A receita recorrente é um modelo de negócios que pode ajudar a aumentar as vendas de uma empresa, permitir uma certa previsibilidade financeira e aproveitar um movimento que está em alta: o clube de assinaturas.

O que você vai ver neste artigo:

Quer saber mais sobre esse conceito e como ele vem se reinventando nos últimos tempos? Conheça as vantagens e o que é a receita recorrente e explore essa oportunidade de negócios na sua empresa!

O que é a Receita Recorrente?

Basicamente, é um modelo de negócios em que os produtos e serviços são cobrados dos clientes e entregues em uma determinada frequência (como mensal, bi, tri, semestral ou anual) em uma espécie de assinatura. 

Esse conceito já vem de décadas atrás, como no caso das revistas, jornais e até na lógica das mensalidades de instituições de ensino e outros exemplos. Porém, esse modelo ganhou uma cara nova nos últimos tempos com a explosão dos serviços de streaming de todos os tipos, na contratação de softwares por planos e na novidade dos clubes de assinaturas —  em todos os casos o cliente paga um determinado valor com frequência para receber produtos e serviços recorrentemente. 

Ou seja, em vez do cliente adquirir um produto ou serviço único, ele se inscreve para receber e pagar a oferta a cada mês ou outro período de tempo; em vez da empresa ganhar o valor tudo de uma vez, ela tem um pagamento recorrente. 

Adotar esse modelo não é algo que ocorre da noite para o dia: é preciso prever essa mudança no planejamento estratégico, entendendo se e como é possível adaptar a receita recorrente/clube de assinaturas na realidade do negócio e como engajar os clientes nesse sistema. 

Não é possível aderir a este modelo de negócio caso o produto ou serviço não possa ser oferecido de forma recorrente, como mensal ou anualmente. No entanto, quando é possível investir nesse mercado, há a chance de descobrir e explorar oportunidades que passariam despercebidas. 

Vantagens da Receita Recorrente

Existem alguns benefícios de se apostar nesse modelo de negócios, seja para abocanhar uma nova fatia de mercado ou para ter uma renda mais garantida no fim de um determinado período. 

Segurança financeira

Assim como o nome relata, a organização que adota esse modelo tem uma receita recorrente ao longo de um determinado tempo, sabendo que os clientes terão que cumprir um contrato, em planos que podem ser de mensal a anual. 

Isso dá maior previsibilidade do faturamento que a empresa terá pelos próximos períodos, ajudando os empreendedores a terem maior segurança em seus planejamentos e na gestão financeira. 

Claro que sempre haverá alguém que irá cancelar a assinatura em algum momento, mas, ao menos que algo grave ocorra para tal (como uma crise na imagem da marca), a grande maioria dos clientes não irá se desinscrever de uma hora para outra. 

Esse tipo de mercado conta com o engajamento dos clientes para manter a receita, por isso, uma vez inscritos e impactados de forma positiva pela marca, é mais fácil garantir essa conta do que conquistar novos consumidores. 

Modelo em alta

Apesar de ser uma ideia antiga, pensando no funcionamento da assinatura de jornais e revistas, essa modalidade de consumo está em alta na atualidade, vindo com uma roupagem moderna com a ajuda da tecnologia.

Nos últimos tempos houve uma explosão de clubes de assinatura para os mais variados nichos: livros; café; vinho; alimentos saudáveis; produtos de beleza; produtos geek; produtos para pets; produtos de limpeza; flores; roupas e até de lâminas de barbear. 

A empresa pode aproveitar essa tendência para encontrar um novo espaço no mercado, lançando uma linha de mercadorias ou serviços voltadas para este tipo de modelo e, assim, ter uma relação mais próxima e encantadora com o cliente.

Conveniência ao cliente

Não são só as empresas que ganham com o modelo de receita recorrente. Este tipo de negócio costuma trazer mais conveniências ao cliente por diversos motivos: o consumidor não precisará repetir seus dados a cada compra, pois o sistema já terá suas informações de cadastro e pagamento, além de fazer os processos de cobrança de forma automatizada.

A entrega dos produtos e serviços também ajuda nesse conforto, pois ou são usadas plataformas (como Netflix, Spotify, Kindle) ou então a caixa é levada até o endereço cadastrado. Tudo isso facilita a vida do cliente e aumenta a sua satisfação com a empresa e suas ofertas. 

Dicas para o Modelo de Receita Recorrente

Algumas orientações podem ajudar a empresa que deseja começar a entrar nesse universo de clube de assinaturas e faturamento recorrente. 

Usar métricas

Assim como toda ação, é preciso investir em planejamento, avaliação dos resultados e nos famosos KPIs. As métricas ajudam a acompanhar os processos que envolvem a ação, monitorando os resultados e descobrindo se há gargalos em algum ponto, tudo para que melhorias possam ser feitas. 

Somente com estes cuidados se é possível desenvolver uma estratégia realmente eficiente, que irá engajar o público e aumentar os lucros do negócio.

Investir no marketing e experiência

Uma das maiores sacadas das empresas que adotam esse modelo é pensar no diferencial do serviço ou produto: sua oferta deverá ser exclusiva e se destacar das feitas pela concorrência, despertando a atração e curiosidade das pessoas. 

Além disso, é preciso ter cuidado com a forma de entrega das soluções. Uma ideia é usar a criatividade e afetividade para a decoração, comunicação e tema da caixa de produtos ou serviços para oferecer uma experiência mais personalizada. É bem diferente trazer algo padrão do que apresentar o nome do comprador e investir em uma apresentação caprichada. 

Outro ponto fundamental nessa estratégia é a necessidade de investir em ferramentas como o marketing digital, para encontrar e engajar público mesmo para os artigos de nichos específicos, fazendo a conexão com os clientes independentemente de onde eles estejam. O atendimento, seja de interessados ou de compradores já fidelizados, deve ser excelente para reter esses compradores. 

Por isso, é indicado ter profissionais especializados na área de marketing e comunicação para atrair e fortalecer o relacionamento com os consumidores, além de parcerias para as operações logísticas, permitindo que os produtos cheguem em segurança na casa do cliente. 

Mas, todos os benefícios da receita recorrente só são possíveis se os compradores forem fisgados e fidelizados pela empresa. Quer saber como aprimorar esse processo? Veja como mensurar e melhorar o engajamento dos clientes!