Marketing 5.0 é um novo conceito que combina a tecnologia e o fator humano para atrair, conquistar e adquirir a lealdade dos consumidores. Ele surge de uma necessidade atual e do futuro, em que marcas precisam se conectar de novas maneiras com seu público e estar ainda mais conectadas com suas necessidades.

Há pouco, a concepção de Marketing 4.0 aparecia e era implementada nas empresas, mas com as mudanças rápidas do mercado e a evolução da sociedade 5.0, essa percepção já não tem dado conta, com isso vem se falando sobre o Marketing 5.0.

O que você vai ver neste artigo:

Quer descobrir as diferenças que o Marketing 5.0 têm com relação ao 4.0 e como você deve preparar a sua empresa para essa nova concepção? Então acompanhe este artigo, pois vamos revelar tudo que precisa saber sobre o assunto. Confira já!

O que é Marketing 5.0?

O Marketing 5.0 é uma estratégia que busca converter consumidores em embaixadores da marca. Para isso, ele se utiliza da inteligência de dados para compreender o cliente e suas necessidades e, a partir disso, atingir o lado emocional dos consumidores.

Objetivo do Marketing 5.0

Até então, as organizações estavam implementando a ideia de Marketing 4.0, que tinha como objetivo criar conexões entre as marcas e o público por meio das ferramentas digitais.

jornada-da-gamificacao

Mas então surge o Marketing 5.0 com objetivo de mostrar como a tecnologia pode ajudar as marcas não somente de forma externa, ou seja, para fazer a manutenção do relacionamento entre empresa e marca, mas para garantir que informações em tempo real sejam utilizadas para tomada de decisões rápidas, precisas e pautadas em testes.

O destaque do Marketing 5.0 está no hibridismo que ocorre entre a inteligência humana e artificial. A empresa que esteja disposta a iniciar a implementação dessa nova perspectiva, precisa mesclar atividades de análise de dados, como o Big Data com a criatividade da área.

Portanto, a tecnologia aqui tem como papel ajudar os colaboradores a desenvolver, comunicar e entregar valor ao cliente, sendo ela uma maneira de potencializar a capacidade das marcas de fortalecer sua conexão com o público. 

Apoiar causas 

O produto e serviço deve ser acompanhado de uma mensagem forte, para que o público-alvo se identifique com aquela causa que a empresa defende e tenha interesse de adquirir o produto ou serviço da empresa. 

Essa causa pode estar relacionada ao âmbito social, educacional ou ambiental. O importante é assumir uma causa e ser uma empresa que contribui para uma sociedade melhorar.

Converter clientes em embaixadores da marca

Nos dias atuais, os clientes valorizam muito a experiência de compra e querem que ela supere suas expectativas. Quando a empresa entende isso e vai muito além do produto ou serviço, ela passa a contar com verdadeiros fãs da marca, que vão defender, indicar e consumir sempre.

Identificação de valores

Cada empresa dispõe de valores inegociáveis, que são perspectiva do mundo que ela não abre mão. Assim como as causas, o consumidor atual identifica esses valores e analisa se eles são os mesmos que ele defende para então decidir se irá ou não virar cliente daquela empresa.

Responsabilidade ambiental

O Marketing 5.0 ainda é importante para conectar o cliente com as responsabilidades ambientais que a empresa defende. As práticas da organização devem objetivar diminuir o impacto ambiental ou apoiar causas de preservação ambiental.

Essa ação ajuda a empresa a se diferenciar dos concorrentes, conquistar maior credibilidade no mercado e agregar maior valor. Além disso, ela passa a atrair e gerar consumidores mais conscientes, criando relacionamento mais profundo e duradouro com os stakeholders.

Os cinco elementos do Marketing 5.0

Conforme os estudos sobre marketing 5.0 vão se desenvolvendo, é possível identificar cinco elementos mais presentes nesse novo contexto: Data-Driven Marketing (marketing baseado em dados), Predictive Marketing (marketing preditivo), Contextual Marketing (marketing contextual), Augmented Marketing (marketing aumentado), Agile Marketing (marketing ágil).

Marketing baseado em dados

O marketing baseado em dados tem como finalidade selecionar corretamente os dados das mídias de comunicação de marketing para fazer análises. 

As fontes onde os dados são coletados são: redes sociais, mídia, web, ponto de venda, IoT (internet das coisas) e dados de engajamento.

Já as análises são voltadas para identificar lucro, segmentação de público, mapeamento da jornada do cliente, conteúdo e a efetividade do Inbound Marketing.

Marketing preditivo

O marketing preditivo, como o nome já diz, prevê questões da gestão de clientes, gestão de produto ou serviço e gestão da marca. Na do cliente, ele busca descobrir oportunidades de up-selling e cross-selling, a fidelidade do cliente e, inclusive, a possível presença do churn e melhores práticas para cada consumidor.

Na de produto, o marketing preditivo tem como objetivo calcular a possibilidade de sucesso do produto lançado. Ele também busca personalizar o valor do produto para cada consumidor, recomendando, assim, os melhores produtos do portfólio para aquele determinado cliente.

Na gestão de marca, o marketing preditivo busca antecipar campanhas de marketing que serão efetivas, qual conteúdo de marketing será melhor acolhido pelos clientes e ajudar os consumidores na jornada digital.

Marketing contextual

O marketing contextual usa sensores para identificar o consumidor e aprender com ele, por meio de inteligência artificial (IA) que usa os dados para dar uma resposta personalizada para ele.

Para que isso seja possível, a empresa vai depender de Internet das Coisas (IoT) e de respostas criadas pela inteligência artificial.

Marketing aumentado

O marketing aumentado é o funil de vendas que captura os leads. Esse funil acontece, por exemplo:

  • por meio de conversas qualificadas realizadas a partir do chatbot – que são categorizadas como o topo do funil;
  • através de um conteúdo educacional, como um e-book – que pode ser considerado o meio; 
  • ou por meio de uma conversa do cliente com especialistas, considerada o fundo do funil.

Marketing ágil

O marketing ágil é a ação de analisar dados em tempo real e utilizá-los na construção da venda. Além disso, ele se encontra nos times descentralizados e em uma empresa aberta à inovação.

Para a implementação do Marketing 5.0 é preciso observar o momento atual da sua empresa e observar se os recursos atuais permitem que ele seja implementado com efetividade. Para isso, é importante dispor de um bom planejamento estratégico de marketing.

Gostou de acompanhar este conteúdo? Então assine nossa newsletters para ficar por dentro de todas as informações que compartilhamos por aqui!

teste-gratis-por-7-dias
O que é Marketing 5.0?

O Marketing 5.0 é uma estratégia que busca converter consumidores em embaixadores da marca. Para isso, ele se utiliza da inteligência de dados para compreender o cliente e suas necessidades e, a partir disso, atingir o lado emocional dos consumidores.

Quais são os cinco elementos do Marketing 5.0?

-Marketing baseado em dados
-Marketing preditivo
-Marketing contextual
-Marketing aumentado
-Marketing ágil