O surgimento do ensino a distância abriu várias oportunidades na educação e até mesmo no treinamento corporativo, permitindo que os processos de aprendizado se tornassem mais flexíveis, acessíveis e baratos. 

O que você vai ver neste artigo:

No entanto, nem todas as pessoas conseguem se adaptar totalmente a este modelo ou ainda não dispensam completamente o cara a cara com os instrutores e colegas. Mas, e se sua empresa pudesse implementar o melhor desses dois mundos? 

Conheça neste artigo o que é blended learning e como aprimorar a aprendizagem dos seus colaboradores com métodos inovadores.

O que é blended learning?

Também conhecido como ensino híbrido ou misto, esse modelo combina métodos pedagógicos do ensino a distância com os do presencial, aliando as possibilidades e vantagens dos dois para aprimorar os processos de aprendizagem dos estudantes e colaboradores.

No b-learning são adotadas atividades on-lines e presenciais, conciliando a comodidade de estudar no seu próprio ritmo e em qualquer lugar com o reforço do aprendizado na participação em sala de aula. Em um primeiro momento, os estudantes acessam o conteúdo na internet, depois tiram as dúvidas com os instrutores e podem debater os assuntos com seus colegas, aproveitando assim as qualidades dos dois modelos.

guia-para-aumentar-a-produtividade

Na prática, o ensino híbrido mescla diversas possibilidades do online com o offline: é possível realizar bate-papos remotos; webinars; vídeos e outros materiais instrucionais; como também trabalhos em grupos; debates em sala; tirar dúvidas com o especialista e várias formas de ensino e aprendizagem. Todas as atividades são planejadas considerando a adaptação de cada colaborador, seu ritmo de assimilação dos conteúdos e a necessidade de maior ou menor engajamento na dinâmica.

Desta forma, une-se a flexibilidade da internet com o contato olho no olho com os instrutores. No caso das empresas, o RH não pode deixar passar as oportunidades que os avanços tecnológicos propiciam ou como os métodos inovadores podem potencializar seus processos, nem ignorar as qualidades de um relacionamento presencial e até mesmo a falta de intimidade dos colaboradores com a tecnologia. Por isso, o blended learning é uma ótima maneira de buscar um equilíbrio entre os dois modelos de ensino e trabalhar o treinamento corporativo de uma forma mais dinâmica e atrativa.

Vantagens do blended learning nas empresas

Blended learning têm benefícios dos dois mundos: presencial e remoto, mas os principais são: autonomia, flexibilidade, relacionamento e economia. Confira detalhes sobre cada um deles.

Autonomia

Através do blended learning, o ritmo de aprendizagem pode ser definido pelo próprio estudante, afinal ele se torna responsável por cumprir seus compromissos e garantir que suas metas sejam atingidas e os prazos cumpridos.

Essa ferramenta também possibilita que o aluno explore diversas ferramentas, seja no ambiente virtual ou nos encontros presenciais. A ideia é que o aprendizado seja moldado de forma individual, trazendo autonomia para o discente se organizar da forma que ele melhor se adeque.

Se adapta às necessidades dos envolvidos

Outra característica positiva do blended learning é que ele leva em consideração a disponibilidade de tempo do estudante. Isso porque os encontros presenciais são negociados de forma que atenda as necessidades de cada participante, mas que não interfira em sua rotina. Portanto, a grade curricular é organizada conforme os objetivos e áreas de cada participante e, ainda, considerando o tempo live dos alunos.

Ao possibilitar que os colaboradores definam os melhores horários para as práticas, a organização permite que eles aproveitem da melhor forma seu tempo, consigam assimilar melhor o que é transmitido e otimizar o aprendizado, afinal cada um pode ir no seu ritmo. E tudo isso influencia diretamente na produtividade dos participantes, bem como na dedicação e interesse deles pela prática.

Melhora o contato entre professor e aluno

O ensino híbrido oferece duas formas de interação, a remota e a presencial, portanto a relação entre professor e estudante também se estende a essas duas possibilidades.

Assim, o professor passa a ter maior acesso aos alunos e os estudantes ao professor, como consequência o relacionamento entre eles se torna muito mais significativo e enriquecedor. Além de estender a interação para outras modalidades, não ficando limitado ao presencial, o b-learning, ainda, possibilita o desenvolvimento de práticas coletivas e melhor capacidade de avaliação de desempenho dos participantes.

Redução de custos

Se comparado aos cursos e treinamentos que são implementados 100% no sistema presencial, este apresenta uma redução de custo significativo com a contratação de instrutores, aluguel de espaços físicos e deslocamento dos funcionários.

Essa economia se estende aos alunos que não precisam gastar com locomoção, poupa o tempo que levaria para se deslocar até o local do curso e os demais custos necessários para se manter fora de casa.

Em quais lugares o blended learning pode ser aplicado?

