Ludos Pro

Plataforma de aprendizagem corporativa

Português PT

O uso da tecnologia na gestão de pessoas é uma das tendências que podem trazer diversas vantagens ao RH, otimizando processos e oferecendo uma experiência engajadora aos colaboradores. 

O que você vai ver neste artigo:

No entanto, muitas empresas ainda não conhecem os benefícios dos avanços tecnológicos nessa área, nem como adotar as ferramentas. Descubra como aproveitar a tecnologia na gestão de pessoas e inove nas estratégias do seu RH!

O Universo de Possibilidades da Tecnologia 

Os avanços tecnológicos transformaram a sociedade: com alguns toques é possível encontrar deliveries de todos os tipos; contatar motoristas particulares para uma corrida única; consumir séries, filmes, documentários; músicas; jornais e revistas dos mais variados estilos e partes do mundo… tantas possibilidades surgiram nas últimas décadas, mudando a realidade de muitos.

As empresas também foram impactadas por essas inovações, seja com a alteração no comportamento dos clientes e público-alvo ou então na possibilidade de usar as ferramentas para otimizar diversos processos. Conceitos como transformação digital passaram de tendências a questão de sobrevivência para muitos negócios. 

Das várias áreas que foram beneficiadas pelos avanços tecnológicos nas empresas, a gestão de pessoas viu muitas ferramentas inovadoras começarem a surgir e a transformar o cotidiano do RH — otimizando o tempo, recursos e esforços do departamento.

No entanto, assim como tem milhões de pessoas que ainda não sabem lidar com a tecnologia, diversos profissionais e setores ainda não sabem como aproveitar as ferramentas tecnológicas nos processos de gestão de talentos. Dessa forma, deixam passar batido várias oportunidades de aprimoramento em suas estratégias. 

Porém, abraçar o universo de possibilidades que a tecnologia oferece ao RH é mais simples do que se pensa.

O Uso da Tecnologia na Gestão de Pessoas

As inovações tecnológicas podem contribuir para fortalecer e facilitar a vida do RH — e, melhor, implantá-las é mais fácil do que se possa imaginar no primeiro momento. 

É preciso conhecer cada solução e suas possibilidades antes de investir em alguma das soluções. Assim, em vez de apostar em algo que poderá gerar desperdícios, usa-se com inteligência os recursos da empresa em uma ferramenta que realmente trará resultados. 

Do recrutamento a adotar modelos como a gestão de pessoas por competências, a tecnologia possibilita a otimização de diversas atividades:

Big data e inteligência artificial

Duas das maiores tendências do digital também podem contribuir para melhorar os processos do RH. 

O big data permite com que uma grande quantidade de dados seja armazenada e usada em favor da gestão de pessoas. De informações sobre os candidatos a uma vaga ao desempenho dos colaboradores em sua função ou nos treinamentos corporativos, esse material ajuda o RH a conhecer o perfil e resultados dos profissionais para saber como lidar com eles no futuro: seja efetivando a contratação; aprovando uma promoção ou detectando a necessidade de fortalecimento de competências específicas. 

Já a inteligência artificial pode ajudar a otimizar algumas estratégias como recrutamento, seleção, treinamento empresarial e outros, automatizando respostas aos estímulos dos candidatos e colaboradores. Assim, em vez de ter que realizar o trabalho manual de entrar em contato com cada pessoa, a IA realiza algumas operações por conta própria — aproveitando melhor o tempo e esforços do RH e os direcionando para questões mais estratégicas. 

Plataformas

Existem várias ferramentas digitais que podem otimizar alguns processos do RH. Algumas plataformas são específicas para ajudar a fazer o recrutamento e seleção, divulgando as vagas e automatizando a tarefa de triagem das respostas e currículos. 

Outras foram desenvolvidas para fortalecer o treinamento corporativo, possibilitando que os colaboradores acessem os materiais educativos a qualquer hora e de qualquer lugar, flexibilizando esse processo e o tornando mais acessível ao otimizar o tempo dos participantes. 

As plataformas também são usadas na estratégia de comunicação interna, agilizando a troca de informações estratégicas e incentivando o engajamento dos funcionários nessa atividade. 

O uso dessa tecnologia também permitiu o surgimento do conceito de mobile RH: a realização de diversas operações do setor com a praticidade e agilidade dos dispositivos móveis. 

É preciso conhecer as possibilidades de cada plataforma, seus recursos e limitações, além das necessidades e realidade do RH antes de contratar qualquer serviço. Assim, pode-se usar o melhor de cada solução em benefício da gestão de talentos.

Gamificação

Essa metodologia é tendência mundial e pode ser adotada nas mais variadas estratégias do RH. A gamificação usa elementos, design e lógica comuns aos jogos para estimular as pessoas a realizarem determinadas atividades e até mudarem certos comportamentos. 

Criando uma experiência imersiva e interativa, essa ferramenta vem sendo aplicada em áreas sérias como saúde, política e educação para engajar o público em ações que poderiam não ser consideradas tão atraentes e dinâmicas. 

No caso da gestão de pessoas, a gamificação pode beneficiar processos como:

  • Recrutamento e seleção: uma plataforma gamificada ajuda a atrair candidatos para os processos seletivos, a fazer uma triagem dos profissionais de acordo com suas performances nas atividades (analisando seus conhecimentos e comportamentos) e a oferecer uma experiência mais amigável em uma situação normalmente desafiadora;
  • Onboarding de novos funcionários: o processo de integração, para educar o colaborador em sua recém-conquistada função e na cultura organizacional, se torna mais dinâmico e eficiente com uma atividade gamificada;
  • Treinamento corporativo: em vez de passar horas escutando um instrutor (no modelo presencial ou online), a gamificação permite maior interação e proatividade dos funcionários nas tarefas, 
  • Desenvolvimento de pessoas: além do treinamento técnico, a gamificação também ajudar a trabalhar questões comportamentais e culturais por meio das dinâmicas; 
  • Comunicação interna: a metodologia também pode ser usada para estimular a troca de informações entre os colegas e departamentos, fortalecendo esse processo e engajando os funcionários nas ações da empresa;
  • Tarefas cotidianas: a gamificação ainda pode ajudar a motivar os colaboradores em suas atividades diárias, aumentando a produtividade e qualidade do serviço. Assim, o desempenho da equipe e negócio também são impactados positivamente. 

A gamificação se torna, desta forma, uma metodologia flexível e poderosa para otimizar diversas operações estratégicas do RH. Mas, para colher os resultados positivos, é preciso saber adotar essa ferramenta da forma correta, desenvolvendo uma atividade verdadeiramente engajadora, mas sem deixar de lado os objetivos estratégicos.

Por isso é importante contar com uma parceira especializada em gamificação para aproveitar o melhor dessa metodologia em sua empresa. Quer saber como? Conheça o Ludos Pro e dê um UP na sua gestão de pessoas!

Teste-por-7-dias-gratis-1024x286

Fale com um consultor

Preencha os campos abaixo e receba o contato de um especialista.

X
Imagem semi-disco Imagem triângulo

Obrigado!

Entraremos em contato o mais breve possível