Adotar inovações na sua empresa ou instituição de ensino é uma excelente forma de aumentar os resultados. Porém, antes de implementar qualquer nova estratégia, é fundamental conhecer suas particularidades para saber se vale a pena investir nela. Entre essas metodologias, existe a gamificação: uma ferramenta que apresenta suas vantagens e desvantagens.

Neste artigo vamos explicar quais são as vantagens e desvantagens de se adotar a gamificação — seja na sua empresa ou instituição de ensino.

As Vantagens e Desvantagens da Gamificação

Todas as estratégias adotadas em determinada realidade apresentam pontos positivos, mas também lacunas. Não existe metodologia perfeita: é preciso conhecer a fundo suas funcionalidades, as necessidades que deverão ser sanadas e os objetivos que serão alcançados. Além disso, é sempre importante contar com uma boa dose de planejamento para aproveitar o melhor de cada ferramenta. 

A gamificação é uma estratégia inovadora que utiliza elementos comuns aos jogos em contextos que não se resumem ao entretenimento. Recursos como storytelling, ranking e recompensas são adotados para estimular as pessoas a atingirem determinadas metas ou mudarem certos comportamentos. 

No mundo inteiro a gamificação vem contribuindo para trazer resultados positivos à áreas como saúde, política, educação e empresas — usando métodos lúdicos em causas sérias. Porém, antes de investir nessa estratégia, é preciso conhecê-la bem para aproveitar o que ela oferece de melhor.

As Vantagens da Gamificação

Adotar a gamificação na sua empresa ou instituição de ensino pode ser uma ótima ideia para aprimorar diversas áreas. Confira os benefícios de implementar essa estratégia:

Estratégia democrática

Todo mundo tem experiências positivas com os jogos, desde as brincadeiras de infância aos games mais sofisticados na fase adulta. Por isso a gamificação pode ser usada em diversas faixas etárias, gêneros e outras segmentações de vida. 

Basta que se desenvolvam atividades específicas para o público-alvo almejado pela estratégia — levando em consideração seus gostos, referências, necessidades e expectativas —, para que a gamificação seja engajadora e estimule os usuários para atingirem a meta.

Uso em diversos processos

A gamificação é uma metodologia que pode ser adotada nas mais variadas atividades. Nas instituições de ensino ela pode ajudar a melhorar os processos de aprendizagem, aumentar a motivação nos estudos e a otimizar o processo de avaliação — pois, ainda mais na versão eletrônica, as plataformas mostram dados detalhados do desempenho dos estudantes nas tarefas.

Nas empresas a gamificação pode ser usada em diversas áreas: do recrutamento; programa de integração de novos funcionários; treinamento corporativo; comunicação interna e até as tarefas do dia a dia. 

Aumento da motivação e engajamento

Os jogos são atividades, por si só, que despertam a motivação das pessoas. A gamificação usa essa tendência natural para canalizar a ação dos indivíduos para atingir objetivos com resultados concretos e positivos em suas vidas. 

Sendo assim a gamificação ajuda a aumentar a motivação e engajamento do público-alvo em suas atividades tradicionais. Isso significa, por exemplo, ter maior presença e performance dos colaboradores nos treinamentos corporativos ou dos estudantes nas aulas. 

Melhora o clima interno

Por serem atividades lúdicas, a gamificação contribui para reduzir o estresse e tornar o ambiente mais descontraído — seja em uma sala de aula ou no trabalho corrido do dia a dia. Este fato colabora para manter um clima mais saudável e harmônico nas turmas e equipes.

Uso em capacitação técnica e desenvolvimento pessoal

A gamificação pode ser adotada tanto para melhorar questões técnicas, como o conhecimento dos estudantes e qualificações dos profissionais, com também ajudar a aprimorar suas competências sociais. Os jogos têm a capacidade de despertar certas habilidades, como o trabalho em grupo, senso de liderança e respeito às regras, por exemplo.

Uso de dados

Ainda mais na versão eletrônica, as plataformas gamificadas oferecem relatórios detalhados do desempenho dos usuários em suas atividades. Isso significa ter dados confiáveis para saber se as estratégias do RH, equipe pedagógica e professores estão dando certo, quais pontos precisam ser aprimorados e como está a performance geral das turmas e equipes. Tudo isso com praticidade e agilidade. 

Combinação com outras estratégias

A gamificação é uma metodologia flexível que pode ajudar a melhorar o desempenho de outras ferramentas já adotadas na realidade da empresa ou instituição de ensino, como o EAD. Assim, as metodologias trarão resultados ainda melhores. 

As Desvantagens da Gamificação

Apesar de tantos benefícios, existem situações que podem prejudicar a adoção dessa estratégia.

Esquecer do objetivo

A gamificação não é algo com fins puramente lúdicos: essa metodologia sempre deve ser usada para um objetivo concreto que não seja apenas divertir, como se fosse um jogo tradicional. 

O problema ocorre quando os responsáveis por implementar a estratégia acabam esquecendo ou reduzindo a importância da meta que deve ser alcançada. A gamificação deve ser divertida sim, mas isso não deve ofuscar o aprendizado em técnicas de vendas ou em matemática, por exemplo.

Uso pontual

Ao contrário dos jogos usados com fins educacionais e corporativos, a gamificação não é uma metodologia para se usar pontualmente. A ferramenta traz melhores resultados ao ser adotada como estratégia continua, motivando constantemente o público-alvo e coletando dados para seu aprimoramento.

Não se preocupar com a qualidade

A metodologia pode ser democrática, porém isso não significa que se pode adotar qualquer tipo de jogo. A qualidade da atividade deve ser sempre considerada na hora de implementar essa estratégia. Além de não se esquecer do objetivo da ação, deve-se montar uma dinâmica que realmente engaje e torne a experiência imersiva e interativa. 

Nesse sentido, muitos acabam tentando fazer sua versão própria de gamificação, sem dominar os conhecimentos para desenvolver e aplicar essa ferramenta com eficiência. Desta forma, será mais difícil conseguir os resultados desejados. 

Por isso, ao implementar estratégias inovadoras, deve-se procurar ajuda especializada para aproveitar todo o seu potencial e trazer os resultados desejados.

Conclusão

A gamificação é uma estratégia que pode trazer diversos benefícios para uma empresa ou instituição de ensino. No entanto, não adianta adotar um jogo ou outro nas atividades tradicionais e esperar que tudo se resolva: assim com todas as estratégias, é preciso planejamento e uma boa execução para alcançar os objetivos esperados.

Para isso acontecer, é importante contar com a ajuda profissional. A Ludos Pro é uma solução completa em gamificação, seja para empresas ou instituições de ensino, ajudando a transformar o ambiente de aprendizagem em uma experiência completamente inovadora.

Use a gamificação ao seu favor! Converse conosco e saiba o que esta estratégia pode fazer por sua empresa ou instituição.