Inside sales é uma forma de venda que ocorre dentro dos limites físicos da empresa, especialmente ao se usar de tecnologias para realizar o contato remoto com o cliente. Pode parecer um conceito simples, no entanto, esse modelo consegue trazer várias possibilidades positivas para um negócio.

O que você vai ver neste artigo:

Descubra o que é o inside sales e quais são as vantagens de se adotar esse processo de vendas!

O que é Inside Sales? 

Toda empresa precisa ter sucesso em suas campanhas de vendas para se manter funcionando e, também, ter sucesso no mercado. Por isso, todas investem em técnicas, estratégias, divulgação e outras ações para alcançar o público-alvo, encantá-lo e convertê-lo a sua marca. 

Muitas ideias são adotadas em paralelo, para complementarem umas às outras e assim gerarem mais resultados. E, de tantas opções, o inside sales é um modelo que pode aproveitar a tecnologia e algumas dificuldades normais no cotidiano do comercial para abraçar oportunidades. 

Basicamente, inside sales é uma forma de vender “dentro da empresa”. Enquanto muitas organizações têm profissionais realizando o contato com o cliente no ambiente externo — fazendo visitas de campo, abordagem nas ruas, entre outras situações — esse modelo foca nas atividades internas, que ocorrem nas quatro paredes do negócio. 

jornada-da-gamificacao

Ações como a prospecção via telefone, redes sociais, blog, e-mail ou videoconferência são próprias do inside sales. Usando metodologias normais aos outros tipos, como técnicas de persuasão, esse método foca na mudança dos meios de contato com o cliente. 

Pode parecer banal, mas esse diferencial da abordagem de forma remota pode ajudar a aumentar os resultados da empresa ao aproveitar as ferramentas tecnológicas. A venda interna não precisa ser algo mecânico ou importuno: é possível engajar os clientes mesmo à distância.  

Tanto o inside quanto o outside sales (vendas externas) tem suas vantagens, possibilidades e características — sendo cada uma indicada para uma situação diferente. Por isso, é importante que a empresa valorize as duas formas e use-as, com inteligência, a seu favor. 

Vantagens do Inside Sales

Existem alguns benefícios que somente a venda feita internamente pode oferecer. Alguns deles são: 

Otimização do tempo

Em vez do vendedor ter que se deslocar para o local onde irá atuar (como a casa do cliente ou na rua), enfrentando o trânsito e reservando seus horários para essa demanda, ele permanecerá na empresa. Isso significa que terá mais tempo para encaixar outros contatos em sua agenda e maximizar sua produtividade. 

E também não terá problemas com o cancelamento do horário de um dos clientes — que poderia ser um transtorno no caso das vendas externas e deixar o vendedor ocioso naquele momento. No inside sales, basta buscar o próximo contato da lista e seguir em frente. 

Redução de gastos

Na mesma lógica: em vez de ter que gastar no deslocamento dos profissionais — com combustível, meios de transporte, alimentação, entre outros — usa-se ferramentas que já estão na empresa, como telefone, internet e redes sociais. 

Estratégias como o inside sales costumam reduzir o chamado custo de aquisição dos clientes (CAC). Isso significa que a empresa pode gastar menos para converter uma venda do que usando outros métodos. 

Claro que também é possível investir em equipamentos mais sofisticados para melhorar o atendimento, além de aproveitar tendências como a transformação digital para extrair o melhor dos recursos tecnológicos em favor da empresa. Tudo depende de quanto se deseja investir nessa opção. 

Aumento da produtividade

Ter tempo para abordar mais clientes significa ter maiores chances de fechar vendas. Aliada ao treinamento de qualidade e equipamentos certos, é possível aumentar a produtividade da equipe como um todo. 

como-motivar-e-engajar-as-geracoes-y-e-z-1

Imagine que em vez de atender três ou quatro clientes por período, o vendedor possa fazer oito ligações ou videochamadas durante o mesmo tempo: qual seria o impacto desse número nos valores do negócio? E quando isso ocorresse com mais profissionais?  

Assim, o inside sales consegue aproveitar as oportunidades que a tecnologia oferece para aumentar as vendas da empresa.  

Dicas para realizar o Inside Sales

Por não existir o cara-a-cara, com a conexão que somente um modelo presencial oferece, os profissionais devem aproveitar todas as armas ao seu alcance para conquistar o cliente. Conhecer o perfil, hábitos, dores e desejos do público, as técnicas de persuasão e ter em mãos ferramentas adequadas são algumas das opções que fazem a diferença nas negociações. 

Outro ponto é aproveitar estratégias como o inbound marketing para alcançar um público maior e prepará-lo para ser persuadido pelos vendedores. Essa metodologia usa plataformas como sites, blogs, anúncios digitais, e-mail e outros canais para divulgar a empresa de forma amigável — promovendo conteúdos que sejam interessantes para as pessoas e criando um relacionamento de confiança entre o futuro cliente e a marca. 

Quando esse contato chega nas mãos dos vendedores, ele já está mais sensibilizado com a empresa e inclinado a adquirir seu produto e serviço. Assim, é possível atrair, nutrir, converter e fidelizar os consumidores, fortalecendo todo ciclo de vendas. A união do comercial e marketing pode ser uma grande estratégia para aumentar os resultados do negócio. 

Além disso, investir em ferramentas tecnológicas — como telefones de ponta, internet de qualidade, plataformas, equipamentos para videoconferência — também ajudam a melhorar a qualidade do contato com o cliente e evitam situações desagradáveis. Imagine a ligação cair durante a conversa, os dados das pessoas estarem errados por desorganização e falta de atualização ou o sinal não funcionar: toda experiência é prejudicada e a organização acaba passando uma imagem negativa para o público, além de perder negócios. 

Mas algo fundamental em todo processo de vendas — seja inside ou outside — é o preparo dos profissionais. É importante que os vendedores dominem os conhecimentos sobre o produto ou serviço oferecido, sendo verdadeiros especialistas. Assim, conseguem identificar como a solução irá ajudar o cliente e sanar suas necessidades. 

Ainda mais quando a empresa ainda não investe em inside sales é essencial preparar a equipe com as mudanças de formato e abordagem. Em todos os casos, não dá para abrir mão das estratégias de treinamento e desenvolvimento de pessoas — ensinando seus colaboradores as melhores técnicas e despertando as competências importantes para engajar os clientes. 

Conheça 4 dicas para melhorar o seu treinamento em vendas e fortaleça sua equipe comercial!

teste-gratis-por-7-dias
O que é Inside Sales? 

Basicamente, inside sales é uma forma de vender “dentro da empresa”. Enquanto muitas organizações têm profissionais realizando o contato com o cliente no ambiente externo — fazendo visitas de campo, abordagem nas ruas, entre outras situações — esse modelo foca nas atividades internas, que ocorrem nas quatro paredes do negócio. 

Quais as Vantagens do Inside Sales?

-Otimização do tempo
-Redução de gastos
-Aumento da produtividade