você saberá se enfrenta grandes problemas com faltas ou atrasos de colaboradores, o que significa que a assiduidade precisa ser trabalhada na sua empresa. Com os resultados em mãos, você terá ideia de quais ações poderá tomar para sanar essa possível problemática. 

Uma das maneiras para fomentar a assiduidade dos colaboradores no trabalho, é criando o chamado adicional de assiduidade, que, em resumo, é uma bonificação para os funcionários que apresentam comprometimento em suas atividades e baixos níveis de falta ou atraso, mas vale lembrar que essa é apenas uma alternativa, há também, por exemplo, o treinamento comportamental.

Mais sobre adicional de assiduidade

Toda atividade que promove valorização do profissional e de seu trabalhado para com a corporação, é capaz de fomentar a assiduidade dos colaboradores. Afinal essas práticas são capazes de aumentar a autoestima, a motivação e o engajamento, e, assim, reduzir o absenteísmo.

Mas há uma ação em específica que as empresas realizam quando querem fomentar a assiduidade dos colaboradores no trabalho, que é criar o adicional de assiduidade, um benefício pago pela empresa aos profissionais que têm índices baixos de falta e demonstram grande nível de comprometimento.

Este valor a mais no salário fica a critério da empresa, há algumas que, por exemplo, utilizam um sistema de pontuação pela quantidade de faltas semestrais, aqueles que alcançam 90% da assiduidade recebem um prêmio de R$100 e conforme essa porcentagem vai aumentando, o valor também sobe. Outras empresas convertem em prêmios como viagens, aparelhos eletrônicos, almoços e mais.

Como calcular a assiduidade dos funcionários?

Dispor de controle de ponto é uma das maneiras de calcular e acompanhar a assiduidade na corporação, porque ele possibilita que os profissionais de RH identifiquem o horário de entrada, saída e dos intervalos dos profissionais.

Estes dados juntamente com o de absenteísmo, ou seja, a quantidade de faltas e atrasos que o profissional apresentou em um determinado período são informações que não podem faltar quando o assunto é assiduidade dos colaboradores no trabalho.

Para chegar à taxa de absenteísmo, é preciso dispor dos seguintes dados:

  • a quantidade de colaboradores;
  • o tempo de jornada diária de cada profissional;
  • o número de dias que devem ser trabalhados no mês;
  • e a quantidade de faltas e o tempo de atraso dos colaboradores durante o período a ser analisado (convertido em horas).

Com essas informações em mãos, você irá selecionar o total de horas não trabalhadas, dividir pelo total de horas que eram para ter sido trabalhadas e, em seguida, multiplicar por 100.

Digamos que em sua empresa há 25 colaboradores e cada um deles devem trabalhar 8 horas por dia; no determinado mês a ser analisado, há 22 dias úteis, o que implica em 4.400 horas trabalhadas. Através do espelho-ponto, seu RH identifica que destas horas, 158 horas não foram trabalhadas (inclui-se aqui as faltas e os atrasos), considerando este cenário, a taxa de absenteísmo, portanto, seria:

  • 158/4.400 x 100 = 3,59%

Há diversas maneiras de fomentar a assiduidade dos colaboradores no trabalho, assim cada empresa precisa definir o que melhor irá funcionar para ela e para seus colaboradores. Inclusive, outra maneira de trabalhar essa característica, é fazendo uma boa gestão comportamental dos profissionais. Se você quer entender melhor sobre o assunto, complemente sua leitura com esse artigo.