Conhecidos como Key Performance Indicator (KPI), os indicadores de RH são recursos que possibilitam medir a performance dos processos; através deles é possível mensurar níveis de desempenho e sucesso das atividades realizadas na corporação e o principal objetivo dessa avaliação é verificar se tais ações têm alcançado as metas estabelecidas pela empresa.

É o setor de recursos humanos o responsável por acompanhar esses números que indicam a evolução da empresa, sendo ele também o encarregado por fazer ajustes estratégicos de modo que melhore os resultados obtidos. Isso significa que as métricas acabam por ser uma bússola dentro da corporação, que vai guiar os passos que devem ser trabalhados a fim de se alcançar as projeções institucionais uma vez estabelecidas. Como consequências haverão diversos benefícios, principalmente os relacionados à gestão de pessoas.

Mas para que isso aconteça, o Recursos Humanos deve estar familiarizado com as principais métricas de RH e suas contribuições para o ambiente de trabalho. Sabendo disso, neste artigo vamos compartilhar as características dos 8 indicadores imprescindíveis para o RH.

Quais os melhores indicadores de RH?

1. Turnover

O índice de turnover está relacionado ao fluxo de entrada e saída de colaboradores em uma instituição, este número é importante porque através dele é possível identificar o quanto você tem gastado com rescisões, visto que quanto maior ele for mais será seu gasto. 

O ideal é que a taxa de turnover seja inferior a 5%, acima disso, você precisa tomar medidas para reter melhor seus talentos e, se possível, melhorar o processo de recrutamento e seleção de sua empresa. Para saber o índice desta taxa, você precisará aplicar a seguinte fórmula:

Turnover (%) = Número de colaboradores desligados / número total de funcionários ativos no mesmo período x 100.

2. Absenteísmo

Os números de absenteísmo representam os colaboradores que por algum motivo tiveram que se ausentar de suas funções, como: afastamentos, atrasos e faltas pontuais (que podem indicar a satisfação dos profissionais com suas respectivas funções).

Esse cálculo ajuda a empresa a identificar uma possível insatisfação ou falta de engajamento dos funcionários. Se os números finais corresponderem a um valor igual ou maior que 450, então sua instituição precisa rever as ações que desenvolvem para engajar seus funcionários. O fator Bradford calcula a taxa através da seguinte fórmula:

Fator Bradford = F x F x D

Sendo F a frequência de faltas; e D, o número total de dias ausentes.

Aqui também deve ser levado em consideração o fator pontualidade dos profissionais, pois através dele você irá identificar como que está o comprometimento deles com a empresa. Caso o problema seja identificado nesta questão, então sua instituição deve desenvolver programas de incentivo e reconhecimento.

3. Desempenho/ KPIs

A proposta da taxa de desempenho (KPI de RH) é mostrar como que está a produtividade dos colaboradores da empresa, ela pode ser feita de setor por setor, assim é possível entender melhor quanta atenção dar para cada equipe. Para calcular essa informação, você precisará identificar os custos, tempo e qualidade.

Se os valores apresentados não estiverem de acordo com o objetivo da empresa, uma das soluções é investir em treinamento para a equipe.

4. Recrutamento e seleção

O processo de integração de novos funcionários requer que haja certa organização para que as vagas sejam preenchidas dentro do prazo estipulado pela empresa, e existe um cálculo a ser feito para entender se esse tempo está ou não sendo cumprido. 

Vagas no prazo (%) = vagas fora do prazo / total de vagas x 100

Ao fazer o cálculo, você deve observar o valor obtido, quanto mais ele estiver perto do zero, melhor é o tempo utilizado para o fechamento de vagas em sua empresa.

5. Retorno sobre investimentos (ROI)

O Retorno sobre Investimento (do inglês Return On Investment) é um indicador de treinamento que mostra os resultados dos treinamentos desenvolvidos na corporação, sendo possível identificar e eliminar possíveis investimentos desnecessários e definir outros necessários, que de fato vão trazer capacitação para os funcionários; ele pode ser calculado com a seguinte fórmula:

ROI (%) = (Retorno obtido – investimento feito) / Investimento realizado x 100

6. Índice de satisfação dos funcionários ou Clima organizacional

Ter funcionários satisfeitos significa maior produtividade no ambiente de trabalho e melhor clima organizacional e, apesar de ser algo um tanto subjetivo, existe uma fórmula para calcular essas informações e chegar à conclusão se são estes os indicadores que você precisa trabalhar na sua empresa para melhorá-la.

Diferente dos demais indicadores até então citados, este pode ser considerado um pouco mais engenhoso por precisar da contribuição direta dos colabores, em outras palavras, você precisará medir a satisfação deles com algumas perguntas que devem ser respondidas em uma escola de 1 a 10, sendo 1 insatisfatório e 10 totalmente satisfatório.

  • Quão satisfeito está com seu local de trabalho atual?
  • O quanto seu ambiente de trabalho atual satisfaz suas expectativas?
  • Quão próximo é seu local de trabalho atual do ideal?

Com os dados em mãos, você deve utilizar a seguinte forma para identificar Índice de Satisfação dos Funcionários ou Clima Organizacional:

{ [ ( Soma de todas as respostas ÷ 3 ) – 1 ] ÷9 } x 100

O resultado ideal deve ser maior que 66 pontos.

7. Cálculo de competitividade salarial

Oferecer um salário que corresponde e compete com o valor de mercado envolve de forma direta a satisfação, o comprometimento dos profissionais e a taxa de turnover, sendo fundamental identificar como estão estes números em sua empresa. Para saber, você precisa utilizar-se do indicador Salary Competitiveness Ratio (SCR):

SCR = salário oferecido na empresa / salário oferecido por outras empresas

Qualquer valor inferior a 1 indica uma desvantagem competitiva para a sua empresa.

8. Produtividade no expediente de trabalho

Para o ambiente de trabalho, eficiência é sinônimo de produtividade, então quanto mais produzir, menos recursos usar e mais erros erradicar melhor é para a empresa. E existe uma fórmula para indicar quanto o expediente de trabalho é aproveitado:

Produtividade (%) = produtos ou serviços gerados / recursos

Esses são os principais indicadores utilizados pelos Recursos Humanos para estruturar um negócio estratégico, existem vários outros que também podem contribuir com a melhoria da empresa. Mas, é preciso lembrar que não basta saber quais são os indicadores existentes, é preciso dispor desses valores para fazer as métricas. 

E essa ação não precisa ser manual, hoje há diversas tecnologias que você pode utilizar a seu favor para fazer tal trabalho. Confira nosso texto “O que é Gamificação? Conheça esta tendência de aprendizagem” e saiba mais como você pode utilizar uma plataforma para coletar esses dados de forma segura e rápida.