A equidade de gênero é uma tendência que vem conquistando o mundo todo. Com a diversidade sendo mais valorizada pelas organizações, oferecer condições justas de trabalho às mulheres é uma atitude que pode ajudar as empresas a melhorarem seus resultados e não ficarem para trás no mercado. 

Descubra nesse artigo os benefícios de se investir na equidade de gênero e como a discriminação das mulheres afeta o mercado de trabalho.

A realidade da desigualdade

Não é à toa que a igualdade de gênero é um dos 17 objetivos do desenvolvimento sustentável do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud): a discriminação contra as mulheres é um grande problema para a humanidade em diversos sentidos, do contexto social ao econômico. 

Para se ter uma ideia, o estudo Global Gender Gap Report 2020, do Fórum Econômico Mundial, afirma que a paridade de gênero só será alcançada daqui a 99,5 anos. O texto deixa claro: nenhum de nós verá essa igualdade entre homens e mulher acontecer — nem nossos filhos! 

E um dos ambientes em que este problema se manifesta é no trabalho, por meio de diversos fatores que resultam no tratamento desigual para as mulheres. No Brasil essa situação é semelhante: de acordo com o IBGE, com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), os homens tiveram um rendimento médio mensal 28,7% maior do que elas em 2019. 

Mas, a diferença entre os ganhos financeiros é apenas um dos principais problemas enfrentados pelas mulheres no mercado de trabalho. Outras situações negativas são: 

  • Dificuldade no acesso à posições de gestão e liderança;
  • Menores salários — mesmo realizando as mesmas tarefas dos profissionais homens;
  • Assédio;
  • Jornada dupla e até tripla de trabalho (incluindo cuidados domésticos e de terceiros, como crianças e idosos);
  • Dificuldades na contratação e manutenção de emprego com a maternidade.

Desta forma, diversos elementos acabam atrapalhando a carreira de milhões de mulheres no Brasil. Porém, além de afetar as profissionais, esse problema também pode impactar o desempenho dos negócios. 

Atualmente diversas empresas estão apostando na diversidade para alcançar melhores resultados, contando com profissionais com vivências distintas para contribuir com novas ideias nos negócios. E as questões de gênero também estão inclusas nesse movimento.

Os Benefícios da Equidade de Gênero

Oferecer as mesmas condições e oportunidades para os colaboradores — independentemente do seu gênero — é uma conduta que trará uma série de vantagens para a organização.

A consultoria global Great Place to Work tem um grupo chamado GPTW Mulher, onde são selecionadas empresas de médio e grande porte que investem em iniciativas para promover a equidade de gênero em seu ambiente, especialmente nos cargos mais altos. 

A pesquisa de 2019, divulgada pelo Época Negócios, com as 55 organizações escolhidas da vez, mostrou que suas empresas tiveram um aumento no faturamento de 12,2% em média,  o que representou um crescimento 6 vezes maior do que o do mercado em geral. 

Isto não é uma coincidência: investir na diversidade é uma forma de atrair e aproveitar melhor os talentos, dando espaço para novas ideias e valorizando os colaboradores. Consequentemente, o desempenho da empresa pode melhorar e os resultados serem impactados positivamente com essa estratégia.

Investir em equidade de gênero é uma questão que influencia em diversos fatores nas organizações:

Atração de talentos

Uma empresa que se destaque na valorização dos seus colaboradores — independentemente do seu gênero e outras características — pode melhorar sua reputação no mercado e, desta forma, acabar atraindo talentos que não puderam mostrar o seu potencial em outros lugares.

Imagine quantas profissionais competentes podem encontrar uma oportunidade para brilhar na sua organização e finalmente receberem a valorização que merecem? Elas irão contribuir para melhorar o desempenho da empresa e, indiretamente, para atrair ainda mais talentos. 

Engajamento e Motivação

Oferecer oportunidades justas para as profissionais é uma forma de melhorar elementos que são fundamentais em qualquer equipe: a motivação e engajamento. Ao serem valorizadas, as colaboradores terão um relacionamento mais forte com a empresa e serão mais dedicadas às suas funções. 

Isso significa que elas irão se esforçar para trazer melhores resultados, sendo mais produtivas e atuando com maior qualidade. Além disso, esses elementos ajudam a manter os talentos na organização, evitando a rotatividade de pessoal.

Melhora do clima

O aumento da motivação e engajamento, além da valorização dos profissionais, são questões que irão impactar positivamente o clima interno da empresa. Esse elemento contribui para a manutenção de um ambiente saudável de trabalho, que permitirá um maior desempenho da equipe e melhores resultados no negócio.

Uma empresa que não se preocupa com as funcionárias e, na visão delas, promove um ambiente desigual, certamente terá um clima ruim, além de colaborar para a desmotivação da equipe — e essa questão também vai impactar os profissionais homens da organização.

Aproveitamento dos talentos

Logicamente, oferecer maior espaço para as mulheres significa aproveitar as competências que elas irão trazer para a empresa. Imagine quantas ideias, soluções e melhorias suas colaboradoras poderiam colocar na mesa ao incentivar sua participação e crescimento no trabalho?

Investir na diversidade é aproveitar os talentos que, em vários casos, não são valorizados como deveriam, dando chance para os profissionais brilharem e a empresa crescer. 

Promova a Equidade de Gênero na Empresa

Diversas ações precisam ser realizadas para promover a equidade de gênero na empresa. Algumas estratégias são aumentar a contratação e crescimento das mulheres, garantir que recebam remuneração igual aos dos homens que desempenham trabalho semelhante, oferecer condições acolhedoras para as mães e realizar atividades de conscientização para evitar problemas como o assédio. 

Essas estratégias, e outras, contribuem para tornar o ambiente de trabalho mais amigável e igualitário para as mulheres, permitindo o seu crescimento e desenvolvimento nas empresas. 

Agora, imagine acolher outros grupos que também acabam não recebendo as mesmas oportunidades no mercado de trabalho: quanto essa abertura irá agregar na inovação e melhora do desempenho na empresa? 

Para aproveitar esses talentos e oferecer um ambiente acolhedor, é preciso preparar a organização e os colaboradores atuais. Descubra como fazer isso com o nosso artigo Como treinar sua equipe para lidar com a diversidade nas empresas!