O líder tem um papel fundamental dentro das empresas. Além de ser um bom tecnicamente, este profissional deve apresentar habilidades sociais para guiar sua equipe a ter um desempenho cada vez melhor. Para isso, ele precisa desenvolver várias competências gerenciais.

Descubra neste artigo quais são estas 10 competências gerenciais que sua empresa deve trabalhar em seus gerentes para que eles sejam bons líderes:

1- Responsabilidade

2- Planejamento e Organização

3- Engajamento com a Empresa

4- Equilíbrio Emocional

5- Inovação

6- Empatia

7- Comunicação

8- Proatividade

9 – Humildade

10- Bom Exemplo

Liderança e Competências Gerenciais: uma relação necessária

O líder é a peça central de cada equipe: ele é responsável por planejar as estratégias; orientar e motivar os colaboradores e tomar as decisões importantes. Por ter este papel fundamental, este profissional precisa exibir uma série de qualidades para dar conta das obrigações da posição.

Quando alguém não possui as competências gerenciais necessárias e assume a liderança, vários problemas podem acontecer, como a desmotivação da equipe, baixa performance e até mesmo o aumento da rotatividade. De acordo com a pesquisa da consultoria Michael Page, 8 em cada 10 profissionais pedem demissão por conta de seus gestores: uma consequência grave para as empresas. 

Uma maneira de evitar esses problemas é investir no treinamento das lideranças, tornando estes profissionais mais capacitados tecnica, emocional e socialmente para assumir esta responsabilidade. Nessas ações, entra o desenvolvimento das habilidades subjetivas — ou seja, as competências gerenciais. 

Para melhor entendimento: as competências de um indivíduo são um conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes que ele apresenta — seja naturalmente ou após um trabalho de desenvolvimento. No caso das gerenciais, elas são características que ajudam o profissional a ser um bom líder, mantendo um clima interno saudável, fazendo escolhas adequadas e sendo exemplo para seus liderados. 

Existem competências gerenciais que são fundamentais na hora de treinar as lideranças da empresa.

10 Competências Gerenciais indispensáveis para seu gestor

Um bom líder é formado por qualidades técnicas e habilidades pessoais. É possível despertar as competências gerenciais ao investir em treinamentos especiais para estes profissionais, garantindo que eles estarão prontos para assumir suas equipes. 


Confira 10 competências gerenciais fundamentais que os seus treinamentos devem trabalhar nos gestores:

1- Responsabilidade

Como vimos, a liderança oferece uma posição de bastante importância dentro da empresa. Não se pode entregar este papel a alguém que não entenda as responsabilidades que terá aos assumir o cargo. 

Saber responder aos atos dos liderados e às consequências de suas próprias decisões, e poderá-las bem antes de bater o martelo, é fundamental para os líderes: sem esta qualidade, será impossível exercer bem esta função. 

2- Planejamento e Organização

Todo profissional que assume uma função estratégica precisa destas duas competências. No caso dos gestores, elas são fundamentais para pensar nos próximos passos de seu departamento e ter o controle sobre tudo que é feito nele. Sem elas, a gestão ficará um caos. 

3-  Engajamento com a Empresa

Todos os líderes são porta-vozes da organização para a suas equipes. Por isso, devem compreender, transmitir e agir de acordo com a cultura, missão, visão e valores da empresa. Além disso, deverão ter sempre em mente os objetivos estratégicos do negócio em suas ações no departamento. Portanto, o engajamento é fundamental para vestir a camisa do time. 

4- Equilíbrio Emocional

Com tantas responsabilidades e a função de ser a cabeça da equipe, os líderes precisam ter um bom controle emocional para lidar com as exigências, pressões, estresse, frustrações e falhas — suas e da equipe. Isso tudo sem deixar o clima interno ser contaminado por estímulos negativos, buscando motivar sempre os seus liderados. 

5- Inovação

Ainda mais em tempos tão competitivos e ágeis, é fundamental que os líderes da sua empresa estejam atentos à formas de serem criativos dentro de suas equipes ou, ao menos, estimularem uma cultura de inovação em seus colaboradores.

6- Empatia

Saber escutar e se colocar no lugar do outro é fundamental nos dias atuais — e especialmente para quem é líder. Somente assim é possível entender a visão de mundo de seus funcionários e, desta forma, saber lidar com eles: o que os motiva ou desmotiva; o que funciona para sua produtividade; quais são as áreas que precisam ser desenvolvidas e, inclusive, as competências que necessitam ser despertadas para que trabalhem melhor.

7-  Comunicação

Saber se comunicar com a equipe é fundamental. Isso significa realizar avaliações de desempenho e feedbacks que sejam produtivos e estimulantes, saber resolver os conflitos que ocorrem naturalmente em qualquer grupo de pessoas e dialogar com os diferentes colaboradores e públicos (como fornecedores, parceiros, diretores e outros). 

8- Proatividade

Um líder não pode ficar sentado esperando sua equipe fazer suas tarefas ou a diretoria orientar suas ações. Pelo contrário: esse profissional deve buscar sempre estar à frente, trazendo inovações a seu departamento, soluções para problemas recorrentes e a melhoria contínua do setor. 

9- Humildade

Ninguém aguenta conviver com pessoas arrogantes por um longo período de tempo. Assim também é na empresa: é difícil lidar com gestores que acreditam ter todas as respostas e sabedoria do universo. Portanto, até mesmo para criar empatia com a equipe e saber se comunicar com diferentes públicos, ter senso de humildade é fundamental para quem está em posição de liderança.

10 – Bom Exemplo

Não adianta o líder falar: a melhor maneira de convencer seus liderados a serem os melhores colaboradores que podem ser é com o exemplo diário. É por meio da ação cotidiana que os funcionários ganham confiança e são inspirados pela liderança. 

Uma das reclamações da pesquisa da consultoria Michael Page sobre problemas com gestores foi a ausência: é preciso que o líder esteja presente nas decisões do setor e na dinâmica interna para criar um relacionamento que beneficie a todos, gerando bons resultados para a empresa. 

Como desenvolver as Competências Gerenciais

São várias as qualidades que formam um bom líder e há um excelente caminho para desenvolvê-las — as ações de treinamento e desenvolvimento. Por meio desta estratégia, os profissionais serão capacitados tecnicamente e irão adquirir as competências gerenciais que ainda precisavam ser estimuladas.

Mas estas ações não podem ser feitas de qualquer jeito: elas devem ser contínuas, para manter os líderes sempre em contato com os pontos que necessitam ser melhorados em sua gestão. Além disso, é preciso investir em metodologias verdadeiramente efetivas e engajadoras para impactar seus gestores e, consequentemente, os colaboradores da sua empresa.

Descubra uma metodologia inovadora que pode fazer isso: confira nosso artigo Como a Gamificação ajuda na formação de lideranças nas organizações!