Apesar de o blended learning ser conhecido e implementado no âmbito educacional, ele não se limita a essa área, ao contrário, diferentes negócios do universo corporativo podem utilizá-lo. Essa alternativa é uma opção para empresas com grande número de profissionais ou com colaboradores que atuam em diferentes cidades, mas que precisam estar nas reuniões presenciais, por exemplo.

No contexto corporativo, o b-learning pode ser usado em atividades recorrentes na empresa, como é o caso de reuniões ou outras práticas voltadas para o desenvolvimento organizacional, e para aperfeiçoamento de habilidades e competências dos colaboradores.

PROFISSIONAIS-DO-FUTURO

Pois uma das grandes dificuldades que as empresas hoje em dia enfrentam é a de conciliar a disponibilidade de horário dos profissionais para aplicar programas de treinamento e capacitação, então essa ferramenta vem como solução para isso.

Mesmo aqueles treinamentos que funcionam melhor quando aplicados no presencial podem ser trabalhados porque o b-learning contempla o melhor dos dois mundos, físico e on-line. E é até por isso que pode apresentar uma eficácia muito maior se comparado ao desenvolvimento de treinamentos unicamente presencial, porque ele pode alcançar mais pessoas e ser utilizado em diferentes tipos de capacitação profissional.

Blended learning e e-learning: saiba as semelhanças e diferenças

A adoção do modelo de ensino híbrido torna o treinamento corporativo mais engajador, acessível e até mesmo mais barato, pois nem todas as atividades são feitas presencialmente – reduzindo o custo com deslocamento, espaço físico e com o tempo dos funcionários e instrutores. 

Além disso, essa metodologia gera maior autonomia para os colaboradores, que podem estudar no seu tempo e, se quiserem, buscar mais informações com os instrutores para se aperfeiçoar em determinados temas.

O ensino misto também abre espaço para trabalhar com diferentes abordagens. O estudante pode adotar o modelo a distância para aprender os conteúdos teóricos que exigem maior grau de concentração e reflexão e a prática para reforçar os conhecimentos adquiridos na sala de aula.

Como implementar o blended learning na empresa

Assim como em diversas situações na trajetória de um negócio, o primeiro passo para adotar o ensino híbrido é fazer um bom planejamento: considere as necessidades do seu RH, os objetivos do treinamento e quais habilidades devem ser desenvolvidas nos colaboradores antes de tudo.

jornada-da-gamificacao

Após essa definição, é possível ter mais clareza ao fazer um levantamento de quais assuntos e atividades podem ser trabalhadas no online e quais seriam melhor aproveitadas no ensino presencial, de forma que um modelo complementa o outro. Depois é necessário escolher a plataforma de ensino a distância mais adequada para sua realidade e necessidades.

Quando o blended learning começa a ser implementado, é necessário também pensar em estratégias para manter os funcionários motivados e engajados na dinâmica. Neste sentido pense em recompensas, estimule a interação entre os colegas e com os instrutores, busque feedback dos participantes – além de monitorar o desempenho dos colaboradores e o resultado da ação para saber o que pode ser melhorado.

Outros métodos inovadores para treinamentos empresariais

Apesar de suas diversas vantagens, o blended learning é somente uma das inovações que são possíveis de serem adotadas na empresa para tornar os treinamentos corporativos mais eficientes e engajadores.

Como dito, o ensino híbrido pode ser uma maneira de acostumar os funcionários à metodologia do e-learning, fazendo uma transição mais suave entre o ensino presencial e o modelo a distância. 

Nessa última ponta, é possível adotar um LMS para tornar o treinamento corporativo online mais completo – fazendo desde a gestão do conteúdo educacional até tendo acesso a performance dos participantes em tempo real, tudo em uma mesma plataforma.

Outro método inovador que pode ser adotado nos treinamentos corporativos é a gamificação. Essa estratégia pode complementar o ensino a distância, blended learning e outras metodologias, tornando os processos de aprendizagem ainda mais dinâmicos, atrativos e eficientes.

teste-gratis-por-7-dias

Perguntas frequentes:

O que é Blended Learning?

Também conhecido como ensino híbrido ou misto, esse modelo combina métodos pedagógicos do ensino a distância com os do presencial, aliando as possibilidades e vantagens dos dois para aprimorar os processos de aprendizagem dos estudantes e colaboradores.

Quais as vantagens do Blended Learning nas empresas?

A adoção do modelo de ensino híbrido torna o treinamento corporativo mais engajador, acessível e até mesmo mais barato, pois nem todas as atividades são feitas presencialmente – reduzindo o custo com deslocamento, espaço físico e com o tempo dos funcionários e instrutores.

Em quais lugares o blended learning pode ser aplicado?

Apesar de o blended learning ser conhecido e implementado no âmbito educacional, ele não se limita a essa área, ao contrário, diferentes negócios do universo corporativo podem utilizá-lo.