Existem diferentes tipos de comunicação empresarial, certamente você conhece alguns, mas quando se trata sobre utilizá-las de forma estratégica e assertiva na sua empresa, você sabe exatamente como fazer?

A importância da comunicação é assunto que deve ser discutido sempre pelas empresas, afinal o sucesso dela depende muito da maneira que ela lida com a comunicação, tanto interna como externa. Isso significa que sem uma comunicação efetiva não há sucesso nas organizações.

O que você vai ver neste artigo:

Pensando nisso, decidimos desenvolver este artigo, assim você entenderá melhor a respeito da comunicação empresarial: o que é, quais os principais tipos existentes e os principais modelos utilizados pelas empresas. Se você se interessou, então é só continuar com a leitura!

Comunicação empresarial, o que é?

Comunicação empresarial corresponde a todos os feitos de uma empresa para estabelecer conexão e diálogo com o seu público. Ela acontece em todos os seus pontos de contato, como através da identidade visual, por meio do seu discurso, redes sociais, e mais.

A comunicação empresarial não se limita apenas aos clientes ou funcionários, ao contrário, ela pode ocorrer entre a empresa e seus consumidores, colaboradores, parceiros, imprensa, entre outros, ou seja, com público interno ou interno da organização.

Além disso, ela também precisa estar conectada com a missão, a visão e os valores da marca, pilares que transmitem a imagem da empresa e possibilitam que marca e público criem conexão.

Tipos de comunicação empresarial

A comunicação empresarial se divide em duas vertentes, comunicação interna e externa, que são igualmente relevantes quando se trata em potencializar a comunicação da sua empresa e, assim, melhorar o desempenho frente aos stakeholders.

jornada-da-gamificacao

Mas é importante saber que dentro de cada comunicação ainda há vertentes que detalham ainda mais a complexidade da comunicação empresarial.

Comunicação interna

A comunicação interna é voltada para as pessoas que executam alguma atividade na empresa, como gestores, sócios, investidores, fornecedores, parceiros e colaboradores.

Essa comunicação é crucial para o desempenho de uma empresa, visto que é através dela que as pessoas que estão de algum modo conectadas com a empresa, interagindo e fazendo ela se desenvolver.

No ambiente interno, a comunicação ainda serve como ferramenta para compartilhar valores e cultura da empresa, transmitir metas e objetivos, ajudar no clima organizacional e motivar os profissionais.

O diálogo acontece de diferentes formas e contempla níveis hierárquicos diversos. É importante entender quais são eles porque cada tipo exige uma abordagem específica. O tipo de conversa entre diretores e sócios, por exemplo, não será a mesma que a de um gestor e um colaborador.

Comunicação vertical

A comunicação vertical, também conhecida como descendente, é aquela que é feita de cima para baixo, ou seja, é a comunicação que envolve e conecta profissionais de posições mais altas da empresa líderes (diretores, presidentes, sócios e gestores) com as mais baixas.

PROFISSIONAIS-DO-FUTURO

Essa comunicação tem como principais finalidades informar, instruir e dirigir as pessoas da organização.

Comunicação horizontal

A comunicação horizontal se dá de colaboradores para colaboradores, sendo, portanto, entre profissionais do mesmo nível hierárquico. Ela é essencial para construir relações interpessoais, dispor de fluidez nos processos da empresa e promover um clima organizacional saudável.

Comunicação diagonal ou transversal

É considerada comunicação diagonal aquela que envolve todas as partes de uma empresa, levando em conta todos os níveis hierárquicos. Ela é usada principalmente para reuniões gerais ou circunstâncias que requerem comunicar um grande número de pessoas conectadas de alguma forma com a organização.

Comunicação ascendente

Ao contrário da comunicação descendente, como o nome já prevê, a comunicação ascendente é aquela que é feita das posições mais baixas da empresa para as mais altas.

Comunicação circular

Também conhecida como comunicação sem nível, ela é muito comum em empresas de pequeno porte, que todos os colaboradores se conhecem e o desenvolvimento das relações interpessoais acontece de forma natural.

Por isso, a comunicação circular leva em consideração que quanto maior for o grau de relacionamento interpessoal entre o emissor e o receptor, maior é a troca de informação entre ambos.

Comunicação externa

A comunicação externa foca nas pessoas que a empresa deseja atingir no mercado, como clientes, concorrentes, consumidores, imprensa e governos. 

O objetivo dessa comunicação, portanto, é construir uma imagem positiva da empresa e, assim, gerar demanda de venda para a organização e criar um relacionamento saudável como todos esses públicos.

No ambiente externo, uma corporação pode contar com dois tipos de comunicação: comunicação mercadológica e institucional. Veja a respeito!

Comunicação mercadológica

A comunicação mercadológica é focada no posicionamento de mercado de uma empresa e pode ser aderida quando se tem como objetivo atrair e fidelizar clientes, ganhando, assim, o mercado e gerando lucratividade.

A comunicação mercadológica pode ser feita através de diferentes meios: anúncios em revista, rádio, televisão, mas nos dias atuais a comunicação digital – e-mails, redes sociais, site e blogs – são apostas das empresas que entendem que o mundo hoje é digital e que sabem o impacto que a internet dispõe.

Comunicação institucional

A comunicação institucional é focada na imagem da marca e busca impactar a sociedade em geral, imprensa e governos. 

O objetivo desta comunicação é construir a identidade da marca e aumentar a percepção do público, não tendo especificamente intuito de gerar lucros para a empresa. 

Ações como o marketing social e assessoria de impressão são exemplos de práticas que podem ser implementadas na empresa.

Tipos mais adotados pelas empresas

Organizações mais tradicionais, em que o nível hierárquico é bastante presente, quase sempre optam pela comunicação descendente, também conhecida por aí como top-down. Esse modelo melhora o controle dos gestores sob seus liderados, porém pode influenciar negativamente no engajamento dos profissionais.

Empresas mais flexíveis geralmente optam pela comunicação ascendente (bottom-up) que possibilita um maior diálogo com os profissionais que atuam na organização, inserindo eles nas decisões organizacionais, dando liberdade para que exponham suas necessidades e colocando-os como protagonistas.

Em corporações mais dinâmicas e orgânicas, a comunicação transversal está bastante presente, além da comunicação circular, isso porque elas possibilitam maior participação dos profissionais e dos públicos. 

Quer ter uma comunicação assertiva? Confira o artigo: 5 dicas para desenvolver uma comunicação assertiva!

teste-gratis-por-7-dias
Comunicação empresarial, o que é?

Comunicação empresarial corresponde a todos os feitos de uma empresa para estabelecer conexão e diálogo com o seu público. Ela acontece em todos os seus pontos de contato, como através da identidade visual, por meio do seu discurso, redes sociais, e mais.

Quais os tipos de comunicação empresarial?

– Comunicação interna
– Comunicação vertical
– Comunicação horizontal
– Comunicação diagonal ou transversal
– Comunicação ascendente
– Comunicação circular
– Comunicação externa
– Comunicação mercadológica
– Comunicação institucional