Toda empresa busca estar em constante aprimoramento — seja no produto ou serviço ofertado, no atendimento ao cliente e até mesmo em seu funcionamento interno. E uma forma de melhorar as operações é realizar uma reengenharia de processos.

O nome parece ser de algo complicado? Neste artigo vamos simplificar a questão e explicar o que é, a importância e como adotar a reengenharia de processos na sua empresa!

O que é a Reengenharia de Processos?

Basicamente, esse conceito significa rever e redesenhar os processos adotados em uma empresa, com o objetivo de aprimorá-los. A reengenharia das operações modifica as estruturas organizacionais para conseguir obter melhores resultados, incluindo ideias como implementar novas abordagens e tecnologias ao cotidiano do negócio. 

Essa estratégia deve ser adotada nos processos fundamentais à empresa, que irão gerar impactos significativos ao seu desempenho. Assim, transforma-se várias operações — desde a produção das mercadorias e realização dos serviços ao contato com os clientes — para torná-las mais eficientes e até mesmo ágeis. 

A reengenharia de processos é uma ótima ferramenta para melhorar os resultados da empresa, tendo a coragem de mudar o seu interior para alcançar um desempenho superior. Desta forma, a organização poderá corrigir falhas ou otimizar suas operações, aumentando o seu lucro e garantindo o seu espaço no mercado. 

Benefícios da Reengenharia de Processos

Adotar essa estratégia pode gerar uma série de vantagens a empresa, de uma ponta do processo — desde a entrega ao cliente e até mesmo gerando mudanças nos recursos humanos. 

Vamos conhecer alguns benefícios de se adotar esse conceito?

Desenvolvimento de um novo produto/serviço

Redesenhar os processos da organização pode contribuir para identificar oportunidades e possibilidades de mercado. Ao descobrir a necessidade de inventar uma nova solução para atender os clientes, é possível criar internamente um grupo multidisciplinar para trabalhar em cima desse projeto, pensando naquilo que já é oferecido atualmente e desenvolvendo inovações na área. 

Desenvolvimento de habilidades nos colaboradores

Os desafios de se repensar os processos adotados na empresa podem impulsionar a criatividade e senso de inovação nos funcionários, ajudando-os a desenvolver novas competências — que serão importantes para a organização. 

Pensando no primeiro item, os profissionais envolvidos no desenvolvimento de produto/serviço deverão aprender a trabalhar em conjunto com especialistas em outras áreas, além de exercer sua criatividade e seu senso de responsabilidade no projeto. 

Claro, é preciso estimular e adotar ações como treinamento corporativo para despertar essas habilidades. Entretanto, elas irão consequentemente tornar o trabalho da equipe mais eficiente.

Melhora na produtividade

Ao desenvolver formas de otimizar os processos, é natural que a produtividade aumente: falhas poderão ser corrigidas, reduzindo desperdícios e tornando as operações mais ágeis e eficientes. 

Assim, a produção ganha um impulso, aumentando a capacidade produtiva e o lucro da organização.

Aumento da qualidade

Os ganhos da reengenharia de processos não se resumem ao quantitativo. Transformar as operações pode melhorar a qualidade dos produtos ou serviços oferecidos, inclusive no contato com o cliente. 

Consequentemente esse aprimoramento irá refletir nos resultados da empresa, atraindo mais vendas, fidelizando os clientes e expandindo sua presença no mercado. 

Aprimoramento da cadeia

Como foi citado antes, investir na reengenharia de processos ajuda a otimizar as operações da empresa. Isso significa tornar as ações internas mais ágeis, produtivas e eficientes, o que impactará os resultados da organização.

Redução dos custos

E, nesse sentido, um dos grandes benefícios de se adotar a reengenharia das operações é reduzir os custos da empresa. É possível identificar as falhas e pontos de desperdícios de recursos, cortando os sangramentos desnecessários e usando-os onde realmente trarão retorno à organização.

Com cada um desses pontos, a empresa irá ter um desempenho melhor, aumentar seus resultados e lucro e, assim, conquistar o seu espaço no mercado.

Como Aplicar a Reengenharia de Processos?

Repensar e redesenhar as operações da organização é uma tarefa que exige desapegar das formas tradicionais implementadas no negócio para se abrir à inovação e melhoria. Nesse sentido, é preciso investir em ações transformadoras:

Redefina a cultura

O primeiro passo é repensar a cultura organizacional atual. Ela dá espaço para a inovações? Para a mudança? Ou ela é engessada em processos tradicionais? 

Reveja a missão, visão e valores da empresa, que muitas vezes podem acabar não acompanhando o desenvolvimento do negócio e se tornem obsoletas à realidade atual. Defina as linhas que irão guiar sua organização daqui em diante.

Implemente uma cultura de inovação

Nesse sentido, tente implementar uma cultura que privilegie a inovação. Essa postura irá reforçar o valor nos colaboradores, tornando-os mais criativos e livres para pensar em novas soluções que beneficiarão a empresa. 

Assim, novos produtos/serviços e maneiras de realizar as atividades serão desenvolvidos, impactando o desempenho e resultados da organização e deixando-a mais competitiva no mercado.

Invista em treinamento

O treinamento corporativo é uma excelente ferramenta para capacitar os colaboradores e tornar seu trabalho mais eficiente. Essa estratégia é fundamental para manter um bom funcionamento na empresa, desde na fabricação da mercadoria ou prestação de serviços ao atendimento ao cliente. 

Além disso, o treinamento ajuda na motivação e engajamento dos colaboradores, fazendo-os se sentir valorizados com esse investimento em sua educação. 

Reveja os processos

Faça uma avaliação sobre os processos que estão em atividade na empresa, tentando identificar as falhas, lacunas e oportunidades em cada operação. Se desapegue daquilo que não está funcionando na prática, e se abra a novas soluções.

Adotar novas tecnologias

Implementar ferramentas inovadoras na empresa pode ser uma ótima ideia para otimizar os processos, tornando-os mais ágeis e eficientes. Um sistema de gestão pode ser adotado em áreas como financeiro, estoque e compras, ajudando a reduzir erros e facilitando a vida dos profissionais que cuidam dessas atividades.

Uma solução gamificada, também por exemplo, pode trazer diversos benefícios ao treinamento corporativo, tornando o aprendizado mais engajador e automatizando o controle do desempenho e indicadores da estratégia. Assim, o RH não precisa colher manualmente os resultados dos funcionários nas atividades educacionais, tendo tudo a sua mão em uma plataforma eletrônica. 
Quer conhecer novas soluções para aprimorar os resultados da sua empresa? Confira nosso artigo Produtividade e tecnologia: uma relação estratégica e necessária!