Você tem dúvidas sobre o que é coworking? Pois saiba que ele é uma inovação do ambiente de trabalho. Inspirado na tendência freelance, das startups e home office, o coworking é um espaço que reúne diariamente diversas pessoas que buscam um ambiente inspirador para trabalhar.

A ideia de que as empresas precisam dispor de um espaço para agregar seus colaboradores já vem sendo repensada há algum tempo e com o surgimento do coworking esse movimento tem crescido cada vez mais.

O que você vai ver neste artigo:

Isso porque o coworking vai além de um local para com estrutura necessária para comportar uma série de empresas, ele propõe networking e dispõe de um custo bastante inferior ao de uma sala comercial, por exemplo.

Neste artigo, você vai entender melhor o que é coworking, os benefícios que ele apresenta e porquê ele tem se transformado em uma tendência no Brasil e no mundo. Então, se você se interessou pelo assunto, basta acompanhar!

O que é coworking mesmo?

Coworking é um espaço que dispõe de estrutura de um escritório tradicional para acomodar diversas empresas neste local. O princípio desse tipo de local é o compartilhamento, já que em um único coworking pode dispor de diversas empresas dividindo o mesmo espaço.

Normalmente, o coworking é frequentado por organizações e profissionais independentes que buscam inovação, troca de experiência, criatividade e criar uma rede de contato forte.

Nesse espaço é possível encontrar ambientes dedicados especificamente para o trabalho autônomo, por isso ele é voltado para profissionais que buscam um local democrático em que consiga desenvolver seus projetos sem o isolamento do home office ou mesmo as distrações de espaços públicos e com toda estrutura que uma sala comercial proporciona.

Como surgiu o coworking?

O conceito de coworking foi criado por Brad Neuberg no ano de 2005. Nesse tempo, ele fazia parte de uma startup denominada Rojo e não estava satisfeito com a sua vida profissional. 

Neuberg já tinha tido a experiência de trabalhar de forma independente e por isso buscava por uma oportunidade que oferecesse essa liberdade que já havia desfrutado. Com isso, Brad Neuberg voltou a trabalhar em projetos independentes.

Nesse segundo momento como profissional independente, ele criou um espaço que continha a estrutura que precisava para trabalhar, desenvolvendo assim o primeiro coworking do mundo, já na época carregando este nome. Assim, o coworking foi fundado em São Francisco em um local chamado Spiral Muse. 

Mas ideias semelhantes já existiam e provavelmente o inspiraram, como era o caso do espaço denominado C-base que surgiu em 1995 e atuava num modelo de espaço hacker. Espaços hackers foram considerados uma das principais inspirações para o estilo coworking visto hoje.

Mas foi em 2009 que esse conceito se consolidou. A Global Coworking Unconference Conference se estabeleceu como autoridade para a indústria de coworking e com isso ele passou a se expandir em todo o mundo.

Atualmente, estima-se que haja mais de 4.000 locais preparados para unir diversos escritórios em um só lugar. No Brasil especificamente há um número aproximado de 100 espaços e a tendência é que ele cresça cada vez mais.

Como funciona o coworking?

Qualquer pessoa que precise de um espaço de trabalho para realizar reuniões, eventos ou alugar uma estação de trabalho pode optar pelo modelo coworking.

Geralmente, o interessado paga um valor que corresponde a sua necessidade, podendo ser mensalmente ou por hora que utilizar. Tudo dependerá do plano escolhido.

jornada-da-gamificacao

Você pode utilizar todos os espaços disponíveis, inclusive a cozinha, mas por ser um ambiente compartilhado há algumas regras de convivência. No caso das salas de reunião, por exemplo, pode ser necessário um agendamento anterior.

Alguns coworking dispõe de salas privativas, conforme o plano que você adquirir, seu escritório pode ter um espaço só seu mesmo no ambiente compartilhado.

Quais serviços um coworking pode dispor?

Cada coworking tem a sua singularidade. Existem várias possibilidades. Veja algumas delas:

Salas privativas

Muitos coworkings oferecem salas privativas. Elas podem ser usadas para atender clientes ou mesmo se reunir com os seus colaboradores.

Estrutura

A estrutura desses ambientes é estrategicamente realizada para comportar a proposta, oferecer um local de trabalho e possibilitar o network. Então a estrutura possui:

  • Internet rápida;
  • Wi-fi;
  • Recepção para controlar o acesso das pessoas;
  • Ferramentas como impressoras;
  • Sala de reunião;
  • Auditório;
  • Espaço de convivência;
  • Cozinha;

Escritório Virtual

Uma pessoa que trabalha em casa consegue contratar o serviço de escritório virtual, assim ela pode gerenciar ligações, correspondência e recados, endereço físico e fiscal.

Estações compartilhadas

Estação compartilhadas é o nome que o coworking dá às várias mesas de trabalho distribuídas no espaço, ou seja, onde os coworkers se acomodam para trabalhar. 

Eles chegam e podem escolher qualquer estação para trabalhar e também trocar a qualquer momento de lugar, desde que esteja livre e não requisite agendamento prévio.

Quais são as vantagens do coworking?

Você deve estar se perguntando porque o escritório coworking se diferencia dos escritórios tradicionais e das salas comerciais que é um modelo de negócio que existe e é utilizado no mundo todo.

  • Redução de custos;
  • Não precisa passar por nenhuma burocracia para alugar um espaço, como acontece com alguém de um imóvel ou sala comercial;
  • Networking com pessoas de diversas áreas de conhecimento o que dá oportunidade para novas parceiras e oportunidade de fechar um contrato;
  • Um bom custo-benefício comparado às demais possibilidades;
  • Ambiente flexível;
  • Clima organizacional leve e descontraído;
  • Endereço fiscal;
  • Facilita no aprendizado dos colaboradores, atuando como um ambiente excelente para o modelo 70/20/10;
  • Escritório virtual.

Como você pode ver, o modelo de trabalho coworking é uma ideia totalmente inovadora que tem tomado espaço em todo o mundo. Com a pandemia do novo Coronavírus, o home office é uma opção que se instaurou mesmo nas empresas mais tradicionais. Aqueles colaboradores que não dispõe de um local de trabalho adequado em casa para trabalhar, podem optar por essa opção.

Então, futuramente será comum ver não só empreendedores, freelancer, autônomos e pequenas empresas utilizando estes espaços, como também profissionais de grande corporações, mas que procuram pelos benefícios que ele tem a oferecer.

Gostou deste conteúdo? Então nos siga no Facebook para interagir com a gente. Compartilhe por lá quais outros assuntos relacionados ao mundo corporativo gostaria de ver por aqui.

teste-gratis-por-7-dias
O que é coworking mesmo?

Coworking é um espaço que dispõe de estrutura de um escritório tradicional para acomodar diversas empresas neste local. O princípio desse tipo de local é o compartilhamento, já que em um único coworking pode dispor de diversas empresas dividindo o mesmo espaço.

Como funciona o coworking?

Geralmente, o interessado paga um valor que corresponde a sua necessidade, podendo ser mensalmente ou por hora que utilizar. Tudo dependerá do plano escolhido.

Quais são as vantagens do coworking?

Redução de custos;
Não precisa passar por nenhuma burocracia para alugar um espaço, como acontece com alguém de um imóvel ou sala comercial;
Networking com pessoas de diversas áreas de conhecimento o que dá oportunidade para novas parceiras e oportunidade de fechar um contrato;
Um bom custo-benefício comparado às demais possibilidades;
Ambiente flexível;
Clima organizacional leve e descontraído.