Saiba como elaborar um projeto de gamificação em sua empresa
Negócios

Saiba como elaborar um projeto de gamificação em sua empresa

Preencha seu email e receba conteúdos exclusivos
Obrigado pelo seu cadastro!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Implementar o uso de jogos interativos em corporações tem se tornado uma das estratégias ideais em empresas que querem inovar. Mas, um projeto de gamificação vai muito além de tornar a área de trabalho mais divertida, e sim visa estimular e motivar toda a equipe como parte integrante de programas de educação corporativa.

Somando-se ferramentas da tecnologia e dinâmica dos jogos, a gamificação vem sendo muito usada em sala de aula, da educação infantil ao ensino superior. Agora, chega ao mundo corporativo como mecanismo de proporcionar engajamento e contribuir para o treinamento de colaboradores.

Se você pretende começar um projeto de gamificação e quer entender a importância dessa estratégia, continue a leitura das próximas linhas.

O projeto de gamificação

Inicialmente, a gamificação na empresas se deu por meio das “competições socialistas”, entre estatais e trabalhadores da União Soviética. A produtividade era revertida em pontos, e os melhores eram bonificados com medalhas e pacotes de viagens.

O método da gamificação se dá basicamente com o uso de jogos para resolver problemas e melhorar o aprendizado. Com essa técnica, é possível incentivar comportamentos fora dos jogos para benefício tanto da empresa como do colaborador.

Benefícios da implementação da gamificação

Um projeto de gamificação é aplicado não somente em educação e treinamento, mas também em situações como:

  • desenvolvimento de habilidades e competências;
  • estímulo ao trabalho em equipe;
  • aumento a sensibilidade de colaboração e produtividade.

Essa estratégia vem apresentando resultados em diversas áreas. O principal objetivo é o engajamento de times por meio do estímulo à curiosidade dos participantes. Além dos desafios propostos no jogos, cada vez mais encorajando a interação, na gamificação recompensas são cruciais para o sucesso do projeto.

O caminho da gamificação é engajar, comprometer e recompensar os participantes. Na prática, isso significa que aqueles que realizarem tarefas preestabelecidas serão recompensados. Essas tarefas, geralmente, são direcionadas à recomendação, divulgação ou avaliação de um produto ou serviço que a empresa oferece.

Dicas para implementar a gamificação em sua empresa

Como já citado, a gamificação tem se tornado uma das estratégias ideais para empresas que desejam inovar quando o assunto é manter a equipe motivada. Mas você sabe aplicar o projeto de gamificação? Para implementar a gamificação na sua empresa é importante seguir alguns passos. Confira a seguir quais são eles.

Entenda o problema e o contexto

É imprescindível entender por quais problemas a empresa está passando e o contexto dos respectivos departamentos. Para que isso esteja bem claro, utilize-se das seguintes perguntas:

  • quais problemas a empresa está enfrentando neste momento?;
  • qual o real objetivo?;
  • quem pode ser incluído no projeto de gamificação?;
  • quais as relações entre os colaboradores?;
  • como é a cultura organizacional? É mais formal, informal, rígida ou flexível?.

Responda a essas perguntas conversando com todos os envolvidos, incluindo os jogadores no seu trabalho. Faça perguntas mais amplas, o intuito é descobrir o centro do problema.

Pontue as diretrizes e a missão dos jogos

A missão é o motivo da existência dos jogos, a principal razão de se iniciar um projeto de gamificação. Esse passo é muito importante para atrair a equipe e atingir os objetivos desejados. Ela deve ser clara, objetiva e, além disso, mensurável. Evite missões genéricas, como “melhorar o atendimento online”; prefira algo como “melhorar a qualidade do atendimento online ao diminuir o tempo de espera”.

Conheça os jogadores

É preciso entender quais fatores e comportamentos influenciam os jogadores. Procure por dados pessoais de cada jogador, como nome, idade e hábitos.

Além disso, é importante conhecer os quatro tipos de jogadores existentes:

  • predador: seu objetivo é derrotar os oponentes. É competitivo, quer sempre estar na liderança e ser o melhor dentre todos;
  • conquistador: a sensação da conquista é seu objetivo. É motivado pela realização das atividades do jogo;
  • explorador: é aquele curioso que gosta de desvendar características do jogo, como mapas e jogabilidade;
  • socializador: prioriza os vínculos criados no jogo. Para ele, socializar é mais importante do que cumprir as tarefas do jogo.

Determine os critérios norteadores

É aqui que você determinará normas que deverão ser cumpridas até o final do processo. Como toda mudança, a gamificação pode causar desconforto em alguns colaboradores, e é normal que surjam alguns contratempos. Mas as diretrizes precisam ser cumpridas. Algumas delas são:

  • faça simulações de como o jogo deve ser jogado;
  • estimule a colaboração e a interação;
  • procure diminuir a ansiedade e apoie os colaboradores;
  • estimule a proatividade na aplicação do sistema.

Defina a mecânica do jogo

O próximo passo é determinar como o jogo vai funcionar, quais objetivos a serem alcançados, as regras e os resultados das ações. Além disso, determine a duração de cada atividade, as conquistas e frequência de interação. Os objetivos e ações também devem ser definidos nessa etapa.

A mecânica tem o principal objetivo de engajar e motivar o jogador. Se as atividades e regras preestabelecidas não fizerem sentido, você não terá resultados significativos. Dessa forma, dedique certo tempo para essa etapa e faça testes.

Faça testes com a versão final

Antes de lançar o projeto de gamificação, faça testes com grupos pequenos. Monte um protótipo e anote os feedbacks para aprimoramento. Não espere para realizar essa etapa quando o projeto já estiver todo planejado e desenvolvido.

Experimente as ideias antes, dessa forma você poderá fazer os ajustes necessários sem precisar correr o risco de ter que reformular todo o projeto.

Faça implementação e acompanhamento

Feitos os testes e devidas modificações, chegou a hora de pôr em prática todas as ações do jogo. Aqui, é importante fazer o acompanhamento das atividades. É importante verificar o engajamento e participação dos colaboradores. Avalie se é necessário fazer ajustes em algum ponto do jogo.

Mensure os resultados

Por último, mas muito importante, faça medições dos resultados e analise se os objetivos foram alcançados. Perceba se houve engajamento significativo, o tempo dedicado ao jogo e, principalmente, o retorno sobre o investimento do projeto.

Como você pode perceber, um projeto de gamificação é muito importante para manter os colaboradores sempre motivados a produzir e uma plataforma de gamificação pode ser decisiva para o sucesso desse tipo de ação.

Interessou-se por uma plataforma de gamificação para sua empresa? Entre em contato conosco e saiba mais!

Veja outros conteúdos sobre assuntos relacionados:
O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários.
Veja outros posts relacionados
icon localização
Av. Nova Independência, 87 - 9º andar - São Paulo/SP • CEP 04570-000
icon telefone
+55 11 5171-6940
logo sioux grouplogo siouxlogo ludos prologo pgblogo movieplaylogo go gamers
icon facebookicon instagramicon linkedin