A tecnologia propiciou o desenvolvimento de diversos métodos para aprimorar a aprendizagem. A plataforma LMS (Learning Management System) é uma das criações que mais se destacam nesse cenário, mas, como ocorre nos tempos atuais, rapidamente novas atualizações foram incluídas nesta ferramenta, tornando-a estratégia ainda mais inovadora.

Descubra nesse artigo o que é a plataforma LMS e algumas novidades que a tornaram uma ferramenta mais eficiente.

Ensino Online

A expansão da internet causou uma revolução na educação: se antes o ensino era mais rígido, restringido a um espaço físico e temporal; agora qualquer pessoa pode acessar conteúdos educacionais a qualquer hora e local. Recursos como os celulares permitiram o desenvolvimento de metodologias inovadoras e acessíveis de aprendizado, como o mobile learning.

No início dessa jornada foi criado o modelo de educação a distância, o conhecidíssimo EAD. Ele se tornou um dos queridinho das instituições educacionais, sendo adotado principalmente no ensino técnico e superior. Além dessas esferas, esse modelo também está bastante presente em cursos livres de diversas áreas, desde língua estrangeira a marketing digital. Pessoas que não tinham acesso a este tipo de conteúdo educacional agora podem estudar com maior flexibilidade, em seu ritmo e com menos gastos – inclusive para as organizações que aplicam esse modelo.

Porém, o EAD era apenas o início de uma série de inovações no campo da educação e tecnologia.

Plataforma LMS: uma nova revolução

Também conhecido como Sistema de Gestão de Aprendizagem (SGA), o LMS trouxe uma solução mais completa para o e-learning. Essa plataforma de educação online foi construída a partir de uma metodologia pedagógica que usa o EAD para tornar o ensino ainda mais acessível e eficiente.

A plataforma LMS é um passo além do tradicional EAD: ela permite criar, personalizar, organizar e fazer a gestão de cursos e treinamentos online – tudo no mesmo lugar! Assim, diversas tarefas relacionadas ao e-learning ficam centralizadas, facilitando o controle dessa atividade pelos responsáveis.

Enquanto o tradicional EAD tem recursos limitados, a plataforma LMS oferece uma série de ferramentas para tornar o processo de aprendizagem mais dinâmico e a gestão mais prática e organizada. Entre as funcionalidades adicionais do sistema estão itens como registrar as notas dos estudantes, interagir com os participantes, acompanhar o desempenho dos alunos e personalizar algumas áreas de acordo com as necessidades dos usuários.

O LMS deu um UP no modelo do e-learning, sendo usado para diversos públicos (instituições de ensino, empresas, ONGs, profissionais autônomos e órgãos públicos) e para diferentes temas educacionais. Assim, desde crianças pequenas podem aprender matemática básica nessa plataforma como adultos podem lecionar no sistema para tornar seu trabalho mais acessível e escalável – tudo usando recursos multimídia para dinamizar o ensino e até mesmo beneficiar pessoas com diferentes estilos de aprendizagem, por exemplo.

Com toda essa inovação, você acha não teria como ir mais além? Errado! Existem recursos que tornaram o LMS ainda mais inovador.

Plataforma LMS: modelo tradicional e inovador

Assim como toda tecnologia, logo uma inovação é superada por outra novidade ainda mais atraente e eficiente. Não seria diferente neste caso. Enquanto a criação do LMS já foi um marco no e-learning, começaram a surgir atualizações dessa ferramenta, aproveitando recursos recentes para torná-la ainda melhor.

Nuvem

Se antigamente as pessoas tinham que instalar todos os programas que usavam, nesses últimos anos a moda é usar aplicativos ou a nuvem como formato de acesso e para armazenar arquivos. Isso também vale para o LMS: em vez de ocupar espaço com o grande número de conteúdos e dados, todas as informações estarão disponíveis online, de forma acessível e segura. Além disso, neste modelo o fornecedor pode atualizar a plataforma constantemente, trazendo ainda mais inovações a sua realidade.

Integração

Alguns LMS já conseguem se integrar aos outros sistemas usados pelas instituições, como os de gestão (ERP) e relacionamento com o cliente (CRM). Essa ligação permite diversas ações estratégicas, como comparar os dados do desempenho do negócio aos dos treinamentos, como no caso das empresas, por exemplo.

Ao adotar essa ferramenta, sua vida é facilitada: em vez de ter que lidar com vários softwares de uma vez, seu trabalho se torna mais prático, ágil e eficiente ao ter essa conexão entre uma plataforma e outra.

E-Learning Analytics

O uso estratégico dos dados se tornou um grande diferencial competitivo em diversos níveis, tanto para as empresas como para as instituições de ensino. As plataformas digitais costumam oferecer uma variedade de informações, porém cada vez mais novas métricas são criadas para dar ainda mais base a tomada de decisões.

Dados como desempenho dos estudantes, seu progresso e dificuldades e até mesmo sua satisfação estão sendo usados para melhorar o aprendizado. Desta forma, é possível ver o que está dando certo ou precisa ser mudado no ensino e método, ajudando a torná-lo mais eficiente e em constante aprimoramento.

LXP e Outras Inovações

O Learning Experience Platform é um passo além do LMS: ele foca em proporcionar uma excelente experiência para os estudantes, priorizando suas necessidades e expectativas. O LXP permite a adoção de um conteúdo personalizado, uma estrutura mais intuitiva e maior possibilidade de interação – pois os usuários têm mais liberdade para trocar ideias, adicionar seus próprios materiais para agregar ao aprendizado de todos e escolher seu caminho de estudos.

Assim, o LXP é uma solução ainda mais ativa de aprendizagem, tornando essa atividade mais interativa e engajadora para os estudantes.

Aliás, essas duas características são fundamentais nos processos educacionais atuais, considerando a dificuldade tanto de crianças como de adultos em se concentrar nas tarefas por longos períodos de tempo. Para que o ensino seja realmente eficiente é preciso saber se conectar e prender a atenção do público.

Uma metodologia de aprendizado que consegue fazer isso é a gamificação. Essa estratégia alia elementos comuns aos jogos – como storytelling, pontuação e recompensas – para motivar as pessoas a realizarem ações com impactos concretos. Adotar essa ferramenta é uma forma de tornar atividades monótonas e pouco engajadoras, como o estudo, em experiências imersivas e interativas.

A gamificação pode ser adotada tanto por empresas e instituições de ensino nos seus processos de aprendizagem, sendo combinada com outras estratégias – como o LMS – para potencializar os resultados.

Quer saber mais sobre essa metodologia? Converse conosco e descubra como a gamificação pode melhorar os resultados do seu ensino!